Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/879
Authors: Pedro, Carolina Medinilla
metadata.dc.contributor.advisor: Batista, Antonio Carlos
Title: Aporte e decomposição de serapilheira em um fragmento de cerrado sensu stricto
Keywords: Serapilheira;Decomposição;Cerrado;Litter;Decomposition
Issue Date: 29-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais - PPGCFA
Citation: PEDRO, Carolina Medinilla. Aporte e decomposição de serapilheira em um fragmento de cerrado sensu stricto.2017.40f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais, Gurupi, 2017.
metadata.dc.description.resumo: Considerando a importância da ciclagem de nutrientes como indicador na manutenção da produtividade do ecossistema, o presente estudo teve como objetivo avaliar a dinâmica sazonal de produção e taxa de decomposição de serapilheira em um fragmento de Cerrado sensu stricto. Para avaliação de aporte de serapilheira foram utilizados 50 coletores circulares com 112,8 cm de diâmetro, distribuídos sistematicamente. As coletas de serapilheira foram realizadas mensalmente de junho de 2016 a maio 2017 e o material coletado foi acondicionado em sacos plásticos, posteriormente levados para o laboratório onde foi realizada a separação nas frações folhas, galhos e material reprodutivo. Posteriormente, o material foi embalado em sacos de papel e levado à estufa à temperatura de 70 oC, para a determinação do peso seco. A decomposição da serapilheira foi avaliada utilizando-se o método de litter bags, com distribuição aleatória de 288 litter bags que continham 20 gramas de folhas e 24 litter bags que continham 20 gramas de galhos. A produção anual de serapilheira foi quantificada em 6.042,50 kg.ha-1.a-1, em que a fração foliar foi predominante apresentando uma produção de 4.644,40 kg.ha-1.a-1, seguida da fração galhos (1.084,10 kg.ha-1.a-1) e material reprodutivo (329,90 kg.ha-1.a-1). A produção de serapilheira obteve maior produção no mês de julho com 1.464,00 kg.ha-1 e menor produção no mês de dezembro (138,70 kg.ha-1). Foi observada correlação negativa significativa entre a produção de serapilheira e suas frações com a precipitação pluviométrica e umidade relativa do ar. A decomposição da massa foliar atingiu 49% e a de galhos 50%, durante o período de nove meses, em que a constante de decomposição (k) para massa foliar e para galhos foi de 0,0030 g g-1dia-1. Por esta constante, a estimativa para o desaparecimento de massa total foi estimada em 1.000 dias (29 meses). É possível concluir que a produção de serapilheira apresentou sazonalidade bem marcada, com maior produção durante a época seca e menor na época chuvosa, com forte influência de precipitação e umidade relativa do ar na deposição das folhas. A decomposição se mostrou lenta tanto para folhas como para galhos obtendo assim o valor da constante de decomposição 0,0030 g g-1dia-1 para ambos.
Abstract: Considering the importance of nutrient cycling as an indicator in the maintenance of the productivity of the ecosystem, the present study aimed to assess the seasonal dynamics of production and decomposition rate of litter in a fragment of Cerrado sensu stricto. For evaluation of supply of burlap were used 50 circular collectors with 112.8 cm diameter, distributed systematically. Litter collections were performed monthly June 2016-may 2017 and the collected material was packed in plastic bags, then taken to the laboratory where the separation was carried out in fractions leaves, twigs and reproductive material. After that, the material was packed in paper bags and washed the greenhouse at the 70 C, for the determination of the dry weight. The decomposition of leaf litter was evaluated using the method of litter bags, with random distribution of 288 litter bags containing 20 grams of leaves and 24 litter bags containing 20 grams of branches. The annual production of litterfall was quantified in 6.042,50 kg. ha-1. yr- 1, in which the leaf was prevalent fraction presented a production of 4.644,40 kg. ha-1. yr-1, then the fractions branches (1.084,10 kg. ha-1. yr-1) and reproductive material (329,90 kg. ha-1. yr-1). The litterfall obtained higher production in July with 1.464,00 kg. ha-1 and lower production in the month of December (138,70 kg. ha-1). A significant negative correlation was observed between litterfall and its fractions with the precipitation and relative humidity. The decomposition of foliar mass reached 49% and 50% of twigs during the nine-month period, in which the decomposition constant (k) for leaf mass and for branches was 0.0030 g g-1-1day.For this constant, the estimate for the disappearance of total mass has been estimated to be 1.000 days (29 months). It can be concluded that the litterfall presented seasonality well marked, with higher output during the dry season and lower in the rainy season with strong influence of precipitation and relative humidity in the deposition of the leaves. The breakdown proved slow for both leaves as for branches to get the value of the constant of decomposition 0.0030 g g-1-1 day for both.
URI: http://hdl.handle.net/11612/879
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carolina Medinilla Pedro - Dissertação.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.