Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/547
Author: Oster, Vanessa Viebrantz
Advisor: Zuniga, Abraham Damian Giraldo
Title: Influência do tempo de extração e da razão amostra: solvente no processo de extração do óleo do caroço do pequi visando a produção de biodiesel
Keywords: Biodiesel;Óleo vegetal;Caroço do pequi;Solvente orgânico;Vegetable oil;Pits pequi;Organic solvent
Issue Date: 22-Apr-2013
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Agroenergia - PPGA
Citation: OSTER, Vanessa Viebrantz. Influência do tempo de extração e da razão amostra: solvente no processo de extração do óleo do caroço do pequi visando a produção de biodiesel.2013.72f. Dissertação (Mestrado em Agroenergia) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Agroenergia, Palmas, 2013.
Resumo: Problemas ambientais causados pelo uso excessivo de energia proveniente do petróleo estão fazendo com que os países busquem a diversificação da matriz energética. Dentro deste contexto, é que a produção de biodiesel, a partir de óleos vegetais, vem se destacando no cenário energético. A extração da matéria-prima usada na produção desses biocombustível é uma fase de extrema importância, por isso, faz-se necessário determinar qual a melhor forma de sua realização, caracterizando os principais fatores químicos e físicos que interferem nesse processo. Visando otimizar o processo de extração do óleo do caroço do pequi, este trabalho baseou-se na realização de experimentos que buscaram identificar o teor aproximado de óleo no caroço do pequi e ainda qual o melhor solvente orgânico, entre hexano, etanol e a mistura desses solventes, para a extração do óleo do caroço do pequi para a produção de biodiesel. A partir dos dados obtidos nos ensaios realizados neste trabalho, pode ser observado que o putâmem do pequi apresenta um teor elevado de óleo, em méidia de 31%, quantidade superior a encontrada no grão da soja, que hoje é a matéria – prima base para a produção de biodiesel. Observou-se ainda que a misturas dos dois solventes orgânicos (hexano + etanol) na razão de 1:1 mostrou-se mais eficiente no processo extraíndo aproximadamente 34% do óleo presente no caroço do pequi.
Abstract: The environmental problems caused by the excessive use of energy from petroleum are causing countries seek to diversify sources of energy. Within this context, is that the production of biodiesel from vegetable oils, has been increasing in energy scenario. The extraction of the raw material used in producing these biofuels is an extremely important step, so it is necessary to determine the best form of his achievement, featuring the main chemical and physical factors that affect this process. In order to optimize the extraction process of oil pits pequi, this work was based on the realization of experiments that attempted to identify the approximate oil content in the pits pequi and yet which is the best organic solvent, hexane between ethanol and the mixture of these solvents for oil extraction from the seed pequi for biodiesel production. Starting from the data obtained in the tests performed in this study, it can be observed that the pits pequi has a high content of oil, around 31%, much higher than found in soy beans, which today is raw - material basis for biodiesel production. It was also observed that mixtures of two organic solvents (hexane + ethanol) at a ratio of 1:1 was more efficient in the process of Extracting approximately 34% of the oil present in the pits pequi.
URI: http://hdl.handle.net/11612/547
Appears in Collections:Mestrado em Agroenergia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanessa Viebrantz Oster - Dissertação.pdf811.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.