Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/1564
Authors: Morais, Thátila Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor: Campos, Aline
Title: Educação nas prisões: as vozes das pessoas em situação de privação de liberdade no estado da arte.
Keywords: Educação em Prisão;Voz da pessoa presa;Estado da arte;Liberdade;Education in Prison;Voice of the arrested person;State of art;Freedom
Issue Date: 23-Feb-2018
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: MORAIS, Thátila Ferreira. Educação nas prisões: as vozes das pessoas em situação de privação de liberdade no estado da arte. 2018. 83 f. Monografia (Graduação) - Curso de Pedagogia, UFT, Tocantinópolis, 2018.
metadata.dc.description.resumo: Considerando o crescente número de produções que existem sobre os aspectos que envolvem a educação em prisões, esta pesquisa tem como objetivo analisar como as falas das pessoas em situação de privação de liberdade estão sendo apresentadas nos trabalhos acadêmicos produzidos sobre a temática “Educação em espaços de privação de liberdade”. Para tanto, foi analisado o estado da arte para se obter as respostas para nossas inquietações: identificar se os sujeitos dessa educação estão sendo ouvidos no processo de produção de conhecimento e analisar de que maneira as vozes das pessoas que vivenciam a situação de aprisionamento estão sendo consideradas no processo de produção de conhecimento. Desta forma, a presente pesquisa apresenta dados quantitativos e qualitativos referentes ao número de produções acadêmicas feitas no período de 1989 a 2016. Os dados foram coletados no Banco de Teses e Dissertações da CAPES através da plataforma Sucupira e analisados a partir da técnica de análise de conteúdo de Laurence Bardin. As análises evidenciaram que as produções acadêmicas se concentram nas regiões Sul e Sudeste do país, não havendo trabalhos oriundos na região Norte. Dos 83 trabalhos que discutem educação em prisões, apenas 26 trazem a voz da pessoa presa para o debate, sendo que destes, apenas oito centram-se, exclusivamente, na voz da pessoa presa. Percebeu-se homens e mulheres são ouvidos em proporções similares nas pesquisas e que o principal tema de análise é educação formal, principalmente a educação escolar. Na análise aprofundada das teses e dissertações, que tratam exclusivamente da voz da pessoa presa, ficou evidente a presença das narrativas referentes aos aspectos relativos ao processo educacional e a vivência no espaço de privação de liberdade.
Abstract: Considering the growing number of productions that exist on the aspects that involve prison education, this research aims to analyze how the speeches of people in situations of deprivation of liberty are being presented in the academic works produced on the theme "Education in spaces of deprivation of liberty ". For that, the state of the art was analyzed to obtain the answers to our concerns: to identify if the subjects of this education are being heard in the process of knowledge production and to analyze how the voices of the people who experience the situation of imprisonment are being considered in the process of knowledge production. In this way, the present research presents quantitative and qualitative data referring to the number of academic productions made in the period from 1989 to 2016. The data were collected in the Bank of Thesis and Dissertations of CAPES through the platform Sucupira and analyzed using the technique of analysis of content of Laurence Bardin. The analyzes showed that the academic productions are concentrated in the South and Southeast regions of the country, with no works coming from the North. Of the 83 papers that discuss education in prisons, only 26 bring the voice of the prisoner to the debate, of which only eight focus exclusively on the voice of the prisoner. It was noticed that men and women are heard in similar proportions in the surveys and that the main topic of analysis is formal education, especially school education. In the in-depth analysis of the theses and dissertations, which deal exclusively with the voice of the arrested person, the presence of the narratives concerning the aspects related to the educational process and the experience in the area of deprivation of freedom became evident.
URI: http://hdl.handle.net/11612/1564
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Thátila Morais - TCC Pedagogia.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.