Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/260
Author: Lima, Liana Bezerra Dias de
Advisor: Morais, Paula Benevides de
Title: Avaliação do risco ecológico por xenobióticos associado às atividades agrícolas
Keywords: Concentração de metais;Rios Formoso e Javaés;Biomarcadores;Cichla sp
Issue Date: 22-Apr-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente - Ciamb
Citation: LIMA, Liana Bezerra Dias de. Avaliação do risco ecológico por xenobióticos associado às atividades agrícolas. 2015. 112f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente, Palmas, 2015.
Resumo: O uso de agrotóxicos e fertilizantes está gerando risco ecológico aos ecossistemas aquáticos em função da disponibilização de diferentes xenobióticos para a biota e para o meio, expondo as populações aquática e humana a substâncias tóxicas por meio do consumo de água e animais contaminados. Na região de Lagoa da Confusão, há décadas tem sido uma região de importância para o agronegócio e a falta de monitoramento de contaminantes oriundos desta atividade pode comprometer a qualidade do ecossistema aquático. O presente estudo teve como objetivo avaliar o risco ecológico por xenobióticos, utilizando o Tucunaré (Cichla sp.) como bioindicador para avaliação dos possíveis efeitos de xenobióticos associados às atividades de agricultura na cidade de Lagoa da Confusão – TO. Foram realizadas coletas de água e peixes no período de setembro de 2013 a outubro de 2014 em três pontos (A – rio Javaés/Pium, B – rio Javaés/Lagoa da Confusão e C – rio Formoso/Lagoa da Confusão). Para avaliação da qualidade da água utilizou-se parâmetros físico-químicos e concentração de metais pesados (Cd, Pb, Cu, Cr, Mn, Ni e Zn). Para avaliar o risco ecológico do bioindicador utilizou-se a determinação da concentração de metais (Cd, Pb, Cu, Cr, Mn, Ni e Zn) no fígado e músculo e os seguintes biomarcadores: genotóxico (teste Micronúcleo), bioquímicos (níveis séricos de glicose, AST e ALT) e histológicos (brânquias e fígado). Em relação aos parâmetros físico-químicos, o fósforo total no Ponto C apresentou-se acima do valor de referência. Não houve diferença significativa para concentração de metais na água entre os três pontos amostrados (p> 0,05) em relação ao ponto A. A média das concentrações de Cu, Cr e Mn nos três pontos coletados excederam os valores para rios de Classe 1, segundo Resolução Conama 357, indicando contaminação dos recursos hídricos por esses metais. Apenas o Cr estava acima do limite máximo permitido para consumo humano, porém não foi significativamente diferente em relação ao ponto A (p>0,05). O teste de micronúcleo revelou uma baixa frequência nos três locais de coleta. Observou-se hiperglicemia nos animais do ponto C. Nas brânquias, as alterações mais frequentes foram: descolamento epitelial, hiperplasia e hipertrofia do epitélio lamelar, congestão, fusão lamelar parcial e total, edema, infiltrado inflamatório, dilatação capilar e em menor frequência aneurisma e necrose focal. No fígado, as alterações histopatológicas mais frequentes foram vacuolização citoplasmática, hipertrofia nuclear, dilatação dos sinusóides, desarranjo dos cordões hepáticos, estagnação biliar, congestão dos vasos, infiltrado inflamatório e núcleos picnóticos. Observou-se também a ocorrência de necrose focal. A avaliação integrada da concentração de metais na água e nos tecidos dos peixes e dos biomarcadores indica a contaminação tanto da água quanto do peixe por metal, provavelmente proveniente das atividades agrícolas, sendo necessário o monitoramento da qualidade do ecossistema aquático na região, uma vez que os tucunarés além do seu papel ecológico, também fazem parte da alimentação da população local.
Abstract: The use of pesticides and fertilizers is generating ecological risk to aquatic ecosystems depending on availability of different xenobiotics for biota and the environment, exposing the aquatic and human populations to toxic substances through drinking water and animals contaminated. Confusion Lagoon region, for decades has been an important area for agribusiness and the lack monitoring of contaminants derived from this activity can compromise the quality of the aquatic ecosystem. This study aimed to evaluate the ecological risk by xenobiotics, using the Peacock Bass (Cichla sp.) as bioindicator for evaluation of possible xenobiotic effects associated with agricultural activities in the city of Confusion Lagoon - TO. Water and fish samples were carried out from September 2013 to October 2014 in three points (A - River Javaés/Pium, B - Javaés river/Confusion Lagoon and C - Formoso River/Confusion Lagoon). To evaluate the water quality was used physicochemical parameters and concentration of heavy metals (Cd, Pb, Cu, Cr, Mn, Ni and Zn). To assess the ecological risk of bioindicator was used to determine the concentration of metals (Cd, Pb, Cu, Cr, Mn, Ni and Zn) in the liver and muscle, and the following biomarkers: genotoxic (micronucleus test) and biochemical (serum glucose, AST and ALT) and histological (liver and gills). Regarding the physical and chemical parameters, the total phosphorus at point C showed above the reference value. There was no significant difference in concentration of metals in the water among the three sampling sites (p> 0.05) at point A. The average of Cu, Cr and Mn in the three points collected exceeded the values for Class 1 rivers, according to Conama Resolution 357, indicating contamination of water resources for these metals. Only Cr was above the maximum allowed for human consumption, but was not significantly different at point A (p> 0.05). The micronucleus test revealed a low frequency in the three collection sites. Hyperglycemia was observed in the animals of point C. In the gills, the most frequent changes were epithelial lifting, hyperplasia and hypertrophy of the lamellar epithelium, congestion, partial lamellar fusion and total, edema, inflammatory infiltration, capillary dilatation and less frequently aneurysm and focal necrosis. In the liver, the most common histopathological changes were stage I and II, as cytoplasmic vacuolization, nuclear hypertrophy, dilation of sinusoids, derangement of hepatic cords, bile stagnation, congestion of vessels, inflammatory infiltrate and pyknotic nuclei. It was also observed the occurrence of focal necrosis. Integrated assessment of the concentration of metals in water and tissues of fish and biomarkers indicates contamination both water and fish by metal, probably from agricultural activities, requiring the monitoring of the quality of the aquatic ecosystem in the region, as tucunarés beyond its ecological role, also part of the food for the local population.
URI: http://hdl.handle.net/11612/260
Appears in Collections:Mestrado em Ciências do Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Liana Bezerra Dias de Lima - Dissertação.pdf2.68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.