Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/488
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorRolim, Carmem Lucia Artioli-
dc.contributor.authorSousa, Luciana Pereira de-
dc.date.accessioned2017-09-01T17:33:01Z-
dc.date.available2017-09-01T17:33:01Z-
dc.date.issued2016-12-15-
dc.identifier.citationSOUSA, Luciana Pereira de. O ensino de matemática no contexto da atividade docente nos anos iniciais do ensino fundamental. 2016. 103f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Educação, Palmas, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11612/488-
dc.description.abstractThe present study aims to comprehend how the concept of resistence, regarding the process of teaching mathematics, is manifested in the voice of the teachers who teach in the first years of elementary school at the teaching context. In order to develop this study, a literature review on mathematics education, teaching and the concept of resistence associated with the Historical-Cultural approach and the Activity Theory principles, conceptions supported mainly in the ideas of Vigotski and Leontiev. The methodology was guided by the qualitative approach, specifically a case study, in which the data that compose this investigation was collected through literature review, documentary research, observations, field diaries and audio interviews. The investigation was carried out in three public schools, from the State of Tocantins, in the city of Palmas, these schools offer the 4th and 5th grade of elementary school. The participants were the teachers of the classes chosen. The analysis has shown that the process of teaching and learning is a conscious activity and a solely human one. In this context, the activity becomes a historical and cultural construction. It was observed that, with regard to the concept of resistence, it is an evident element at schools, which manifest itself in the aptitudes and contradictions of their teachers, categorizing schools as spaces that can both work to reproduce the interests of the ruling class and to enable the emancipation and the social transformation of individuals.pt_BR
dc.formatapplication/pdfen_US
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Tocantinspt_BR
dc.rightsOpen Accessen_US
dc.subjectResistênciapt_BR
dc.subjectAtividade docentept_BR
dc.subjectEnsino de Matemáticapt_BR
dc.subjectResistencept_BR
dc.subjectTeachingpt_BR
dc.subjectTeaching Mathematicspt_BR
dc.titleO ensino de matemática no contexto da atividade docente nos anos iniciais do ensino fundamentalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.resumoA presente pesquisa objetivou compreender como o conceito de resistência, em relação ao processo de ensino da matemática, se manifesta na voz do professor dos anos iniciais do ensino fundamental no contexto da atividade docente. Para desenvolvimento deste trabalho, foram realizados estudos sobre educação matemática, atividade docente e o conceito de resistência, sendo estes associados à abordagem Histórico-Cultural e princípios da Teoria da Atividade, concepções apoiadas, principalmente nas ideias de Vigotski e Leontiev. A construção metodológica foi norteada pela abordagem qualitativa, e os dados que constituíram a investigação foram obtidos por meio de estudos bibliográficos e documentais, observações, diário de campo e entrevistas em áudio, configurando-se como estudo de caso. O local escolhido para realização deste trabalho foram três escolas públicas da rede estadual de ensino do município de Palmas-TO, que ofertam o 4º e 5º ano do ensino fundamental. Os sujeitos participantes foram as professoras das respectivas turmas escolhidas. A análise dos dados indica que o processo de ensino e aprendizagem é uma atividade consciente e exclusivamente humana, nesse contexto, a atividade se constitui como construção histórica e cultural. No que concerne ao conceito de resistência, a pesquisa observou que este é um elemento evidente no contexto escolar, sendo manifesto nas atitudes e nas contradições docentes, caracterizando a escola como um espaço que concomitantemente pode atuar para reproduzir os interesses da classe dominante como também pode possibilitar a emancipação e a transformação social dos sujeitos.pt_BR
dc.publisher.countryBRpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação - PPGEpt_BR
dc.publisher.campusPalmaspt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luciana Pereira de Sousa - Dissertação.pdf1.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.