Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/874
Author: Cavalcante, Rodrigo Robson
Advisor: Nascimento, Ildon Rodrigues do
Title: Características produtivas de genótipos de batata doce em função de doses de fósforo em solos de terrra firme no município de Careiro - AM
Keywords: Ipomea batatas (L.);Nutrição mineral;Amazonas e produtividade;Mineral nutrition;Amazonas e productivit
Issue Date: 21-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: CAVALCANTE, Rodrigo Robson. Características produtivas de genótipos de batata doce em função de doses de fósforo em solos de terrra firme no município de Careiro - AM.2016.38f.Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2016.
Resumo: A batata oce é considerada uma cultura com elevado potencial de produção. No estado do Amazonas o cultivo da batata doce é feito por pequenos produtores em solos de várzea por apresentarem fertilidade natural significativamente superior aos solos de terra firme e geralmente sem uso de adubação. O objetivo do presente trabalho foi avaliar doses de fósforo (P2O5) na produtividade de batata doce em solos de terra firme no município de Careiro-AM. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 5 x 5, com os fatores doses de fósforo (18; 36; 70; 124 e 230 kg de P2O5 ha-1) e cultivares de batata doce (Rainha, Rubissol, Brazilândia, BDFMI#16 e Compensa) em quatro repetições. A colheita foi realizada aos 120 dias após o plantio das ramas. As variáveis avaliadas foram: número de batata, peso médio e produtividade. Houve influência das doses para o número de batata, onde o maior índice foi observado na dose de 70 kg ha-1, na cultivar Compensa com 35.760 batata doce por hectare. As doses influenciaram o peso médio e a produtividade, sendo que o maior valor foi quantificado na dose de 70 kg ha-1, na cultivar Compensa com valor de 454,91 gramas. Já a máxima produtividade comercial (13,56 ton ha-1) foi obtida com a dose de 124 kg ha-1 de P2O5 na cultivar BDFMI#16.
Abstract: Sweet potato is considered a rustic crop with high production potential, tolerant to water stress, low response to fertilizer application and growing in low fertility and degraded soils. The objective of the present study was to evaluate phosphorus (P2O5) rates in sweet potato yield in lowland soils in the city of Careiro-AM. The experimental design was a randomized complete block design with 5 x 5 factorial treatments, with phosphorus doses (18, 36, 70, 124 and 230 kg of P2O5 ha-1) and sweet potato cultivars (Elisa, Rubissol, Brazilândia, BDFMI # 16 and Compensa) in four replicates. Harvesting was performed at 163 days after transplanting the seedlings. The evaluated variables were: potato number, average weight and productivity. There was influence of the doses for the number of potatoes, where the highest index was observed in the dose of 70 kg ha-1, in the cultivar Compensa with 35.760 sweet potatoes per hectare. The doses influenced the average weight and productivity, and the highest value was quantified in the dose of 70 kg ha-1, in the cultivar Compensa with a value of 454,91 grams. The maximum commercial productivity (13,56 ton ha-1) was obtained with the dose of 124 kg ha-1 of P2O5 in cultivar BDFMI # 16.
URI: http://hdl.handle.net/11612/874
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodrigo Robson Cavalcante - Dissertação.pdf4.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.