Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/430
Author: Tschoeke, Paulo Henrique
Advisor: Santos, Gil Rodrigues dos
Title: Aspectos fitossanitários para a produção sustentável do meloeiro no Estado do Tocantins
Keywords: Cucumis melo;Polinização;Manejo integrado de doenças;Integrated pest management;Pollination
Issue Date: 7-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: TSCHOEKE, Paulo Henrique. Aspectos fitossanitários para a produção sustentável do meloeiro no Estado do Tocantins.2015.98f.Tese (Doutorado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2015.
Resumo: A introdução de uma cultura agrícola em uma nova região de cultivo requer o conhecimento prévio dos agentes bióticos e abióticos que podem interferir no desempenho da cultura neste novo local. O meloeiro, Cucumis melo L., vem expandindo sua área cultivada no cerrado do Tocantins, contudo não há relatos do impacto dos serviços de polinização efetuados pelas abelhas, da influência do controle fitossanitário e da época de cultivo no desempenho produtivo desta olerícola. Portanto, os estudos aqui realizados foram conduzidos com o objetivo de fornecer informações para a implementação do manejo sustentável de meloeiro cultivado no Cerrado com vistas à preservação dos polinizadores e sua interação com o manejo de fitopatógenos. As investigações aqui relatadas são divididas em três capítulos. No primeiro capítulo foi avaliada a diversidade de abelhas, seus comportamentos de forrageio e os períodos de visitação às flores, além de sua contribuição potencial no desempenho de seis cultivares de meloeiro. No segundo capítulo foi verificado se a qualidade da polinização é afetada após a aplicação de quatro tratamentos contendo pesticidas (inseticida, fungicida, mistura inseticida/fungicida e inseticida botânico). Por fim, o terceiro capítulo verificou qual a melhor época (seca, chuvosa ou transição) de cultivo do meloeiro baseada na incidência e severidade do crestamento gomoso (Didymella bryoniae), principal doença da cultura. Cinco espécies de abelhas (Apis mellifera, Halictus sp., Plebeia sp., Trigona pallens e T. spinipes) foram identificadas visitando as flores das cultivares estudadas no período da manhã. Todas as espécies de abelhas apresentaram potencial polinizador devido uma correlação moderada entre a intensidade da visitação de abelhas e peso dos frutos. A aplicação de inseticida sintético e botânico afetou negativamente a qualidade da polinização, com a produção de frutos de menor peso e menor número de frutos por planta, respectivamente. Os menores níveis de incidência e severidade do crestamento gomoso foram observados na estação seca. Para que a produção de melão no Cerrado brasileiro seja viável é necessário que as práticas agrícolas favoreçam a presença e manutenção das abelhas nas proximidades das áreas de cultivo e que a integração de táticas de manejo integrado de fitopatógenos sejam implementadas.
Abstract: Phytosanitary issues for sustainable production of muskmelon in the Tocantins State The introduction of a crop in a new growing region requires prior knowledge of biotic and abiotic agents that can interfere with the performance of the culture in this new location. The muskmelon, Cucumis melo L., has been expanding its acreage in Cerrado areas of Tocantins State, however there are no reports of the impact of pollination services performed by bees, the influence of phytosanitary control and the growing season in the productive performance of this vegetable crop. This study was conducted in order to provide information for the implementation of sustainable management of melon grown in the Cerrado with a view to the preservation of pollinators and their interaction with the management of plant pathogens. The studies presented here are divided into three chapters. In the first chapter it evaluated the diversity of bees, their behavior and foraging periods of visitation to flowers, as well as their potential contribution in the performance of six cultivars of melon.In the second chapter it was verified that the quality of pollination is affected after application of four treatments containing pesticide (insecticide, fungicide, insecticide mixture / fungicide and botanical insecticide). Finally, the third section was found that the best time (dry, wet or transition) of melon cultivation based on the incidence and severity of gummy stem blight (Didymella bryoniae). Five species of bees (Apis mellifera, Halictus sp., Plebeia sp., Trigona pallens and T. spinipes) were identified visiting the flowers of cultivars in the morning. All species of bees showed potential pollinator because a moderate correlation between the intensity of visitation bees and fruit weight. The application of synthetic botanical insecticide and adversely affected the quality of pollination to fruit production of lighter weight and fewer fruits per plant, respectively. The lower levels of incidence and severity of gummy stem blight were observed in the dry season. For the melon production in the Brazilian Cerrado feasible it is necessary that agricultural practices favor the presence and maintenance of bees in the vicinity of crop areas and the integration of integrated pest management tactics are implemented.
URI: http://hdl.handle.net/11612/430
Appears in Collections:Doutorado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paulo Henrique Tschoeke - Tese.pdf2.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.