Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/2919
Authors: Borges, Ana Francyele Parente
metadata.dc.contributor.advisor: Costa, Ingrid Laís de Sena
Title: Disclosure das provisões e dos passivos contingentes: uma análise das empresas listadas na IBRX100
Keywords: Passivos contingentes;Regulação;Disclosure
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: BORGES, Ana Francyele Parente. Disclosure das provisões e dos passivos contingentes: uma análise das empresas listadas na IBRX100. 40 f. Monografia (Graduação)- Curso de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Tocantins, Palmas, 2019.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar a relação entre a regulação e a evidenciação das contingências das empresas listadas na IBRX100, a fim de verificar se essas empresas estão seguindo os quesitos obrigatórios instituídos no CPC 25 (2009) - Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes. Trata-se de um estudo descritivo, de natureza quali quantitativa. Foram examinadas as demonstrações contábeis e notas explicativas relativas ao exercício de 2014 a 2018 de 92 empresas que compuseram a amostra. Para a coleta e processamento dos dados, utilizou-se como métrica o sistema binário, atribuindo 1 para os quesitos atendidos e 0 para os negligenciados. Os resultados da pesquisa revelam que a categoria de passivo contingente mais divulgado no Brasil é a tributária e que as empresas apresentam um percentual baixo quanto ao atendimento aos quesitos. Verificou-se também na pesquisa que a participação ou não das empresas nos setores fortemente regulados não interfere significativamente na melhoria na mensuração e divulgação das contingências. De modo geral as empresas detém o conhecimento quanto à divulgação correta dos dados, porém adotam práticas contábeis obsoletas que não contemplam em sua totalidade as exigências do CPC 25 (2009).
Abstract: This paper aims to analyze the relationship between companies’ contingencies regulation and disclosure which are listed in the IBRX100, in order to verify if these companies are following the mandatory requirements established in CPC 25 (2009). Provision, contingent liability, contingent assets. This is a descriptive study of a qualitative and quantitative nature. The financial statements and explanatory notes for 2014 to 2018 of 92 companies in the sample were examined. For data collection and processing, the binary system was used as a metric, assigning 1 for the achieved requirements and 0 for the neglected. The research results reveal that the most publicized contingent liability category in Brazil is the tax category and that companies have a low percentage in meeting the requirements. The research also confirms that the participation or not of companies’ which are from tightly regulated sectors do not significantly interfere with the improvement in the measurement and disclosure of contingencies. In general, companies have knowledge about the correct disclosure of data but adopt obsolete accounting practices that do not fully comply with the requirements of CPC 25 (2009).
URI: http://hdl.handle.net/11612/2919
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Francyele Parente Borges-TCC.pdf492.87 kBAdobe PDFView/Open
Ana Francyele Parente Borges-ATA.pdf54.85 kBAdobe PDFView/Open
Ana Francyele Parente Borges-Termo Publicização.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.