Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/999
Authors: Sousa, Ronildo Borges de
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Nilton Marques de
Title: Análise locacional e espacial da estrutura produtiva do estado do Tocantins
Keywords: Análise locacional;Análise espacial;Desenvolvimento Regional;Tocantins;Locational Analysis;Spatial Analysis;Regional Development
Issue Date: 14-Mar-2018
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - PPGDR
Citation: SOUSA, Ronildo Borges de. Análise locacional e espacial da estrutura produtiva do estado do Tocantins. 2018. 90f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, Palmas, 2018.
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação analisou a concentração e integração produtiva dentro do estado do Tocantins, para o período de 2005 e de 2015. Para tanto, foram utilizados o método de análise regional e o método de Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE). Para o primeiro método foram estimados os indicadores de localização, o quociente locacional (QL), o Índice de concentração de Hirschman Herfindahl (IHH), o Coeficiente de Associação Geográfica (CAG) e o multiplicador de emprego. Para o segundo foram estimados o indicador de Moran global (I de Moran) e local (LISA). Para a fundamentação teórica foram utilizadas as perspectivas de desenvolvimento regional mais relevantes no cenário para o estudo. Os resultados apontaram, quanto a análise dos indicadores locacionais, que os setores que mais predominam na maioria dos municípios deste estado são: administração pública e agropecuária, extração vegetal, caça e pesca. Já quanto a análise espacial ficou constatado através do índice de Moran global que os setores que mais se destacaram por apresentar uma autocorrelação espacial mais significativa, no ano de 2005 ou no ano de 2015, foram: os serviços industriais de utilidade pública, a administração pública e a agropecuária, extração vegetal, caça e pesca. A estatística LISA demonstrou que os setores que mais apresentaram clusters com altos valores do QL foram o de serviços industriais de utilidade pública, o de serviços e o da agropecuária, extração vegetal, caça e pesca, os quais representam os principais fomentadores da economia tocantinense. Por fim, os principais resultados desta pesquisa indicam que o desenvolvimento regional dos municípios do estado do Tocantins não se apresentou de forma homogênea, nem no tempo e nem no espaço.
Abstract: The present dissertation analyzed the concentration and productive integration within the state of Tocantins, for the period of 2005 and 2015. For that, the regional analysis method and the Exploratory Analysis of Spatial Data (AEDE) method were used. For the first method the location indicators, the locational quotient (QL), the Hirschman Herfindahl concentration index (HHI), the Geographic Association Coefficient (CAG) and the employment multiplier were estimated. For the second, the Moran global (Moran I) and local indicator (LISA) were estimated. For the theoretical basis, the most relevant regional development perspectives were used in the scenario for the study. The results showed that, in the analysis of locational indicators, the sectors that predominate in the majority of municipalities in this state are: public and agricultural administration, plant extraction, hunting and fishing. Regarding the spatial analysis, it was verified through the Moran global index that the sectors that stood out the most for having a more significant spatial autocorrelation in 2005 or in the year 2015 were: industrial utilities, public administration and agriculture, vegetable extraction, hunting and fishing. The LISA statistic showed that the sectors that presented the highest clusters with high QL values were those of public utilities, services and agricultural, vegetable extraction, hunting and fishing, which are the main promoters of the economy of Tocantins. Finally, the main results of this research indicate that the regional development of the municipalities of the state of Tocantins did not present itself homogeneously, neither in time nor in space.
URI: http://hdl.handle.net/11612/999
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ronildo Borges de Sousa - Dissertação.pdf3.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.