Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/479
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGomes, Ricardo Corrêa-
dc.contributor.authorAlmeida, Lia de Azevedo-
dc.date.accessioned2017-08-23T18:05:02Z-
dc.date.available2017-08-23T18:05:02Z-
dc.date.issued2015-03-24-
dc.identifier.citationALMEIDA, Lia de Azevedo. A formulação da Política Nacional de Resíduos Sólidos: uma análise orientada pela complexidade.2016.176f. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Administração, Brasília, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11612/479-
dc.description.abstractTraditional models of policy analysis have been criticized due to the fact that their explanations have been marked by the duality between agency and structure, and also to its linear character. Scholars have emphasized the potential of complexity theory to the area of public policy, but there are still few studies in this regard. This work contributed to the area by proposing an analytical tool for the analysis of public policies based on complexity theory and that can help in understanding the policy-making process from a holistic view. By applying the fitness landscape to the analysis of the formulation process of the National Solid Waste Policy, I tried to understand how the structural aspects (resources owned by the actors) and aspects of agency (capacity to align to defend their interests) dynamically relate to each other and to what extent, they help explain the policy that was formulated. The database was primarily composed of shorthand notes of public hearings in 10 years, from 2000 to 2010. It was built a code analysis seeking to identify the resources of the actors and the topics of discussion, and which actors shared similar positions. Additional interviews were conducted in order that they could solve ambiguities arising from the documentary analysis. It was found that the most influential actors (with the most important resources and that could establish relations with other actors) got their goals expressed in policy and could also sometimes affect the dynamics of negotiation. The resulting policy was largely a reflection of the demands of the actors with the highest fitness in each period. The case analysis trought the lens of complexity, resulted different outputs from those provided by traditional theories, allowing the time could be incorporated in the analysis, providing a holistic explanation of the process.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade de Brasíliapt_BR
dc.rightsTese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Brasília (PPGA/UnB) como requisito parcial para a obtenção de título de Doutor em Administraçãopt_BR
dc.subjectTeoria da complexidadept_BR
dc.subjectFitness landscapept_BR
dc.subjectFormulação de políticas públicaspt_BR
dc.subjectPolítica Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)pt_BR
dc.subjectComplexity theorypt_BR
dc.subjectFitness landscapept_BR
dc.subjectPublic policy formulationpt_BR
dc.subjectNational Solid Waste Policypt_BR
dc.titleA formulação da Política Nacional de Resíduos Sólidos: uma análise orientada pela complexidadept_BR
dc.typeTesept_BR
dc.description.resumoOs modelos tradicionais de análise de políticas públicas têm sido alvo de críticas devido suas explicações serem marcadas pela dualidade entre agência e estrutura, e também pelo seu caráter linear. Acadêmicos têm chamado atenção para o potencial da teoria da complexidade para área de políticas públicas, entretanto ainda são escassos os estudos neste sentido. Este trabalho contribuiu para a área ao propor um ferramental analítico para a análise de políticas públicas baseado na teoria da complexidade e que pode auxiliar a compreender o processo de formulação de políticas a partir de uma visão holística. Ao aplicar o fitness landscape, à análise do processo de formulação da Política Nacional de Resíduos Sólidos procurou-se compreender como os aspectos estruturais (recursos possuídos pelos atores) e os aspectos de agência (capacidade de articulação na defesa de seus interesses) se relacionam dinamicamente, e em que medida auxiliam na explicação da política que foi formulada. A base de dados foi composta prioritariamente de notas taquigráficas de audiências públicas no período de 10 anos, de 2000 a 2010. Foi construído um código de análise documental buscando identificar os recursos dos atores, e os temas objetos de discussão, e quais atores partilhavam de posições semelhantes. Entrevistas complementares foram realizadas a fim de que se pudesse sanar ambiguidades resultantes da análise documental. Verificou-se que os atores mais influentes (com recursos mais importantes e que conseguiam estabelecer relações com outros atores) conseguiram ter seus objetivos expressos na política e também conseguiam por vezes influir na dinâmica de negociação. A política resultante foi em grande parte reflexo das demandas dos atores com mais alto fitness em cada período. A análise do caso a partir da lente teórica da complexidade, possibilitou resultados diferentes daqueles proporcionados pelas teorias tradicionais, permitindo que a dinâmica pudesse ser incorporada na análise, possibilitando uma explicação holística do processo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPós-Graduação em Administraçãopt_BR
dc.publisher.campusBrasíliapt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpt_BR
Appears in Collections:Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lia Almeida Balbé - Dissertação.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.