Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/151
Author: Rosa, Tânia Maria de Oliveira
Advisor: Silva, Luiza Helena Oliveira da
Title: Projeto um computador por aluno: leitura semiótica de narrativas sobre o impacto inicial de experiências do uso de laptops em contextos de ensino-aprendizagem numa escola tocantinense
Keywords: Semiótica discursiva;Programa um computador por aluno;Tecnologia na escola;Inovação pedagógica
Issue Date: 16-Dec-2014
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: ROSA, Tânia Maria de Oliveira. Projeto um computador por aluno: leitura semiótica de narrativas sobre o impacto inicial de experiências do uso de laptops em contextos de ensino-aprendizagem numa escola tocantinense. 2014. 166f. Dissertação (Mestrado em Letras: ensino de Língua e Literatura) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Letras: ensino de Língua e Literatura, Araguaína, 2014.
Resumo: Neste estudo, articula-se a temática da integração de computadores à prática docente, por meio de políticas públicas educativas que visam à inclusão digital de alunos e professores. Trata-se de um estudo de caso que elege como objeto de investigação uma escola situada no norte do Estado do Tocantins, que vivenciou a experiência piloto do Projeto Um Computador Por Aluno – UCA. Por esse projeto, foram inseridos laptops com fins educacionais à prática pedagógica, compreendidos como subsídios para inovação e melhoria da qualidade do ensino-aprendizagem. Atualmente, o referido projeto foi efetivado como um programa educacional, Programa Um Computador por Aluno – PROUCA. Nesse contexto, o trabalho que apresentamos analisa, na perspectiva da semiótica discursiva de linha francesa, os dizeres sobre a transformação da escola e da práxis docente pelos atores do programa em curso: educadores e alunos que participam desde o inicio da experiência piloto até o momento compreendido como fase de consolidação. Consideramos como corpus dez depoimentos gerados por meio de entrevista semiestruturadas, os quais trazem as narrativas referentes aos impactos iniciais provocados pelo uso de computadores nas práticas escolares. A pesquisa é de abordagem qualitativa e de caráter interpretativista, objetivando identificar as percepções de diferentes atores da escola frente a essa pretensa inovação do ensino. Para tanto, realizamos a análise de depoimentos, valendo-nos das categorias da semiótica discursiva referentes à sintaxe do nível narrativo. Do ponto de vista da abordagem standard, consideramos as relações de manipulação operadas tanto por ordem de uma dada conjuntura que assume uma orientação para a inovação, quanto a dos sujeitos que o atualizam e pretendem fazer fazer as mudanças pretendidas. Do ponto de vista das revisões trazidas pela sociossemiótica, consideramos as questões referentes tanto ao que se denomina ajustamento, quanto ao que compreende como acidente. Se nada é por acaso, de repente, tudo parece mudar repentinamente, exigindo do docente um outro saber e um outro fazer. Observamos ainda, a partir da concepção da semântica discursiva, os temas e as figuras que constituem o discurso dos atores do programa e assim constroem uma imagem de escola partindo de uma pressuposta transformação mediante uma dada postura dos professores e alunos em relação à presença do computador no contexto escolar. Tendo em vista as contribuições e implicações decorrentes da inclusão digital na sala de aula, os depoimentos evidenciam sensíveis alterações na rotina escolar, mas, ao mesmo tempo, estas apontam para outras problemáticas e novas demandas: questões relacionadas à gestão de sala de aula, ao planejamento, à metodologia de ensino, à necessidade de formação continuada que atenda de modo mais consistente para as especificidades que emergem do ensino na cultura digital.
Abstract: In this study, the theme articulates the input of computers into teaching practice, by means of public educational policies aimed towards digital inclusion of students and teachers. This is a situation research that chooses as their research field a school in the north of the State of Tocantins, which experienced the pilot Project one computer for each student - UCA. For this project, laptops were inserted for educational purposes in teaching practices, known as subsidies for innovation and improving the teaching and learning quality. Currently, this project has become effective as an educational program, Program One Laptop for each Child - PROUCA. In this context, the assignment that we present analyzes, in terms of discursive semiotics of the French line, the sayings about the school transformation and teaching praxis by the current program performers: teachers and students participating from the beginning of the pilot experience up to the understood moment of the consolidation phase. We consider as corpus ten statements created by semi-structured interviews, which bring the narratives relating to the initial impact caused by means of the use of computers in school practices. The research is a qualitative approach and of interpretative character, aiming to identify the perceptions of different ones from the school facing this so-called innovation of teaching. Thus, we performed the analysis of statements, drawing upon the categories of discursive semiotics relating to the narrative syntax level. From the point of view of the standard approach, we consider the relations of handling performed as from the given scenario point that assumes an orientation to the innovation, as for the update and want to make the desired changes. From the point of view of the revisions introduced by semiotic partners, we considered the relating issues both to what is called adjustment, as to what comprises an accident. If nothing is by chance, immediately, everything seems to change suddenly, requiring from the teacher knowledge and another action. We also observed, from the conception of semantics discussions, themes and figures that constitute the discourse of the program actors and so build a school image starting from a presumed transformation by a given attitude of teachers and students in relation to the computer presence in the school context. In view of the contributions and implications of digital inclusion in the classrooms, the interviews show significant changes in the school routine, but at the same time, they point to other problems and new demands: issues related to classroom management, planning, teaching methodology, the need for continuing education that meets more consistently to the specific education in the emerging digital culture.
URI: http://hdl.handle.net/11612/151
Appears in Collections:Mestrado em Letras: Ensino de Língua e Literatura - PPGL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tânia Maria de Oliveira Rosa - Dissertação.pdf1.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.