Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/591
Author: Pereira, Bruno Gomes
Advisor: Silva, Wagner Rodrigues
Title: Professores em formação inicial no gênero relatório de estágio supervisionado: um estudo em licenciaturas paraenses
Keywords: Letramento;Ensino;Linguística Sistêmico-Funcional;Literacy;Teaching;Systemic Functional Linguistics
Issue Date: 3-Jun-2014
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: PEREIRA, Bruno Gomes. Professores em formação inicial no gênero relatório de estágio supervisionado: um estudo em licenciaturas paraenses.2014. 136f. Dissertação (Mestrado em Letras: ensino de Língua e Literatura) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Letras: ensino de Língua e Literatura, Araguaína, 2014.
Resumo: O objetivo desta dissertação de mestrado é investigar autorrepresentações de professores em formação inicial, aqui denominados de alunos-mestre, em relatórios de estágio supervisionado (RES). Para isso, analisamos como estas autorrepresentações refletem a escrita dos relatórios, que denominamos de escrita reflexiva profissional, partindo da premissa de que se trata de um registro da língua utilizado para relatar questões ligadas ao universo profissional dos alunos-mestre de maneira crítica e reflexiva. O corpus desta investigação é constituído por 42 (quarenta e dois) relatórios de estágio, produzidos ao final da disciplina de Estágio Supervisionado nas Licenciaturas em Letras (com habilitação em Língua Portuguesa), Pedagogia e Matemática. Estas licenciaturas são ofertadas por uma universidade pública localizada ao sudeste do Estado do Pará, estado que integra a região Norte do Brasil. Os relatórios que compõem o corpus desta investigação foram devidamente produzidos entre os anos 2010 e 2012, ao final das disciplinas Estágio Supervisionado II (Letras), Prática de Ensino II (Matemática) e Estágio Supervisionado em Educação Infantil (Pedagogia), todas destinadas ao período de regência em sala de aula em escolas da Educação Básica. Partimos do princípio de que o relatório de estágio é um importante instrumento na semiotização das práticas vivenciadas no complexo contexto acadêmico de estágio, sendo, portanto, um tipo de produção textual bastante peculiar em comparação aos outros gêneros textuais produzidos na academia. Nossa investigação é do tipo documental, uma vez que analisamos relatórios de estágio, documentos importantes no que se refere às especificidades da disciplina de Estágio Supervisionado. Em muitos casos, a universidade parece ignorar o caráter documental deste gênero textual, conferindo a ele um perfil puramente burocrático. Para análise dos dados, optamos por uma abordagem qualitativa, que se desenvolve em quatro categorias de análise. Esta investigação se insere no campo de estudos interdisciplinares da Linguística Aplicada (LA). Elegemos como principal aporte teórico-metodológico a Linguística Sistêmico-Funcional (LSF), especialmente sobre as Metafunções Ideacional e Textual. A primeira compreende a oração como elemento de representação do mundo em si. Já a segunda entende a oração como mensagem. Procurando assumir uma postura ainda mais interdisciplinar, também propomos uma articulação com os Estudos do Letramento, mais especificamente os letramentos linguístico e do professor. Além disso, também tentamos dialogar com a Sociologia, com a intenção de problematizar e caracterizar as relações instáveis entre atores sociais que se relacionam no contexto de sala de aula. Por fim, nosso movimento interdisciplinar também procura dialogar com os conhecimentos advindos da Educação, pois este ramo de pesquisa é tradicional em investigações que problematizam a noção de Estágio Supervisionado. Os resultados que obtemos apontam para uma escrita reflexiva ainda muito incipiente, em que o teor narrativo/descritivo parece predominar, em detrimento de reflexões mais críticas e consistentes que envolvam a prática pedagógica desempenhada durante a regência. Acreditamos que esta pesquisa pode render ganhos ao letramento dos alunos-mestre, especialmente aqueles do complexo contexto acadêmico paraense. Esta dissertação contribui para as investigações do grupo de pesquisa Práticas de Linguagens nos Estágios Supervisionados – PLES (UFT/CNPq).
Abstract: This dissertation aims to investigate self-representations of teachers in initial graduation which are named as master-students in Reports of Supervised Internship (RSI). For this reason we analyzed how the self-representations reflect the writing of reports which we refer to as professional reflexive writing because it is a kind of language used to report critically and reflexively questions about professional world of the master-students. The corpus of this investigation is consisted by 42 (forty-two) internship reports wrote by undergraduate students at the end of the Supervised Internship subjects in the Letters Faculty – Portuguese Language, Pedagogy and Mathematics. These courses are offered by a public university located in the southeast of Pará situated in the north of Brazil. The reports which are the corpus of this research were produced between 2010 and 2012 at the end of Supervised Internship II (Arts Faculty), Teaching Practice II (Mathematics) and Supervised Internship in Childhood Education (Pedagogy) subjects which focus the regency period in classroom at Basic Education schools. We believe the internship report’s writing is an import instrument of semiotizating the experience in the complex academic context of practice, although, it has been a quite peculiar kind of textual production in comparison to other genres produced in academy. Our investigation is documentary due the fact we analyze internship reports which are important documents concerned to particularities of Supervised Internship subject. In several cases, the university seems to ignore the documentary character of this genre giving to it only a bureaucratic profile. For data analyses we choose a qualitative approach which is developed in four categories of analyses. This investigation is concerned within the field of interdisciplinary studies of Applied Linguistics (AL). We chose Systemic Functional Linguistics (SFL) as the main theoretical and methodological contribution, especially on the ideational and textual metafunction. The first comprehends the sentence as an element representing world itself. And the second understands the sentence as a message. Looking for taking a more interdisciplinary position, we also propose a joint with Literacy Studies, specifically Linguistic Literacy and Teacher Literacy. Furthermore, we also try to dialogue with Sociology intending to problematize and characterize the unstable relationship between the social actors who interact in the classroom. Finally, our interdisciplinary movement tries to dialogue with the knowledge of Education, because this area of research is reference in studies that problematize the notion of Supervised Interniship. The results showed an incipient reflexive writing in which the descriptive/narrative writing seems to predominate rather than critic and consistent reflections involved in the pedagogy practice during the regency. We believe that this research can contribute to the master-students literacy especially whose from the complex academic context of Pará as well as to the group researchers of the Project: Practicing Language in Supervised Internships – LPSI (UFT/CNPq).
URI: http://hdl.handle.net/11612/591
Appears in Collections:Mestrado em Letras: Ensino de Língua e Literatura - PPGL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruno Gomes Pereira - Dissertação.pdf1.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.