Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/542
Author: Santana, Wesley Rosa de
Advisor: Silveira, Marcio Antônio da
Title: Obtenção de genótipos de batata-doce (Ipomoea batatas (l.) Lam.) por cruzamentos biparentais visando a produção de etanol
Keywords: Ipomoea batatas;Biparental;Etanol;Ethanol
Issue Date: 14-Sep-2013
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Agroenergia - PPGA
Citation: SANTANA, Wesley Rosa de. Obtenção de genótipos de batata-doce (Ipomoea batatas (l.) Lam.) por cruzamentos biparentais visando a produção de etanol.2013.69f. Dissertação (Mestrado em Agroenergia) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Agroenergia, Palmas, 2013.
Resumo: A batata-doce (Ipomoea batatas (L.) Lam.) tem sido objeto de estudo para produção de etanol desde 1997 por pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins. Durante doze anos o melhoramento da cultura da batata-doce foi conduzido via policruzamentos, nos quais as polinizações são feitas ao acaso por insetos, conhecendose assim apenas o genitor feminino, resultando em lançamento de algumas cultivares. Nos últimos anos, os ganhos em produtividade de carboidratos e rendimento de etanol não têm sido muitos expressivos. A partir de cruzamentos biparental, onde o cruzamento é realizado entre pais conhecidos e com características desejáveis, objetivou-se obter, avaliar e selecionar os melhores genótipos com base na produtividade de raízes e rendimento de etanol. Nos cruzamentos foram utilizados cultivares e genótipos selecionados procedentes do programa de melhoramento genético de batata-doce da Universidade Federal do Tocantins. Os cruzamentos foram realizados no Centro Tecnológico Agroindustrial e Ambiental – CTAA e as avaliações agronômicas foram feitas nos Campus Universitário de Palmas e Gurupi. Em campo foram avaliados 100 genótipos nos dois locais com três repetições e as características avaliadas foram: produtividade média de raízes (Mg ha-1), danos causados por insetos de solo, teor de matéria seca das raízes e rendimento de etanol (m3 ha-1). O cruzamento biparental foi uma estratégia eficiente para a exploração da variabilidade genética da batata-doce, obtendo-se 73 novos genótipos. Os genótipos BDI(199)73, BDI(2011)52 e a cultivar Duda-89 com produtividades de 59,92 Mg ha-1, 53,20 Mg ha-1 e 52,04 Mg ha-1, teor de matéria seca de 30,72%, 34,35%, 36,71% e rendimentos em etanol de 10,37 m3 ha-1, 10,85 m3 ha-1, 11,24 m3 ha-1, respectivamente são promissores para produção de etanol em Palmas. Em Gurupi, destacaram-se para essas características os genótipos, BDI(2011)09, BDI(2011)72 e BDI(2011)83 com produtividades médias de 48,19 Mg ha-1, 43,49 Mg ha-1, 43,21 Mg ha-1, teor de matéria seca de 32,93%, 31,87%, 31,49% e rendimentos em etanol de 9,35 m3 ha-1, 8,16 m3 ha-1 e 9,01 m3 ha-1, respectivamente. Para os dois ambientes avaliados, os genótipos BDI199-73, BDI(2011)52, BDI(2011)83 e a cultivar Duda-89, possuem alto potencial de produção de raízes, pouca incidência de insetos de solo, sendo promissores para serem utilizados para a indústria do etanol.
Abstract: Sweet Potato (Ipomoea batatas (L.) Lam) has been studied as feedstock for the production of ethanol since 1997 by UFT. For twelve years, Sweet Potato culture improving was conducted via polycrosses, in which pollinations are made at random with insects, knowing, this way, only female genitor, resulting release of some cultivars. In last couple years, gains in ethanol productivity and yielding have not been very significant. Through biparental crosses, where crosses are performed between known parents with desirable traits, was aimed to obtain, evaluate and select the best genotypes based on roots and ethanol yield. Genotypes issued from UFT Sweet Potato breeding programme were used in the crosses. The experiments were carried out at the Environmental Technology Centre and Agroindustrial - CTAA/University Campus of Palmas and Gurupi/ Tocantins Federal University. In field, 100 genotypes were evaluated at two locations with three replications. The traits evaluated were: average root yield (Mg ha-1), soil insect damage, dry matter content of the roots of ethanol yield (m3 ha-1). Biparental crosses are an effective strategy for the exploration of Sweet Potato genetic variability, yielding 73 new genotypes. Genotypes BDI(199)73, BDI(2011)52 and cultivar Duda-89 with yields of 59,92 Mg ha-1, 53,20 Mg ha-1 and 52,04 Mg ha-1, dry matter content of 30,72%, 34,35%, 36,71% and ethanol yields of 10,37 m3 ha-1, 10,85 m3 ha-1, 11,24 m3 ha-1, respectively, are promising for ethanol production in Palmas. In Gurupi, those traits stood out: genotypes BDI(2011)09, BDI(2011)72 and BDI(2011)83, with average productivities of 48,19 Mg ha-1, 43,49 Mg ha-1, 43,21 Mg ha-1, dry matter content of 32,93%, 31,87%, 31,49% and ethanol yields with 9,35 m3 ha-1, 8,16 m3 ha-1 e 9,01 m3 ha-1, respectively. The trials uncovered efficient genotypes such as BDI199-73, BDI(2011)52, BDI(2011)83 and the cultivar Duda- 89, with potential to be used in ethanol industry because of their excellent yield, dry matter and soil insect resistance in both locations, promising to be efficient in ethanol industry.
URI: http://hdl.handle.net/11612/542
Appears in Collections:Mestrado em Agroenergia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Wesley Rosa de Santana - Dissertação.pdf722.98 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.