Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/290
Author: Mello, Luana Miranda Lopes de
Advisor: Souza, Adriana Régia Marques de
Title: Efeito da irradiação gama na quitosana
Keywords: Quitosana;Irradiação gama;Biofilmes
Issue Date: 12-Jul-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos - PPGCTA
Citation: MELLO, Luana Miranda Lopes de. Efeito da irradiação gama na quitosana. 2016.76f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Palmas, 2016.
Resumo: Filmes são estruturas pré-formadas, independentes, que são utilizadas para envolver o alimento após o seu processamento, aumentando seu período de conservação e conferindo aparência brilhante e atraente. São preparados a partir de materiais biológicos como alternativa às embalagens plásticas sintéticas para melhorar a qualidade do meio ambiente. A quitosana é um polímero biodegradável composto de ligações β–(1,4)-D-glucosamina (unidade desacetilada) e N-acetil-D-glucosamina (unidade acetilada). É produzida comercialmente pela desacetilação da quitina, que é um elemento estrutural do exoesqueleto de crustáceos. Ela é capaz de formar matrizes contínuas e, que através de diversas técnicas de produção, podem ser transformadas em filmes e revestimentos comestíveis e/ou biodegradáveis. Com o objetivo de avaliar o efeito das diferentes doses de radiação gama (0, 5, 10 e 15 kGy) no pó da quitosana, na solução filmogênica com concentrações de quitosana (1 e 2%), e nos biofilmes foi avaliado suas propriedades ópticas, morfológicas, reológicas e mecânicas. Os filmes foram caracterizados pela espessura, cor, opacidade, microscopia eletrônica de varredura e propriedades mecânicas. Os diferentes tratamentos estudados influenciaram significativamente
Abstract: Films are preformed structures, independent, that are used to wrap food after processing, increasing their shelf life and enhancing its bright and attractive appearance. They are prepared from biological materials as an alternative to the plastic synthetic containers to improve the quality of the environment. Chitosan is a biodegradable polymer composed of β- (1-4) linked D-glucosamine (deacetylated unit) and N-acetyl-D-glucosamine (acetylated unit). It is produced commercially by deacetylation of chitin, which is a structural component of the exoskeleton of crustaceans. She is able to form films and edible and/or biodegradable coatings. This work aimed evaluate the effect of different doses of gamma radiation (0, 5, 10 and 15 kGy) in the chitosan powder, filmogenic solution and in biofilms in concentrations of 1 and 2% of chitosan, in their optical, morphological, rheological and mechanical properties. The films were characterized by the thickness, color, opacity, scanning electron microscopy and mechanical properties. The different treatments significantly influenced their properties, promoting an improvement.
URI: http://hdl.handle.net/11612/290
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luana Miranda Lopes de Mello - Dissertação.pdf17.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.