Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/154
Author: Leite, Marília Fernanda Pereira
Advisor: Albuquerque, Francisco Edviges
Title: O ensino de L2 na Escola Índígena 19 de abril: uma análise sobre as políticas públicas e linguísticas na perspectiva dos Krahô da aldeia Manoel Alves
Keywords: Educação escolar indígena;Ensino de L2;Políticas públicas e políticas linguísticas;Interculturalidade
Issue Date: 11-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: LEITE, Marília Fernanda Pereira. O ensino de L2 na Escola Índígena 19 de abril: uma análise sobre as políticas públicas e linguísticas na perspectiva dos Krahô da aldeia Manoel Alves. 2015. 140f. Dissertação (Mestrado em Letras: ensino de Língua e Literatura) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Letras: ensino de Língua e Literatura, Araguaína, 2015.
Resumo: Essa pesquisa foi desenvolvida no período de 2013 e 2014 por meio do Programa de Pós Graduação da Universidade Federal do Tocantins - PPGL-UFT e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES através do projeto do Observatório da Educação - OBEDUC em desenvolvimento com a Escola Indígena 19 de Abril do povo Krahô da Aldeia Manoel Alves, localizada entre os municípios de Goiatins e Itacajá, na região noroeste do Estado do Tocantins. Nossa pesquisa objetivou identificar e refletir sobre as práticas educativas realizadas pela Escola Indígena 19 de Abril no processo de ensino e aprendizagem da Língua Portuguesa – L2, com o intuito de compreender de que forma as políticas públicas e linguísticas voltadas para os povos indígenas brasileiros refletem no contexto dos Krahô da referida aldeia. Fundamentamo-nos em leituras sobre Educação Escolar Indígena (ALBUQUERQUE, 2013; CAVALCANTI & MAHER, 2005; LUCIANO, 2006; D’ANGELIS, 2012), políticas públicas e políticas linguísticas (PALADINO & ALMEIDA, 2012; ALBUQUERQUE, 2011; GRUPIONI, 2006; OLIVEIRA, 2006; MONSERRAT, 2006; ALTENHOFEN, 2013; MAHER, 3013) voltadas para os grupos minoritários brasileiros (CAVALCANTI, 1999), especificamente as voltadas para os povos indígenas, em leituras sobre bilinguismo (GROSJEAN,1989; MAHER, 2007) e interculturalidade (CANDAU, 2012; LOPEZ, 2013; COLLET, 2006; FLEURI, 2001), mobilizamos também discussões acerca da transculturalidade (COX & ASSIS-PETERSON 2013; DAMAS, 2009) e transdisciplinaridade (D’AMBRÓSIO, 1997; NICOLESCU, 1999; SUANNO, 2014; ALBUQUERQUE, 2009). Nossa pesquisa é do tipo etnográfico com observação participante e vincula-se a abordagem qualitativa, utilizamos como técnicas para a obtenção dos dados a observação participante, o diário de campo e a entrevista semiestruturada. Para o seu desenvolvimento realizamos entrevistas com alunos e professores indígenas, participamos das atividades culturais do povo Krahô, das atividades realizadas na escola, do processo de elaboração de livros didáticos referentes ao projeto do OBEDUC e realizamos o Estágio docente com a disciplina Língua Portuguesa como Segunda Língua para as Escolas Indígenas nas turmas do 7º Ano do Ensino Fundamental ao 3º Ano do Ensino Médio da Escola Indígena 19 de Abril. A vivência com o povo Krahô e a análise do corpus gerado revelam a importância do protagonismo indígena na construção de seus próprios processos de ensino e da política linguística adotada pela comunidade com relação ao ensino de línguas na escola presente na aldeia.
Abstract: This research was developed in the period from 2013 to 2014 through the post-Graduate Program of the Universidade Federal do Tocantins - UFT-PPGL and of the Coordination of Improvement of Higher Education Personnel - CAPES through the project named Observatório da Educação - OBEDUC in developing with the indigenous School 19 de Abril of the Kraho people of the village Manoel Alves, located between the towns of Goiatins and Itacajá in the northwest of the state of Tocantins. Our research aimed to identify and reflect on educational practices undertaken by the Indigenous School19 de abril in the teaching and learning process of the Portuguese Language - L2 in order to understand how the public and language policies for the Brazilian indigenous peoples reflect Kraho in the context of the tribe Krahô of the refered village. We base ourselves in readings about Indigenous school Education (Albuquerque, 2013; Cavalcanti & MAHER, 2005; LUCIANO, 2006; D'ANGELIS 2012), public policy and language policies (PALADINO & ALMEIDA, 2012; ALBUQUERQUE, 2011; GRUPIONI, 2006; OLIVEIRA, 2006; MONSERRAT, 2006; ALTENHOFEN, 2013; MAHER, 2013) focused on the Brazilian minority groups (Cavalcanti, 1999), focused specifically on the indigenous peoples in readings about bilingualism (GROSJEAN 1989; MAHER, 2007) and interculturalism (CANDAU, 2012; LOPEZ, 2013; COLLET, 2006; FLEURI, 2001), we also mobilized discussions about transculturality (COX & ASSIS-PETERSON 2013; DAMAS, 2009) and transdisciplinarity (D'AMBROSIO, 1997; NICOLESCU, 1999; SUANNO 2014; ALBUQUERQUE, 2009). Our research is of the ethnographic type with participant observation and binds itself to the qualitative approach, as used as technique to obtain the data, the participant observation, field diary and the semistructured interview. For its development we conducted interviews with indigenous students and teachers, we participated of the cultural activities of the Kraho people of the activities carried out in school, of the process of preparation of the textbooks related to the OBEDUC and we accomplished the teaching Internship with the subject of Portuguese language as Second Language for the Indigenous Schools in the classes of the 7th year of elementary school to the 3rd year of high school in Indigenous School 19 de Abril. Living with the Kraho people and the analyzing of the corpus generated reveal the importance of the indigenous leadership in the construction of their own processes of teaching and of the language policy adopted by the community in relation to the language teaching at this school in the current village.
URI: http://hdl.handle.net/11612/154
Appears in Collections:Mestrado em Letras: Ensino de Língua e Literatura - PPGL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marília Fernanda Pereira Leite - Dissertação.pdf3.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.