Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/539
Author: Rocha, Emmeline de Sá
Advisor: Figueiredo, Patricia de Maria Silva
Title: Produção de bioprodutos com atividade antimicrobiana a partir do extrato das folhas de Platonia insignis mart. (Bacuri)
Keywords: Antibacteriano;Antioxidante;Bacurizeiro;Fitoterápicos;Antibacterial;Antioxidant;Bacurizeiro;Phytotherapics
Issue Date: 4-Aug-2017
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia - PPGB
Citation: ROCHA, Emmeline de Sá. Produção de bioprodutos com atividade antimicrobiana a partir do extrato das folhas de Platonia insignis mart. (Bacuri).2017.68f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia, Gurupi, 2017.
Resumo: Platonia insignis Mart. é uma espécie pertencente à família Clusiaceae, é popularmente conhecida como Bacuri e muito conhecida por ter um fruto de sabor apreciado. A utilização etnobotanica está relacionada à utilização do extrato do óleo de suas sementes como cicatrizante e anti-inflamatório e na produção de sabão. Atualmente diversas atividades vêm sendo relatadas para todas as partes deste fruto (semente, casca e polpa). Este trabalho teve como objetivo analisar o perfil fitoquímico, atividade antimicrobiana do extrato das folhas de Platonia insignis Mart. e desenvolver formulações farmacêuticas com ação antimicrobiana. A análise fitoquímica do extrato mostrou a presença de fenóis (taninos condensados, catequinas e flavonoides), esteroides, alcaloides e saponinas. As análises por LC-MSn forneceram os perfis de fragmentação dos compostos presentes no extrato. Na fração acetato de etila, foi identificado a fukugentina (morelloflavona) um importante marcador da família Clusiaceae. O extrato apresentou potencial antioxidante com inibição de 88,06% do radical DPPH. O sabonete, o creme e a solução tópica manipulados a partir do extrato a 1 e a 5% tiveram sua estabilidade analisadas no tempo zero e trinta dias após formulados, além da avaliação do controle de qualidade microbiológico. A avaliação da atividade antimicrobiana foi realizada pela técnica de microdiluição em caldo; o extrato hidroetanolico (70%), as frações hexânica, acetato de etila e os produtos manipulados apresentaram atividade antimicrobiana com CIM entre 0,78 e 12,5 mg/mL frente a todos os microrganismos testados exceto as frações orgânicas (acetato de etila e hexânica) que não apresentaram atividade frente Acinetobacter baumannii. A toxicidade avaliada pela técnica de hemólise não demonstrou atividade hemolítica até concentração testada de 100mg/mL. A toxicidade frente Artemia salina demonstrou que o extrato apresentou DL50 de 42,6 μg/mL sendo classificado como altamente tóxico frente Artemia salina. O extrato possui atividade antioxidante, microbicida e baixa toxicidade in vitro. As formulações farmacêuticas mostraram-se potencialmente viáveis no desenvolvimento de novos produtos para o tratamento de doenças infeciosas.
Abstract: Platonia insignis Mart. is a species belonging to Clusiaceae, is popularly known as Bacuri and is well-known for having a fruit of appreciated flavor. The ethnopharmacological use is related to the use of the oil of its seeds in the healing of scars and as an anti-inflammatory and in the production of soap. Currently, several activities have been reported for all parts of this fruit (seed, bark and pulp). This work aimed to analyze the phytochemical profile, biological, and antimicrobial activity of the leaf extract of Platonia insignis Mart., and develop pharmaceutical formulations. Phytochemical analysis of the extract showed the presence of phenols, condensed tannins, catechins, steroids, alkaloids, flavonoids and saponins. Analyzes by LC-MS and FIA-ESI-IT/MSn provided the fragmentation profiles of the compounds present in the extract and their structures were proposed. In the ethyl acetate fraction, fukugentin (morelloflavone) was identified as an important marker of the clusiaceae family. The extract presented antioxidant potential in the inhibition of 88,06% of the DPPH radical. The soap and the topical solution manipulated from the 1 and 5% extract had their stability analyzed at time zero and thirty days after formulations, besides the evaluation of the microbiological quality control. The antimicrobial activity was evaluated by the microdilution technique. The hydroethanolic extract (70%), the hexane, ethyl acetate and the manipulated products presented antimicrobial activity with MIC between 0.78 and 12.5 mg/mL to all the microorganisms tested except the organic fractions (ethyl acetate and hexane) that showed no activity against Acinetobacter baumannii. The toxicity evaluated by the hemolysis technique did not demonstrate hemolytic activity up to a concentration of 100 mg/mL. Toxicity to Artemia salina showed that the extract had LD50 of 42.6 μg/mL being classified as highly toxic against Artemia salina. The extract has antioxidant activity, microbicide and low in vitro toxicity. Pharmaceutical formulations have proved potentially viable in the development of novel products for the treatment of infectious diseases.
URI: http://hdl.handle.net/11612/539
Appears in Collections:Mestrado em Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Emmeline de Sá Rocha - Dissertação.pdf2.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.