Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/3247
Authors: Bernardes, Luzia Vieira da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Rosa, Carlos Mendes
Title: Universidade, saúde mental e direitos humanos: uma análise institucional a partir das vivências dos estudantes da Universidade Federal do Tocantins
Keywords: Saúde mental; Universidade; Políticas institucionais; Dignidade humana; Direitos Humanos; Mental health; University; Institutional policies; Human dignity. Human rights
Issue Date: 18-Aug-2021
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Prestação Jurisdicional e Direitos Humanos - PPGPJDH
Citation: BERNARDES, Luzia Vieira da Silva. Universidade, saúde mental e direitos humanos: uma análise institucional a partir das vivências dos estudantes da Universidade Federal do Tocantins. 2021.135f. Dissertação (Mestrado profissional e interdisciplinar em Prestação Jurisdicional e Direitos Humanos) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Prestação Jurisdicional em Direitos Humanos, Palmas, 2021.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo propõe uma análise institucional acerca das políticas públicas de promoção de saúde mental na Universidade Federal do Tocantins. A partir da escuta dos estudantes de graduação e do referencial teórico, buscou-se compreender a complexidade do tema saúde mental relacionada aos direitos humanos. Realizou-se, então, uma pesquisa aplicada, exploratória, em campo, adaptada ao contexto da pandemia do novo coronavírus, baseada em referências bibliográficas e de natureza qualitativa. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas semiestruturadas, no período entre setembro de 2020 a fevereiro de 2021, mediante a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisas. Os resultados foram analisados com base no enfoque analítico institucional descrito por Baremblitt (2002), observando o fenômeno a partir do sujeito e considerando seu protagonismo diante do contexto social da universidade. A amostra compõe-se de 08 estudantes de cursos de graduação do Campus Universitário de Palmas, regularmente matriculados. Dentre os resultados, destacam-se os relatos que se referem a situações de sofrimento agravadas pelo contexto de pandemia, o perfil dos participantes que confirma o quadro de vulnerabilidades socioeconômicas apontado pelo referencial teórico, bem como uma baixa procura ou adesão dos estudantes para com as ações de promoção e cuidado em saúde mental promovidas no Campus de Palmas. Há ainda, um desencontro entre estudantes, setores e serviços que oferecem acolhimento dentro da universidade, uma vez que ao buscarem tais serviços os estudantes não obtêm retorno, o que denota dificuldades relativas à comunicação entre instituição e comunidade acadêmica, e a falta de delineamento da política de saúde mental da universidade. Visto que, se existe tal política, não está claramente delimitada e acessível. A partir dos resultados, elaborou-se uma cartilha como produto técnico, sobre os temas saúde mental, direitos humanos e serviços de assistência e acolhimento na universidade e na rede pública de saúde. Espera-se que os resultados desta pesquisa contribuam para o aprimoramento das ações voltadas à prevenção do sofrimento psíquico e possam, em alguma medida, proporcionar aos estudantes recursos e orientação para o cuidado em saúde mental em sua trajetória acadêmica, além de estimular a produção de conhecimento científico relacionado a direitos humanos e saúde mental dos estudantes, nas universidades públicas.
Abstract: This study proposes an institutional analysis of public policies for the promotion of mental health at the Universidade Federal do Tocantins. From listening to university graduate students and the theoretical reference, sought out to understand the complexity of the mental health issue related to human rights. An applied, exploratory, field research was then carried out, adapted to the context of the new coronavirus pandemic, based on bibliographical and qualitative references. Data collection occurred through semi-structured deconstruction, in the period between September 2020 and February 2021, with the approval of the Comitê de Ética em Pesquisas. The results were analyzed based on the institutional analytical approach described by Baremblitt (2002), observing the phenomenon from the subject and considering their role in the social context of the university. The sample consisted of 08 students from undergraduate courses at the Campus Universitário de Palmas, regularly enrolled. Among the results we highlight the reports that refer to situations of suffering aggravated by the pandemic context, the profile of the participants that confirms the picture of socioeconomic vulnerabilities pointed out by the theoretical reference, as well as a low demand or adherence of students to the promotion and mental health care actions promoted at the Campus de Palmas. There is also a mismatch of knowledge of sectors and services within the university, which provide host students, which indicates difficulties with communication between the institution and the academic community and the lack of delineation of the mental health policy of the university. Since, if such a policy exists, it is not clearly delimited and accessible. Based on the results, a booklet was elaborated as a technical product on the themes of mental health, human rights and care and reception services in the university and in the public health network. It is expected that the results of this research will contribute to the improvement of actions aimed at the prevention of psychological distress and may contribute, in some measure, to provide students with resources and guidance for mental health care in their academic trajectory, in addition to stimulating the production of scientific knowledge related to human rights and mental health of students in public universities.
URI: http://hdl.handle.net/11612/3247
Appears in Collections:Mestrado em Prestação Jurisdicional e Direitos Humanos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luzia Vieira da Silva Bernardes - Dissertação.pdf1.89 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.