Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/2822
Authors: Oliveira, Alessandro Lemos de
metadata.dc.contributor.advisor: Marques, Elineide Eugênio
Title: Análise do processo de (in)visibilidade por meio de indicadores de gestão das unidades estaduais de conservação da natureza de proteção integral: o caso dos parques estaduais do Tocantins
Keywords: Unidades de Conservação; Parques Estaduais do Tocantins; Indicadores de Gestão; Invisibilidade; Representação Social; Conservation Units; Tocantins State Parks; Management Indicators; Invisibility; Social Representation
Issue Date: 6-May-2021
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente - Ciamb
Citation: OLIVEIRA, Alessandro Lemos de. Análise do processo de (in)visibilidade por meio de indicadores de gestão das unidades estaduais de conservação da natureza de proteção integral: o caso dos parques estaduais do Tocantins.2021. 267f. Tese (Doutorado em Ciências do Ambiente) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente, Palmas, 2021.
metadata.dc.description.resumo: As Unidades de Conservação (UCs) desempenham um papel importante na proteção de áreas para conservação ambiental e nas políticas ambientais de conservação. A continuidade das UCs vem sendo ameaçada por ações de natureza política, falta de disponibilidade de recursos para manutenção e, em muitas situações, pela constante mudança de seus gestores. O objetivo geral desta pesquisa, foi analisar o processo de (in)visibilidade e problemas identificados pela gestão do Parque Estadual do Cantão (PEC), Parque Estadual do Jalapão (PEJ) e Parque Estadual do Lajeado (PEL) que compõem as UCs na categoria Parque Estadual de Proteção Integral do estado do Tocantins a partir da análise dos dados da Ferramenta Management Effectiveness Tracking Tool (METT) e análise do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) de seus gestores. Os resultados da pesquisa apontaram, dentre outros fatores, que os Parques possuem problemas em comum, sendo o PEC o melhor avaliado, seguido do PEJ e do PEL, que obteve as piores avaliações pelos gestores ao longo do período de 2009 a 2019. Observou-se ameaças recorrentes, de forma semelhante, nas três UCs que prejudicam a gestão e a visibilidade das mesmas. Entre essas ameaças, estão o reduzido número de funcionários, a necessidade de capacitação dos servidores, e o baixo conhecimento dos Parques por parte dos moradores do entorno, questões mencionadas pelos gestores. Os registros realizados entre o período de 2009 e 2019, auxiliam no entendimento de que as UCs sofrem diretamente os reflexos da morosidade das ações governamentais e que os gestores priorizam a resolução de situações problemáticas momentâneas em detrimentos de outras. Os DSCs identificados, demonstram que os gestores compartilham dos mesmos problemas e preocupações quanto a gestão das UCs do Tocantins. As perspectivas futuras sobre as UCs estudadas no estado do Tocantins são uma incógnita. Sabe-se da existência de ameaças externas vindas do avanço do setor imobiliário, agropecuário, da flexibilização de leis que as protegem e de estudos para a privatização do PEJ. Soma-se a tudo isso os problemas sociais e os impactos das UCs em comunidades locais e tradicionais pela forma com que foram criadas. Entretanto, o órgão responsável pelas UCs no estado não consegue atender a tempo e nem todas as demandas provenientes dos gestores dos Parques. Por fim, observou-se que o processo de monitoramento utilizado pelo governo estadual apresenta fragilidades, o que pode indicar que o governo está indiretamente contribuindo para a invisibilidade dessas áreas.
Abstract: Conservation Units (UCs) play a major role in protecting areas for environmental conservation of socioeconomic activities and environmental conservation policies. However, their continuity has been undermined, as a result of political initiatives, unavailability of resources for conservation and in many cases, constant manager changes. The main goal of this research was to analyze the process of (in)visibility of Integral Conservation Units and their problems identified by the managers of Cantão (PEC), Jalapão (PEJ) and Lajeado (PEL) Tocantins State Parks. For the analysis, data was used from the Management Effectiveness Tracking Tool (METT) and the Discourse of the Collective Subjective (DCS). The results pointed out, among other factors, similar problems between the parks. PEC was the best evaluated, followed by PEJ and PEL, which obtained worse evaluations by managers over the period from 2009 to 2019. Recurring threats were observed, similarly, in the three CUs that hinder their management and visibility. Among those were the reduced number of employees, the need for employee training and the lack of acquaintance with the parks by the surrounding residents, issues mentioned by the managers. The records made between 2009 and 2019 make clear that the CUs directly suffer the effects of lengthy government actions and the given priority of immediate situations to the detriment of others. The identified DCSs show that managers share the same problems and concerns regarding the management of CUs in Tocantins. Also, future perspectives of the studied CUs are unknown. It was clear that there were external threats from the expansion of the real estate, agriculture, the flexibility of environmental regulations and studies for the privatization of PEJ. Added to all this are the social problems and impacts of UCs in local and traditional communities due to the way they were formed. However, it was noted that the agency responsible for the UCs in the state could not meet the time and not all the demands coming from the managers of the Parks. Finally, it was observed that the monitoring process used by the state government had shortcomings, which may indicate its indirect participation to the invisibility of these areas.
URI: http://hdl.handle.net/11612/2822
Appears in Collections:Doutorado em Ciências do Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alessandro Lemos de Oliveira - Tese.pdf8.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.