Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/419
Author: Lourenço, Adriano Mendes
Advisor: Aguiar, Raimundo Wagner de Sousa
Title: Toxicidade e repelência do óleo essencial de negramina para lagarta do cartucho e lagarta da soja
Keywords: Óleo essencial;Toxicidade;Efeito comportamental;Essential oil;Toxicity;Behavioral effects
Issue Date: 3-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: LOURENÇO, Adriano Mendes. Toxicidade e repelência do óleo essencial de negramina para lagarta do cartucho e lagarta da soja.2016.75f.Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2016.
Resumo: O uso recorrente de produtos químicos para o controle de Spodoptera frugiperda e Anticarsia gemmatalis tem levado a indução de populações resistentes, tornando-se necessário o uso de óleos essenciais como uma alternativa de controle. Dessa forma, o presente trabalho teve por objetivo avaliar a atividade inseticida e repelente do óleo essencial de Siparuna guianensis contra S. frugiperda e A. gemmatalis, bem como verificar os padrões comportamentais de caminhamento dessas pragas quando submetidas ao óleo essencial. De acordo com resultados obtidos, observou-se alta toxicidade do óleo essencial de S. guianensis para todos os estádios de S. frugiperda e A. gemmatalis, bem como percentuais de repelência de até 100% (18μL /900μL) para ambas as espécies. No teste de fagoinibição alimentar sem chance de escolha, houve uma redução drástica no consumo de 59 e 66% (300 μL/15mL) das folhas tratadas com o óleo essencial, em relação às folhas não tratadas, para larvas de 3o instar de S. frugiperda e A. gemmatalis respectivamente. Já nos testes com chance de escolha, observou-se a não-preferência das larvas pelas folhas tratadas com óleo essencial de S. guianensis. No teste inibitório de oviposição, houve uma redução drástica de 78 e 97% no número de posturas de S. frugiperda e A. gemmatalis, respectivamente, quando expostas ao óleo essencial. Os bioensaios comportamentais demonstraram que a atividade de grupo foi significativamente reduzida nas duas espécies após exposição à CL10 e CL50 de S. guianensis. Os bioensaios comportamentais demonstraram que a atividade de caminhamento, tanto em grupo quanto em larvas individualizadas, foi significativamente reduzida após exposição à CL50 de S. guianensis, evidenciando o efeito do óleo essencial sobre o comportamento locomotor das espécies em estudo. Em testes com chance de escolha, as larvas de ambas as espécies preferiram permanecer em áreas não tratadas, demonstrando o alto efeito repelente do óleo de S. guianensis. Dessa forma, os resultados apresentados neste trabalho mostram o potencial do óleo essencial de S. guianensis para o desenvolvimento de um método alternativo e eficaz para o controle natural de S. frugiperda e A. gemmatalis.
Abstract: The recurrent use of chemicals for the control of Spodoptera frugiperda and Anticarsia gemmatalis has led to induction of resistant populations, making it necessary to use essential oils as a control alternative. Thus, this study aimed to evaluate the insecticide and repellent activity of essential oil Siparuna guianensis against S. frugiperda and A. gemmatalis and check the traversal of behavioral patterns of these pests when subjected to the essential oil. According to results obtained, we observed high toxicity of the essential oil of S. guianensis for all stages of S. frugiperda and A. gemmatalis and percentage of repellency of up to 100% (18μL / 900μL) for both species. In the test food fagoinibição no choice, there was a drastic reduction in consumption of 59 and 66% (300 uL / 15mL) leaves treated with the essential oil, compared to untreated leaves for larvae of third instar S. frugiperda and A. gemmatalis respectively. Already in test free choice, it was observed the non-preference of the larvae through the leaves treated with essential oil of S. guianensis. The inhibitory test oviposition, there was a drastic reduction of 78 and 97% in the number of eggs of S. frugiperda and A. gemmatalis, respectively, when exposed to the essential oil. Behavioral bioassays showed that gang activity was significantly reduced in both species after exposure to CL50 S. guianensis. Behavioral bioassays showed that pathway activity, both in group and in individual larvae was significantly reduced after exposure to CL50 S. guianensis, showing the effect of the essential oil on the locomotor behavior of the species under study. In tests with free choice, the larvae of both species preferred to remain in untreated areas, demonstrating the high repellent effect of S. guianensis oil. Thus, the results presented here show the essential oil of S. guianensis potential for the development of an alternative and effective method for natural control of S. frugiperda and A. gemmatalis.
URI: http://hdl.handle.net/11612/419
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriano Mendes Lourenço - Dissertação.pdf2.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.