Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/428
Author: Daronch, Douglas José
Advisor: Peluzio, Joênes Mucci
Title: Eficiência ambiental, divergência genética e composição química de grãos de soja no Estado do Tocantins
Keywords: Épocas de plantio;Dissimilaridade genética;Composição química de grãos;Seasons planting;Genetic dissimilarity;Chemical composition of grains
Issue Date: 7-Apr-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: DARONCH, Douglas José. Eficiência ambiental, divergência genética e composição química de grãos de soja no Estado do Tocantins.2015.66f.Tese (Doutorado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2015.Daronh
Resumo: A soja, uma das principais commodities do Brasil, tem o óleo e o farelo como matéria prima para a produção de alimentos e ração animal. Entretanto, são escassas as informações sobre os teores de óleo e proteína de grãos de cultivares nas diferentes épocas de plantio, sob condições de baixa latitude. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência ambiental e a divergência genética de dezessete genótipos de soja, sendo dez cultivares comerciais e sete linhagens oriundas do Programa de Melhoramento Genético da UFT, em ensaios conduzidos no período de safra e entressafra, no ano agrícola 2013/14, em Palmas e Gurupi-TO. O delineamento experimental utilizado em cada ensaio foi de blocos casualizados, com dezessete tratamentos e três repetições. As características estudadas foram: florescimento, maturação, altura de planta, altura da inserção da primeira vagem, número de grãos por vagem, número de vagens por planta, massa de cem sementes, produtividade de grãos, teor de óleo e proteína, eficiência ambiental e divergência genética. A eficiência ambiental foi avaliada através da metodologia adaptada de Fischer (1983) e a divergência genética, por meio de procedimentos multivariados: distância generalizada de Mahalanobis e método de agrupamento e otimização de Tocher. As hibridações 5X6-3 e TMG 1180, 4X5-2 e TMG 1180; 5X6-1 e TMG 1180 são promissoras para obtenção de populações segregantes para produção de grãos. As características número de dias para o florescimento (49,%) e número de vagens por planta (26,6%) foram as que mais contribuíram para a dissimilaridade genética. Para a característica teor de óleo na safra, a maior eficiência foi alcançada pelo genótipo P98Y70, para entressafra o maior valor foi obtido por CD 2737 RR. Para a característica teor de proteína a maior eficiência no período de safra foi obtida pelo genótipo M 9144 RR, para entressafra foi M 8766RR.
Abstract: Soy, one of the main commodities in Brazil, has oil and bran as raw material for the production of food and animal feed, respectively. However, information on the oil content and protein cultivars grains are scarce, in different planting dates under conditions of low latitude. Thus, this study aimed to evaluate the environmental efficiency and the genetic divergence of seventeen soybean genotypes, ten cultivars and seven lines in trials conducted during the crop season and off season in the agricultural year 2013/14, Palmas and Gurupi -TO. The experimental design used in each trial was a randomized block, with seventeen treatments and three replications. The characteristics studied were flowering, maturity, plant height, pod height, number of seeds per pod, number of pods per plant, weight of hundred seeds, grain yield, oil content, protein, environmental efficiency and the genetic divergence. Environmental efficiency was evaluated using the methodology adapted from Fischer (1983) and the genetic divergence through multivariate procedures: generalized Mahalanobis and grouping method and Tocher. The 5X6-3 hybridizations and TMG 1180, 4X5-2 and TMG 1180; 5X6-1 and TMG 1180 are promising for obtaining segregating populations for grain production. Features number of days to flowering (49%) and number of pods per plant (26.6%) were the ones that contributed most to the genetic dissimilarity. For the characteristic oil content in the harvest, the highest efficiency was achieved by P98Y70 genotype for off season the highest value was obtained by CD 2737 RR. For the characteristic protein content greater efficiency in the harvest period was obtained by the M 9144 RR genotype for off season was M 8766RR.
URI: http://hdl.handle.net/11612/428
Appears in Collections:Doutorado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Douglas José Daronch - Tese.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.