Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/857
Authors: Tavares, Helane Dias
metadata.dc.contributor.advisor: Fonseca, Erika Toledo da
Title: Morfologia do tegumento do tracajá (Podocnemis unifilis troschel, 1848)
Keywords: Histologia;Pele;Quelônio;Histology;Skin;Chelonium
Issue Date: 24-Aug-2017
Citation: TAVARES, Helane Dias. Morfologia do tegumento do tracajá (Podocnemis unifilis troschel, 1848). 2017. 47f. Dissertação (Mestrado em Sanidade Animal e Saúde Pública nos Trópicos) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Sanidade Animal e Saúde Pública nos Trópicos, Araguaína, 2017.
metadata.dc.description.resumo: Atualmente no Brasil a criação de répteis como animais de estimação tem crescido e os quelônios fazem parte dessa classe em evidência. O tracajá (Podocnemis unifilis), um quelônio comum nos rios e lagos da região norte e centro-oeste, é muito consumido pela população. A fim de diminuir os impactos da pesca ilegal, sua criação comercial em tanques é legalizada, mas devido à aglomeração de animais e ambiente inadequado esses animais comumente são acometidos por problemas dermatológicos, sendo importante o conhecimento da morfologia da pele para auxiliar no tratamento desses animais. Este trabalho descreve as características da pele e anexos de oito tracajás sendo quatro machos jovens e quatro fêmeas adultas que foram estudadas de forma macro e microscópica por meio de microscopia de luz e eletrônica de varredura. Os resultados macroscópicos evidenciaram diferenças entre as fêmeas e os machos. Microscopicamente a pele apresentou estruturas rígidas altamente queratinizadas em ambos os sexos. O tegumento possuía duas camadas: a epiderme e a derme, sendo a primeira composta por um epitélio estratificado queratinizado, dividido em três estratos - estrato basal, estrato granuloso e estrato córneo. O estrato basal era formado por camadas de células cubóides com predominância de queratinócitos; no estrato granuloso os queratinócitos apresentaram-se em menor número e o estrato córneo, a camada mais externa, variou em espessura entre as regiões analisadas aparentando-se maior na região palmar, plantar e no bico córneo. A derme dividiu-se em camada papilar, rica em fibroblastos, fibras de colágeno, melanócitos e vasos sanguíneos. A descrição macroscópica auxilia na identificação e gênero da espécie refletindo na sua preservação enquanto que a descrição microscópica das estruturas que compõem a pele aumentam o conhecimento para futuros tratamentos dermatológicos.
Abstract: Currently in Brazil the creation of reptiles as pets has grown and chelonians are part of this class in evidence. The Yellow-spotted River Turtle (Podocnemis unifilis), a common chelonium in the rivers and lakes of the north and central-west region, is very consumed by the population. In order to reduce the impacts of illegal fishing, its commercial creation in tanks is legalized, but due to the agglomeration of animals and inadequate environment these animals are commonly affected by dermatological problems, being important the knowledge of the morphology of the skin to assist in the treatment of these animals . This work describes the characteristics of the skin and the attachments of eight Yellow-spotted River Turtle being four young males and four adult females that were studied in macro and microscopic form through light microscopy and scanning electron. Macroscopic results showed differences between females and males. Microscopically, the skin showed highly keratinized rigid structures in both sexes. The integument had two layers: the epidermis and the dermis, the first consisting of a stratified keratinized epithelium, divided into three strata - basal stratum, granular stratum and stratum corneum. The basal stratum was formed by layers of cuboidal cells with predominance of keratinocytes; in the granular stratum the keratinocytes were smaller and the stratum corneum, the outermost layer, varied in thickness between the analyzed regions, appearing larger in the palmar, plantar and corneal beak regions. The dermis was divided into papillary layer, rich in fibroblasts, collagen fibers, melanocytes and blood vessels. The macroscopic description assists in the identification and genre of the species reflecting in its preservation while the microscopic description of the structures that make up the skin increase the knowledge for future dermatological treatments.
URI: http://hdl.handle.net/11612/857
Appears in Collections:Mestrado em Sanidade Animal e Saúde Pública nos Trópicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Helane Dias Tavares - Dissertação.pdf1.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.