Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/86
Author: Oliveira, Rita de Cassia Alves
Advisor: Bessa, Kelly
Title: A responsabilidade socioambiental e a sustentabilidade corporativa: estudo de caso da celtins
Keywords: Responsabilidade Socioambiental;Sustentabilidade Corporativa;Celtins
Issue Date: 23-Aug-2012
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente - Ciamb
Citation: OLIVEIRA, Rita de Cassia Alves. A responsabilidade socioambiental e a sustentabilidade corporativa: estudo de caso da Celtins. 2012. 139f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente, Palmas, 2012.
Resumo: O propósito deste estudo é compreender a importância e os efeitos da adoção dos princípios e práticas da responsabilidade socioambiental (RSC) para o alcance da sustentabilidade corporativa das empresas, tomando como objeto empírico uma empresa concessionária de serviço público de energia elétrica - a Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins (Celtins). O tema proposto é alvo de crescente discussão no meio empresarial, onde se percebe uma incursão das ações socioambientais alinhada aos objetivos institucionais das corporações, pois a obrigação de minimizar ou compensar os impactos causados sobre as pessoas e sobre o meio ambiente vem sendo cobrada por toda a sociedade. Nessa perspectiva, buscou-se inferir a respeito das implicações dessas práticas para a sustentabilidade do próprio negócio, ou seja, questionar como a RSC incorpora-se ao processo de gestão das empresas no sentido de propiciar a sustentabilidade empresarial. Esta pesquisa teórico-empírica foi realizada como um estudo de caso, seguindo uma perspectiva interdisciplinar, em que foram abordados aspectos ligados à Administração, Ciências Contábeis, Direito e Gestão Ambiental, dentre outros. A partir de um levantamento bibliográfico, seguido de análise documental, na qual foram observados elementos qualitativos e quantitativos concernentes às dimensões econômica, social, setorial e ambiental demonstrados no Relatório de Responsabilidade Socioambiental e no Balanço Social da Celtins, referentes aos exercícios de 2009 e 2010; além de outros documentos, publicações, legislação pertinente e websites de entidades relacionadas ao tema. Posteriormente, realizou-se entrevista estruturada com os gestores que atuam na área socioambiental da empresa, como meio de aprofundar e correlacionar a problemática estudada por intermédio de análise reflexiva e integrada dos dados coletados, observando sua repercussão no processo empresarial. Evidenciou-se que a convergência das estratégias corporativas à temática socioambiental traz implicações tanto no campo interno quanto externo, acabando por confirmar os pressupostos teóricos acerca dos fatores que influenciam o posicionamento socioambiental estratégico, a saber: a busca pela minimização dos custos e despesas na operacionalização das atividades corporativas, os imperativos setoriais que induzem o cumprimento da agenda normativa em vigor, os fatores motivacionais ligados ao ambiente interno de trabalho associados à necessidade de alavancar o conceito e a credibilidade da empresa no mercado. Nesse sentido, a adoção da RSC pode afetar a gestão da empresa de maneira positiva, gerando oportunidades para a otimização dos resultados econômicos, tanto no sentido de evitar perdas, como de obter ganhos. Ao passo que também propicia aumento do valor reputacional na área de concessão do serviço, contribuindo, assim, para a sustentabilidade do negócio.
Abstract: The purpose of this study is to understand the importance and effects of adopting the principles and practices of social and environmental responsibility to achieve Corporate Social Responsibility (CSR) in the companies, taking as empirical object a public utility company of electrical energy - Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins (Celtins). This purposed theme is the goal of increasing discussion in business world where you may figure out an incursion of social and environmental actions lined with institutional goals of corporations, cause the obligation to minimize or to compensate the impacts on the people and on the environment has been charged by the whole society. In this perspective, we´ve wanted to infer about these practices implications even to the sustainability of the business, or in other words, questioning how CSR is incorporated into the companies´ management process as a way to provide even the sustainability of the companies. This theoretical and empirical research has been done as a case study, following an interdisciplinary perspective, in what some aspects of Administration, Accounting, Law and Environmental Management, among others, has been addressed. From a bibliographic survey, followed by a documental analyses, in which we observed qualitative and quantitative elements concerning to economic, social, sectorial and environmental dimensions, shown in the “Relatório de Responsabilidade Socioambiental” and in the “Balanço Social” of Celtins, related to the years 2009 and 2010; even in other documents, publications, relevant law and websites of organizations related to this theme. After then, we performed structured interviews with the managers responsible for the social and environmental areas in the studied company, as a way to deepen and to correlate the studied problem through reflexive and integrative analyses of collected data, observing its repercussion on business process. We´ve realized that the convergence of corporate strategies to the social and environmental theme brings implications in both the internal and external fields, ending in confirming the theoretical presuppositions about factors that influence the strategic posture of promoting the social and environmental values, namely the searching for minimize costs and expenses in operations of corporative activities, the sectorial imperatives that command normative agenda in place, motivational factors concerned to internal working environment, related to the need to reach the company´s conception and credibility in the market. In this sense, Adopting CSR in a company can affect its management in a positive way, generating opportunities to optimize economic results, as to avoid losses as to obtain gains, while it also provides increasing reputational value in public utility concession, contributing even to the sustainability of the business.
URI: http://hdl.handle.net/11612/86
Appears in Collections:Mestrado em Ciências do Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rita Oliveira - Dissertação.pdf5.68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.