Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/400
Author: Coelho, Izaaque Paulino
Advisor: Santos, Janete Silva dos
Title: Interpretação de questões textuais em livro didático de português do ensino fundamental II: a mediação do professor entre texto e aluno na produção de sentidos
Keywords: Ensino;Interpretação textual;Leitura;Livro didático de língua portuguesa;Education;Textual interpretation;Reading;Textbook Portuguese language
Issue Date: 28-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras - ProfLetras
Citation: COELHO, Izaaque Paulino. Interpretação de questões textuais em livro didático de português do ensino fundamental II: a mediação do professor entre texto e aluno na produção de sentidos. 2015.131f. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Letras, Araguaína, 2015.
Resumo: O presente trabalho examina o desempenho de alunos do ensino fundamental II de uma escola pública municipal em leitura e interpretação textual através de perguntas propostas pelo livro didático e em perguntas elaboradas por mim, enquanto professor-pesquisador e regente da sala. A pesquisa está inserida na área da Linguística Aplicada e discute, dentro de uma perspectiva sociointeracionista de linguagem baseada em Bakhtin, (1997a, 1997b) o exercício da produção de sentidos no texto. O trabalho de análise das questões de interpretação em livro didático de português e proposição de uma nova modalidade de questões interpretativas é desenvolvido, a partir das contribuições de Marcuschi (1996, 2008) e de Santos (2001). Contribuem também neste processo de (re) elaboração de questões os autores Kleiman (1999), Koch e Elias (2006) e Antunes (2010). Foi desenvolvido no âmbito da pesquisa-ação de acordo com Engel (2000) e Bortoni-Ricardo (2008) e de base quanti-qualitativa, conforme propõem Gomes e Araújo (2005) e Gatti, (2014). O processo investigativo em questão tomou como sujeito de pesquisa, uma turma de alunos do ensino fundamental II de uma escola pública municipal de Marabá, estado do Pará, no ano de 2014. Os instrumentos utilizados para a geração de dados foram, no primeiro momento, a proposta de leitura e interpretação de um texto extraída do livro didático adotado na escola investigada; e, em momento posterior, a releitura do texto seguida da interpretação de perguntas, desta feita, elaboradas por mim, enquanto professor-pesquisador e regente. A análise dos dados tornou evidentes os seguintes resultados: a) Apesar das frequentes reformulações pelas quais tem passado o livro didático, principalmente após o advento do PNLD e dos PCNs, como controladores da qualidade desse material, essa ferramenta ainda registra problemas de diversas ordens, o que exige do professor um trabalho de análise e reformulação de determinadas atividades; b) Os alunos têm se mantido mais aptos a responder questões do tipo que priorizam a localização e cópia de informação em detrimento de questões que exigem o uso de um raciocínio crítico-reflexivo para a (re) construção dos sentidos; c) O quadro atual do livro didático e o desempenho dos alunos nas atividades de interpretação exigem cada vez mais do professor uma postura mediadora, que estimule o debate, a reflexão e a interação em prol de uma satisfatória obtenção de resultados.
Abstract: This study was aimed at examining the performance of elementary school students II of a public school in reading and textual interpretation through questions proposed by the textbook and questions drawn up by me, as a teacher-researcher and conductor of the room. The research is inserted in the area of Applied Linguistics and discusses within an interactional social cognitive perspective language Bakhtin (1997a, 1997b) the idea of the creation of meaning in text. The analytical work of interpretation issues in textbook Portuguese and propose a new type of interpretative issues is developed from the contributions of Marcuschi (1996, 2008) and Santos (2001). They also contribute in this redesign process issues the authors Kleiman (1999), Koch and Elias (2006) and Antunes (2010). Developed within the framework of action research Engel (2000) and Bortoni-Ricardo (2008) based quantitative and qualitative Gomes and Araújo (2005) and Gatti (2014). The investigative process in question took as a research subject, a group of elementary school students II of a public school in Marabá state of Pará, in the year 2014. The instruments used for data collection were, at first, the proposal for reading and interpretation of a text extracted from the textbook adopted in school investigated; and, thereafter, re-reading the text then the interpretation of questions, this time drawn by me, as a teacher-researcher and conductor. Data analysis became apparent the following results: a) Despite frequent redesigns in which the textbook has passed, especially after the advent of PNLD and NCPs, as supervisors of the material quality, also highlight problems of different aspects, which It is requires the teacher a work of analysis and reformulation of certain activities; b) The students has remained more apt to answer questions that prioritize location and copy information to the detriment of issues that require the use of a critical and reflective thinking to the (re) construction of the senses; c) The current picture of the textbook and the performance of students in interpretation activities requires more teacher a mediating posture that stimulates debate reflection and interaction towards a satisfactory achievement of results.
URI: http://hdl.handle.net/11612/400
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Izaaque Paulino Coelho - Dissertação.pdf4.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.