Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/691
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHaupt, Carinept_BR
dc.contributor.authorAquino, Neliane Raquel Macedo-
dc.date.accessioned2018-01-29T12:44:37Z-
dc.date.available2018-01-29T12:44:37Z-
dc.date.issued2014-12-10-
dc.identifier.citationAQUINO, Neliane Raquel Macedo. Contribuições de atividades de fonética e fonologia ao ensino de língua inglesa.2014. 135f. Dissertação (Mestrado em Letras: ensino de Língua e Literatura) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Letras: ensino de Língua e Literatura, Araguaína, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11612/691-
dc.description.abstractThe teaching of a foreign language - FL - has been the subject of research long ago. In this way, the teaching of pronunciation in LE is also the target of observations and analyzes to demonstrate their presence in the classroom as a factor necessary to the learning process. Added to this, the environment reminds us of the importance of specifically using phonetic-phonological characteristics of FL incorporated into the classes entitled students as young adults of high school. From this, this paper aims to demonstrate the contribution of activities based on phonetic-phonological aspects of English language for the place of the classroom, understanding this as a complex space and constantly dynamic. To do so, we contextualize the object of research activities that are based on phonetics and phonology of English language and we set as theoretical focus these aspects, considering the concepts of the Usage-Based Phonology (Bybee, 2000, 2001, 2002) for analysis, beyond the possibilities of transfers that occurred between languages. Still, we refer to phonological awareness as the class of languages component, given that these students are capable of metalanguage use. We followed the protocol of the Case Study, which provides a quality overview of data generated. The data were collected through analysis of the textbook, questionnaire applied to the teachers from the school and, finally, creating three groups of pronunciation composed by 10 (ten) students each, that receiving different procedures with pronunciation recording at the end. These last data are showed in graphics and transcription tables, featuring a quantitative and qualitative analysis. We conclude that the activities are relevant to the teaching and learning process when inserted in the classroom and can make different kinds of activities, using phonological awareness of students as a positive aspect of the process. These activities should be used depending on the specific purpose of the classroom for the teacher and it needs to be constantly reviewed.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectEnsino de LEpt_BR
dc.subjectFonologiapt_BR
dc.subjectFonéticapt_BR
dc.subjectLíngua Inglesapt_BR
dc.subjectAtividadespt_BR
dc.subjectTeaching of FLpt_BR
dc.subjectPhoneticspt_BR
dc.subjectActivitiespt_BR
dc.subjectEnglish Languagept_BR
dc.titleContribuições de atividades de fonética e fonologia ao ensino de língua inglesapt_BR
dc.typeThesispt_BR
dc.description.resumoO ensino de uma língua estrangeira – doravante LE – tem sido alvo de pesquisas há muito tempo. Nesse caminho, o ensino de pronúncia na LE também é alvo de observações e análises para demonstrar sua presença em sala de aula como fator necessário ao processo de aprendizagem. Somado a isso, o ambiente que hoje se apresenta, faz-nos pensar a relevância de utilizar especificamente características fonético-fonológicas da LE incorporadas às aulas de alunos intitulados como jovens adultos do Ensino Médio. A partir disso, essa dissertação objetiva analisar a contribuição de atividades baseadas em aspectos fonético-fonológicos de língua inglesa para o espaço de sala de aula, entendendo-se este como espaço complexo e em constante dinâmica. Para tanto, contextualizamos o objeto de pesquisa que são as atividades com base em fonética e fonologia de língua inglesa e estabelecemos como foco teórico esses aspectos, considerando-se os preceitos da Fonologia de Uso (BYBEE, 2000, 2001, 2002) para sua análise, além das possibilidades de transferências que ocorreram entre as línguas. Ainda, fazemos referência à consciência fonológica como componente da aula de línguas, haja vista que se tratam de alunos com capacidade de exercício da metalinguagem, ou seja, pensar sobre a língua. Seguimos o protocolo do Estudo de Caso, o qual proporciona uma visão de qualidade dos dados gerados. Os dados foram coletados por meio de análise do livro didático, questionário aplicado aos professores da escola campo e, por fim, criação de três grupos de pronúncia compostos por 10 (dez) alunos cada um, que receberam diferentes procedimentos com gravação de pronúncia ao final. Estes últimos dados foram dispostos em gráficos e tabelas de transcrição, caracterizando uma análise quanti-qualitativa. Concluímos que as atividades são relevantes ao processo de ensino e aprendizagem, quando inseridas em sala e podem compor diferentes formas de atividades, utilizando-se a consciência fonológica dos alunos como aspecto positivo do processo. Essas atividades devem ser utilizadas de acordo com o objetivo específico de aula do professor e esta precisa estar em constante análise.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Letras: Ensino de Língua e Literatura - PPGL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Neliane Raquel Macedo Aquino - Dissertação.pdf7.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.