Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/157
Author: Macedo, Aurinete Macedo
Advisor: Albuquerque, Francisco Edviges
Title: Saberes tradicionais Krahô e educação escolar indígena: um diálogo possível na Escola Indígena 19 de abril
Keywords: Saberes tradicionais Krahô;Saberes escolares;Educação escolar indígena;Diálogo entre os saberes
Issue Date: 11-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: MACEDO, Aurinete Silva. Saberes tradicionais Krahô e educação escolar indígena: um diálogo possível na Escola Indígena 19 de abril. 2015. 130f. Dissertação (Mestrado em Letras: ensino de Língua e Literatura) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Letras: ensino de Língua e Literatura, Araguaína, 2015.
Resumo: Este trabalho é resultado de uma pesquisa realizada na aldeia Manoel Alves. Analisamos como se dá o diálogo entre os Saberes Tradicionais Krahô e os Saberes Escolares na Escola Indígena 19 de Abril, bem como se dá a interação, comunidade indígena e a instituição escolar situada nessa aldeia. Para alcançarmos esse propósito, desenvolvemos pesquisa do tipo etnográfico, na perspectiva da abordagem qualitativa. Utilizamos como técnicas para a obtenção dos dados, a observação participante, o diário de campo e a entrevista semiestruturada. No período de realização da pesquisa registramos alguns rituais praticados pela comunidade Krahô e assistimos aulas na escola da aldeia para conhecermos a prática pedagógica dos professores. Observamos como são pensadas e desenvolvidas as atividades escolares e qual a participação da comunidade indígena nesse processo. Constitui a base teórica de nossas análises, as discussões de Maher (2006), D’Angelis (2012) Luciano (2006,2011), Meliá (1999), Gupioni (2000,2006), Santos (2009), Carneiro da Cunha (1998, 2010), Almeida (2010), dentre outros. Os resultados mostram-nos que o diálogo entre os diferentes saberes é possível e que a Escola Indígena 19 de Abril tem estabelecido a articulação entre os Saberes Tradicionais Krahô e os Saberes Escolares, desenvolvendo atividades que contemplam os diferentes saberes, embora tenha que constantemente confrontar-se com as burocracias do sistema educacional brasileiro que em muitas situações deslegitima a proposta pedagógica dialógica da comunidade escolar indígena. Outro aspecto evidenciado pela presente pesquisa é a constante interação que há entre a comunidade da aldeia Manoel Alves e a instituição escolar dessa comunidade fato que viabiliza o diálogo entre os saberes no contexto escolar. Essa interação enuncia a viabilidade da efetivação da educação escolar indígena bilíngue, intercultural, específica e diferenciada nessa aldeia.
Abstract: This work is the result of a survey conducted in the village Krahô Manoel Alves that consisted of analyzing how happens the dialogue between Traditional Knowledges of Kraho and School Knowledges in the Indigenous School 19 de Abril, as well as how the interaction takes place among the indigenous community and the school institution located in this village. To achieve this purpose, we developed a ethnographic research, in view of the qualitative approach. We used as techniques for obtaining the data, participant observation, field diary and the semistructured interview. In the period of the survey were registered some celebrations and rituals practiced by Kraho community and we watched classes in the village school to know the pedagogical practice of the teachers. We observed how are thought and developed the school activities and what is the participation of the indigenous community in this process. It constitutes the theoretical basis of our analyzes, the discussions of Maher (2006), D'Angelis (2012) Luciano (2006.2011), Grupioni (2000.2006), Carneiro da Cunha (1998, 2010), Almeida (2010), among others. The results show us that the dialogue between the different knowledges is possible and that the Indigenous School 19 de Abril has established dialogue between Traditional Knowledge of the Kraho and the School Knowledges, developing activities that contemplate the different knowledges. The results also show that there is a constant interaction between the village community Manoel Alves and educational institution in this community and that this interaction enables the dialogue between the knowledges in school context. And they point still that, the interaction established between that indigenous community and the Indigenous School 19 de Abril sets out the viability of school effectiveness of indigenous bilingual school education, intercultural, specific and differentiated in this village
URI: http://hdl.handle.net/11612/157
Appears in Collections:Mestrado em Letras: Ensino de Língua e Literatura - PPGL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aurinete Silva Macedo - Dissertação.pdf4.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.