Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/672
Author: Freitas, Brenno Cunha
Advisor: Andrade, Valdir Carlos Lima de
Title: Modelos de taper para Corymbia citriodora no sul do estado do Tocantins
Keywords: Taper;Variável binária;Diâmetro;Corymbia citriodora;Binary variable;Diameter
Issue Date: 28-Sep-2017
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais - PPGCFA
Citation: FREITAS, Brenno Cunha. Modelos de taper para Corymbia citriodora no sul do estado do Tocantins.2017.53f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais, Gurupi, 2017.
Resumo: Este trabalho teve por objetivo avaliar modelos de taper para Corymbia citriodora com 55 meses de idade no Sul do estado do Tocantins. Foram utilizadas 35 árvores amostras cubadas com a obtenção dos diâmetros com e sem casca nas posições 0,2 m, 0,4 m, 0,7 m, 1,3m, 2,7 m e, a partir deste ponto em diante a cada 2 metros até um diâmetro em torno de 1,0 cm com casca. Para avaliação dos modelos utilizou-se as seguintes estatísticas: coeficiente de determinação ajustado, erro padrão da estimativa, distribuição gráfica dos resíduos, média dos desvios absolutos, desvio padrão das diferenças, soma dos quadrados dos resíduos relativos, média dos desvios percentuais, raiz quadrada do erro médio, viés e coeficiente de correlação múltipla. Além disso, avaliou-se a viabilidade da utilização da variável binária “Tx” no ajuste simultâneo para dados com e sem casca. Concluiu-se, portanto, que o modelo de Muhairwe I obteve os melhores resultados para as estatísticas utilizadas, bem como a confirmação da viabilidade em se obter o ajuste diamétrico com uma só equação através da inclusão da variável Tx.
Abstract: The objective of this study was to evaluate taper models for Corymbia citriodora at 55 months of age in the southern state of Tocantins. Thirty-five trees were used to obtain the diameters with and without bark at the positions 0.2 m, 0.4 m, 0.7 m, 1.3 m, 2.7 m and from this point forward every 2 meters to a diameter of about 1.0 cm in bark. For the evaluation of the models, the following statistics were used: adjusted coefficient of determination, standard error of the estimate, graphical distribution of the residuals, mean absolute deviations, standard deviation of the differences, sum of the squares of relative residues, mean of the percentage deviations, square root of mean error, bias and multiple correlation coefficient. In addition, we evaluated the feasibility of using the binary variable "Tx" in the simultaneous adjustment for data with and without shell. It was concluded, therefore, that the Muhairwe I model obtained the best results for the statistics used, as well as the confirmation of the feasibility in obtaining the diametric adjustment with a single equation through the inclusion of the variable Tx.
URI: http://hdl.handle.net/11612/672
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Brenno Cunha Freitas - Dissertação.pdf1.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.