Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/2841
Authors: Sousa, Elizangela Pereira de Almeida
metadata.dc.contributor.advisor: Gonçalves Filho, Francisco
Title: A (des)construção do racismo na escola: contribuições do estágio supervisionado e dos estudos de literatura infantil afro-brasileiros
Keywords: Racismo; Relações étnicas e raciais; Literatura; Escola e diversidade cultural.
Issue Date: 23-Jun-2021
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: SOUSA, Elizangela Pereira de Almeida. A (des)construção do racismo na escola: contribuições do estágio supervisionado e dos estudos de literatura infantil afro-brasileiros. 2018. 39 f. Monografia (Graduação) - Curso de Pedagogia, Campus Universitário de Miracema, UFT, 2018.
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desse trabalho é analisar e refletir sobre a formação da mentalidade racista e preconceituosa do brasileiro, com relação, principalmente, ao negro e ao indígena em nosso país, indicando direções sobre formas de superar essa prática no ambiente escolar. Essa reflexão inicia-se à partir do processo de colonização do Brasil, que perpassa pela escravatura de indígenas e de negros, pelo processo educacional-literário e da luta bem como dos marcos legais para a inclusão de História e Cultura afro- brasileira nos currículos da educação básica, de modo a obter um foco na diversidade cultural, racial, social e econômica brasileira, modificando também o foco etnocêntrico. De maneira geral, esse trabalho está dividido em duas partes, sendo o estudo de caso a partir do ponto de vista de autores sobre ideologias raciais e a abordagem étnico-racial na formação dos professores. Essa abordagem foi realizada através de Estágio curricular Supervisionado, em duas instituições na cidade de Miracema do Tocantins/TO: Escola Municipal de Educação Infantil Vilmar Vasconcelos Feitosa e CMEI Dona Maracaípe. Buscando promover a sensibilização acerca de questões étnico-raciais, contribuindo para a desconstrução de estereótipos e favorecendo um maior conhecimento acerca da cultura africana, sua presença e contribuição na composição da cultura brasileira através das obras “O cabelo de Lelê”; “O Menino Marrom” e “Origens africanas do Brasil Contemporâneo”.
Abstract: The objective of this work is to analyze and reflect on the formation of the racist and prejudiced mentality of the Brazilian, with relation, mainly to the black and indigenous in our country, indicating directions on how to overcome this practice in the school environment. This reflection begins with the process of colonization of Brazil, which involves the slavery of indigenous and blacks, and the educational-literary process and the struggle and legal frameworks for the inclusion of Afro-Brazilian History and Culture in education curricula in order to obtain a focus on Brazilian cultural, racial, social and economic diversity, also modifying the ethnocentric focus. In general, this work is divided into two parts, being the case study from the point of view of authors on racial ideologies and the ethno-racial approach in teacher training. This approach was carried out through Supervised Internship in a classroom in two institutions in the city of Miracema do Tocantins / TO, Municipal School of Early Childhood Education Vilmar Vasconcelos Feitosa and CMEI Dona Maracaípe. Seeking to promote awareness about ethnic-racial issues, contributing to the deconstruction of stereotypes and favoring a greater knowledge about African culture, its presence and contribution in the composition of the Brazilian culture through the works "The hair of Lelê"; "The Brown Boy" and "African Origins of Contemporary Brazil".
URI: http://hdl.handle.net/11612/2841
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elizangela Pereira de Almeida Sousa - Monografia.pdf697.91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.