Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/413
Author: Rodrigues, Úria Graziela Barroso de Souza
Advisor: Lolis, Solange de Fátima
Title: Macrófitas aquáticas na área de transição entre o rio Areias e o reservatório da Usina Hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães - Tocantins: cobertura, biomassa e macroinvertebrados associados
Keywords: Composição de espécies;Estabilidade;Frequência;Grupos ecológicos;Variáveis abióticas;Species composition;Stability;Frequency;Ecological groups;Abiotic variables
Issue Date: 16-Mar-2017
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Ecótonos - PPGEE
Citation: RODRIGUES, Úria Graziela Barroso de Souza. Macrófitas aquáticas na área de transição entre o rio Areias e o reservatório da Usina Hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães - Tocantins: cobertura, biomassa e macroinvertebrados associados. 2017.44f. Dissertação (Mestrado Biodiversidade, Ecologia e Conservação) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade, Ecologia e Conservação, Porto Nacional, 2017.
Resumo: Os reservatórios são ambientes aquáticos lênticos de fácil colonização por macrófitas aquáticas, espécies determinantes na dinâmica estrutural de ecossistemas aquáticos. Foi realizada a cobertura e a variação sazonal da biomassa das espécies de macrófitas no trecho de transição entre o reservatório da Usina Hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães - Tocantins e o rio Areias, seu afluente, a fim de relacionar estas variáveis com fatores abióticos e o comportamento interespecífico desses vegetais. As coletas foram trimestrais, compreendendo janeiro a outubro de 2016, e demarcados 10 pontos amostrais com 3 repetições. Foram analisadas frequência absoluta, frequência relativa, cobertura relativa, similaridade de Bray-Curtis, biomassa e variáveis abióticas (precipitação pluviométrica, temperatura, oxigênio, transparência, profundidade e pH). Foram amostradas 10 espécies, distribuídas em seis famílias. As espécies mais frequentes foram Najas microcarpa, Oxycaryum cubense e as de maior biomassa foram Oxycaryum cubense e Eichhornia azurea. Salvinia auriculata foi mais frequente no período chuvoso. Os resultados discutidos mostraram que a riqueza (S=10) e a diversidade (H’=1,73) de macrófitas foram mais elevadas no período chuvoso, enquanto a biomassa foi mais elevada no período seco. Os resultados evidenciaram uma estabilidade do reservatório e predomínio de poucas espécies coexistindo no ambiente.
Abstract: The reservoirs are lentic aquatic environments of easy colonization by aquatic macrophytes, determining species in the structural dynamics of aquatic ecosystems. The cover and the seasonal variation of the biomass of macrophytes species were carried out in the transition stretch between the reservoir of the Luis Eduardo Magalhaes - Tocantins Hydroelectric Power Plant and the tributary river Areias, in order to relate these variables to abiotic factors and interspecific behavior of these vegetables. The collections were quarterly, comprising January to October 2016, and 10 sample points were marked with 3 replicates. Absolute frequency, relative frequency, relative coverage, Bray-Curtis similarity, biomass and abiotic variables (rainfall, temperature, oxygen, transparency, depth and pH) were analyzed. Ten species were sampled, distributed in six families. The most frequent species were Najas microcarpa, Oxycaryum cubense and those with the highest biomass were Oxycaryum cubense and Eichhornia azurea. Salvinia auriculata was more frequent in the rainy season. The results showed that the richness (S = 10) and the diversity (H '= 1.73) of macrophytes were higher in the rainy season, while the biomass was higher in the dry period. The results showed a stability of the reservoir and the predominance of few species coexisting in the environment.
URI: http://hdl.handle.net/11612/413
Appears in Collections:Mestrado em Biodiversidade, Ecologia e Conservação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Úria Graziela Barroso de Souza Rodrigues - Dissertação.pdf1.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.