Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/394
Author: Fernandes, Débora Araújo
Advisor: Almeida, Vasni de
Title: Os manuais de “História pátria regional” e as representações do ensino de História no Pará no início do século XX (1902-1926)
Keywords: Manual didático;Representação;Ensino de História;Escola primária;Identidade regional;Textbooks;Representation;History teaching;Elementary school;Regional identity
Issue Date: 24-Aug-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ensino de História - ProfHistória
Citation: FERNANDES, Débora Araújo. Os manuais de “História pátria regional” e as representações do ensino de História no Pará no início do século XX (1902-1926). 2016.103f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de História) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ensino de História, Araguaína, 2016.
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo analisar o ensino de História nas escolas primárias do Pará, nas primeiras décadas do século XX, considerando as representações veiculadas nos manuais didáticos Apostilas de História do Pará (1915), de Theodoro Braga, e Noções de História Pátria (1920), de Silvio Nascimento e Raymundo Proença, ambos produzidos por autores paraenses e utilizados nas instituições de ensino desse Estado. Por meio da pesquisa bibliográfica e documental, buscamos investigar a regionalização do ensino de História nas primeiras décadas do século XX e como os manuais analisados apresentaram a História nacional e os processos históricos regionais. O aporte teórico perpassa pelos estudos de Chervel (1990) acerca das disciplinas escolares, de Choppin (2004, 2009) e de Bittencourt (2008) sobre a produção e a utilização de manuais didáticos, travando um diálogo com o conceito de representação de Chartier (1990). Além desses autores, também são relevantes as considerações de Bourdieu (1989) sobre os mecanismos de construção da identidade regional. Com esta pesquisa, pudemos averiguar que a regionalização do ensino de História não é algo recente e que o ensino proposto nos dois manuais que analisamos tinha a pretensão de forjar uma identidade regional para os paraenses, ao mesmo tempo em que ajudava na construção da identidade nacional brasileira.
Abstract: This dissertation aims to analyze the teaching of History in elementary schools of Pará State, Brazil, in the first decades of the twentieth century, considering the representations produced by authors from Pará and conveyed in Apostilas de História do Pará (1915) by Theodoro Braga, and Noções de História Pátria (1920) by Sílvio Nascimento and Raymundo Proença textbooks, and used in educational institutions of this State. Using documentary and bibliographical research, the regionalization of history teaching in the first decades of the twentieth century was explored, analyzing how the textbooks presented the national history and regional historical processes. The theoretical approach permeates the study of Chervel (1990) about the school subjects of Choppin (2004, 2009) and of Bittencourt (2008) on the production and use of textbooks, promoting a dialogue with the representation concept of Chartier (1990). In addition to these authors, considerations of Bourdieu (1989) are also relevant on the construction of mechanisms of regional identity. With this research, it could be verified that the regionalization of history teaching is not something new and that teaching proposed in the two analyzed textbooks was meant to forge a regional identity for Pará population, at the same time that helped in the construction of Brazilian national identity.
URI: http://hdl.handle.net/11612/394
Appears in Collections:Mestrado em Ensino de História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Débora Araújo Fernandes - Dissertação.pdf2.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.