Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/2895
Authors: Leitão, Keila de Sousa
metadata.dc.contributor.advisor: Capuzzo, Denise de Barros
Title: Síndrome de Burnout: percepções dos professores envelhescentes dos programas de pós-graduação em educação da UFT
Keywords: Síndrome de Burnout;Professores Universitários;Aspectos estressores;Envelhecimento
Issue Date: 2020
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: LEITÃO, Keila de Sousa. Síndrome de Burnout: percepções dos professores envelhescentes dos programas de pós-graduação em educação da UFT. 70f. Monografia (Graduação)- Curso de Pedagogia, Universidade Federal do Tocantins, Palmas, 2020.
metadata.dc.description.resumo: Abordando o tema Síndrome de Burnout, objetivou-se identificar se os Professores envelhescentes da Universidade Federal do Tocantins, do curso de Pedagogia, atuantes nos Programas de Pós-Graduação em Educação Acadêmico e Profissional, se percebem diante das características que podem levar à Síndrome de Burnout. Elegeu-se como método, para esta pesquisa, o Materialismo histórico dialético, adotando metodologia de abordagem qualitativa. Para a coleta dos dados e informações, realizou-se revisão bibliográfica e pesquisa de campo. Para tanto, utilizou-se como instrumento entrevista semiestruturada. Participaram da pesquisa professores envelhescentes,entre 45 e 60 anos de idade. A análise dos dados e informações foi feita por meio de análise de conteúdo. De acordo com os dados coletados e analisados, observou-se que,estes professores envelhescentes, muitas vezes se percebem com características que podem levar ao burnout, principalmente quando observam a desvalorização social, política e econômica da categoria.Percebeu-se também, que o envelhecimento não é por si só um dos estressores desencadeantes desta síndrome, no entanto, se este envelhecimento não for vivido de forma coerente, com cuidados da saúde e da mente, pode vir a se tornar um fator de adoecimento, visto que este é um momento que ocorrem muitas mudanças, tanto físicas/biológicas quanto sociais. As alterações físicas são visíveis, desde o nascimento, mas como cada um vivenciará este processo depende de seu contexto social e econômico. Desta forma, destaca-se a importância de mudanças por parte do Estado, das instituições e do próprio professor, para que se minimizem as consequências tanto das exigências do mercado de trabalho, que geram estressores desencadeantes do burnout,quanto das mudanças geradas pelo processo de envelhecimento, que são inevitáveis, mas não precisam ser adoecedoras.
Abstract: Addressing the theme of Burnout Syndrome, the objective was to identify whether the aging Teachers of the Federal University of Tocantins, from the Pedagogy course, working in the Graduate Programs in Academic and Professional Education, perceive themselves in the face of the characteristics that can lead to the Syndrome of Burnout. Dialectical historical materialism was chosen for this research, adopting a qualitative approach methodology. For data and information collection, a bibliographic review and field research were carried out. For this, semi-structured interviews were used as an instrument. Aging teachers between 45 and 60 years old participated in the research. The analysis of data and information was done through content analysis. According to the data collected and analyzed, it was observed that these aging teachers often perceive themselves with characteristics that can lead to burnout, especially when they observe the social, political and economic devaluation of the category. It was also noticed that aging is not in itself one of the stressors triggering this syndrome, however, if this aging is not experienced in a coherent way, with health and mind care, it can become a factor of illness , since this is a time that many changes occur, both physical / biological and social. Physical changes are visible from birth, but how each person will experience this process depends on their social and economic context. In this way, the importance of changes on the part of the State, the institutions and the teacher himself is highlighted, in order to minimize the consequences both of the demands of the labor market, which generate stressors that trigger burnout, and of the changes generated by the process of aging, which are inevitable, but need not be sickening.
URI: http://hdl.handle.net/11612/2895
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Keila De Sousa Leitao- TCC.pdf935.16 kBAdobe PDFView/Open
Keila De Sousa Leitao- ATA.pdf316.65 kBAdobe PDFView/Open
Keila De Sousa Leitao- Termo de Publicização.pdf117.8 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.