Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/576
Author: Mairesse, Marta Heloísa
Advisor: Siqueira, Flávia Lucila Tonani de
Title: Potencial da biomassa aérea da Ipomoea Batatas (l.) lam. e Pennicetum Purpureum Chumach cv. Napier e cv. roxo sob ação de três complexos enzimáticos hidrolíticos na produção de etanol 2g
Keywords: Energia renovável;Biomassa lignocelulósica;Enzimas de hidrólise;Renewable energy;Lignocellulosic biomass;Hydrolysis enzymes
Issue Date: 5-Oct-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Agroenergia - PPGA
Citation: MAIRESSE, Marta Heloísa. Potencial da biomassa aérea da Ipomoea Batatas (l.) lam. e Pennicetum Purpureum Chumach cv. Napier e cv. roxo sob ação de três complexos enzimáticos hidrolíticos na produção de etanol 2g.2015.70f. Dissertação (Mestrado em Agroenergia) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Agroenergia, Palmas, 2015.
Resumo: A geração de energia a partir de biomassa lignocelulósica pode contribuir de maneira significativa com a ampliação do escopo energético, no que se refere ao uso de fontes alternativas voltadas à geração de combustíveis renováveis. Porém, a utilização destas fontes enfrenta ainda desafios relacionados à exploração de diferentes matérias-primas com potencial de utilização e o desenvolvimento de tecnologias de processos que garantam a viabilidade técnica e econômica da geração do etanol 2G. Neste estudo foi estimada a produção de etanol da biomassa aérea da batata-doce (Ipomoea batatas (L.) Lam.) e da biomassa do capim-elefante (Pennisetum purpureum Schumach), cv. Roxo e cv. Napier após pré-tratamento ácido e básico, sob hidrólise de dois complexos enzimáticos comerciais (CTec2 e HTec2) e o extrato enzimático obtido a partir de fungo isolado de ninhos de Acromyrmex balzani. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos inteiramente casualizados e o arranjo dos tratamentos o Esquema Fatorial 3x3, em três repetições. Foi verificado, para a batata-doce, o rendimento estimado médio de 37,42 mL/Kg de MS hidrolisada com os complexos enzimáticos comerciais e que o capim-elefante, nesse experimento, confirmou seu potencial para ser utilizado na produção de energia renovável, pois apresentou o rendimento médio de 123,5 mL/Kg de MS hidrolisada nas mesmas condições da hidrólise da biomassa aérea da batata-doce.
Abstract: Power generation from lignocellulosic biomass can contribute significantly to the energy scope expansion, with regard to the alternative sources use focused on the renewable fuels generation. However, the use of these sources still faces challenges related to different raw materials exploration with potential use and technologies processes development that ensure the technical and economic viability of generating 2G ethanol. The aim of this study was to evaluate the ethanol production potential from aerial sweet potato (Ipomoea batatas (L.) Lam.) (B) crop residues compared to elephantgrass materials (Pennisetum purpureum Schum), cultivar Roxo and cultivar Napier by the hydrolytic action of three enzyme solutions: two commercial enzymatic complexes (CTec2 e HTec2) and an enzyme extract obtained from filamentous fungi isolated from Acromyrmex balzani. The experimental design was the Factorial Scheme 3x3, in triplicate. It was checked on the sweet potato, the average yield of 37.42 mL/kg MS hydrolyzed with commercial enzymatic complexes and the elephantgrass, this experiment confirmed its potential to be used in the renewable energy production, as it presented average yield of 123.5 mL/kg MS hydrolyzed under the same conditions of biomass sweet potato hydrolysis.
URI: http://hdl.handle.net/11612/576
Appears in Collections:Mestrado em Agroenergia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marta Heloísa Mairesse - Dissertação.pdf811.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.