Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/2854
Authors: Xerente, Juliete Predi
metadata.dc.contributor.advisor: Nascimento, Ladislau Ribeiro do
Title: Uma análise sobre a representação dos povos indígenas no ensino fundamental
Keywords: Povos indígenas; Representações sociais; Educação; Cultura indígena.
Issue Date: 28-Jun-2021
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: XERENTE, Juliete Predi. Uma análise sobre a representação dos povos indígenas no ensino fundamental. 2019. 33 f. Monografia (Graduação) - Curso de Pedagogia, Campus Universitário de Miracema, UFT, 2019.
metadata.dc.description.resumo: Esta monografia propõe uma análise sobre a representação dos povos indígenas nos processos de ensino-aprendizagem promovidos no Ensino Fundamental. Tendo em vista a relevância das práticas e dos discursos escolares na produção e reprodução de concepções sobre grupos étnicos e sociais, busca-se analisar o modo pelo qual os povos indígenas têm sido abordados na formação escolar. Elegeu-se como material de análise um livro didático utilizado para o ensino de História no Ensino Fundamental II. Além do referido material, consideraram-se observações e experiências acumuladas durante uma prática de estágio supervisionado, realizado em uma escola situada em Miracema do Tocantins – TO, quando a autora foi sensibilizada pelo desconhecimento e distanciamento demonstrados pelos não indígenas em relação aos povos indígenas. O material didático em questão foi submetido a uma análise de conteúdo. Os resultados apontam para a formação e reprodução de estereótipos sobre os povos indígenas através de imagens e informações que, invariavelmente, impedem que educadores e estudantes não indígenas tenham contato com a questão indígena e, de um modo mais específico, com a diversidade e a pluralidade étnica dos povos indígenas. Acredita-se que outras pesquisas nesta perspectiva contribuam com a promoção de práticas educativas adequadas para a consolidação da democracia no país.
Abstract: This monograph proposes an analysis on the representation of indigenous brazilians peoples in the teaching-learning processes promoted in Elementary School. Considering the relevance of school practices and discourses in the production and reproduction of conceptions about ethnic and social groups, the aim is to analyze the way in which indigenous brazilians peoples have been approached in school education. A textbook used for the teaching of History in Elementary School II was chosen as an analysis material. In addition to this material, observations and experiences accumulated during a supervised internship at a school located in Miracema do Tocantins-TO were considered when the author was sensitized by the lack of knowledge and distance shown by non-Indians in relation to indigenous brazilians peoples. The didactic material in question was subjected to a content analysis. The results point to the formation and reproduction of stereotypes about indigenous brazilians peoples through images and information that invariably prevent non-indigenous educators and students from coming into contact with the indigenous brazilians issue and, more specifically, with diversity and plurality indigenous brazilians peoples. It is believed that other research in this perspective contributes to the promotion of educational practices adequate for the consolidation of democracy in the country.
URI: http://hdl.handle.net/11612/2854
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliete Predi Xerente - Monografia.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.