Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/388
Author: Rêgo, Andreia Brandão de Melo Lopes
Advisor: Silva, Rubens Ribeiro da
Title: Qualidade de mudas de copaifera langsdorffii cultivadas em substratos alternativos em função da adubação complementar, fontes e métodos de aplicação de ácidos húmicos
Keywords: Desenvolvimento inicial;Compostos orgânicos;Qualidade de mudas;Initial development;Organic compounds;Quality seedlings
Issue Date: 25-Nov-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais - PPGCFA
Citation: RÊGO, Andreia Brandão de Melo Lopes. Qualidade de mudas de copaifera langsdorffii cultivadas em substratos alternativos em função da adubação complementar, fontes e métodos de aplicação de ácidos húmicos. 2016.49f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais, Gurupi, 2016.
Resumo: O crescimento inicial lento em espécies florestais nativas é um dos principais problemas enfrentados no setor de produção de mudas. Em face disso, é importante a definição de protocolos e estratégias que favoreçam a produção de mudas com qualidade, que apresentem elevadas taxas de crescimento inicial e de sobrevivência após o plantio, em menor espaço de tempo e condições acessíveis aos pequenos e médios produtores rurais, haja vista ser esse o público mais interessado neste tipo de insumo. Este trabalho objetivou avaliar a produção de mudas de Copaifera langsdorffi em função da adubação mineral complementar em diferentes substratos orgânicos alternativos e de fontes e métodos de aplicação de ácidos húmicos. O experimento foi dividido em duas fases, sendo a primeira desenvolvida no viveiro de pesquisa em produção de mudas florestais da Universidade Federal do Tocantins – UFT, Campus Gurupi. O primeiro experimento foi instalado em delineamento de blocos casualizados, sob cobertura do tipo sombrite com 50% de retenção da luminosidade, em esquema fatorial 2x12, com 10 repetições. Na composição dos substratos foi usado Húmus de Minhoca (HM), Casca de Arroz Pré-carbonizada (CAPc), Substrato Comercial (SC) e Terra de Subsolo (TS) com utilização ou não de adubação suplementar. O substrato constituído por Húmus de Minhoca (50%) e terra de subsolo (50%) na ausência de adubação proporciona melhoria na morfologia das mudas quanto a massa seca da parte aérea, massa seca das raízes e o maior índice de qualidade de mudas. Os substratos com 75% de substância comercial e 25% de terra de subsolo e 100% de substrato comercial não requerem a suplementação da fertilidade com adubação para promover a melhoria no índice de qualidade de mudas. O substrato em composição de 50% de húmus de minhoca e 50% de terra do subsolo sem o uso da adubação proporcionou melhor índice de qualidade de muda. O segundo experimento foi implantado e desenvolvido em viveiro de produção de mudas florestais sob cobertura do tipo sombrite com 50% de retenção da luminosidade, localizado no município de Dianópolis estado do Tocantins. O delineamento experimental empregado foi inteiramente casualizado, com cinco repetições. Os tratamentos foram em função de métodos de aplicação pelas fontes de ácidos húmicos, o produto comercial - Fertiactyl® e ácidos húmicos obtido de compostos orgânicos alternativos (ácido húmico alternativo - AHA). Mudas que não recebem aplicação de ácido húmico apresentam maior incremento no comprimento radicular, porém menor massa seca de raiz quando comparadas a mudas que recebem aplicação de ácidos húmicos. O maior índice de qualidade de mudas ocorre quando o ácido húmico comercial é aplicado via foliar, enquanto o menor índice acontece quando não utiliza ácidos húmicos. Assim, o uso de compostos orgânicos, seja na composição do substrato e/ou na aplicação de ácidos húmicos promove melhoria no desenvolvimento das mudas de Copaifera langsdorffi.
Abstract: Slow initial growth in native forest species is one of the main problems faced in the seedling production sector. In this regard, it is important to define protocols and strategies that favor the production of quality seedlings that present high rates of initial growth and survival after planting in a shorter time and conditions accessible to small and medium-sized rural producers, As this is the most interested public in this type of input. This work aimed to evaluate the production of Copaifera langsdorffi seedlings as a function of complementary mineral fertilization in different organic substrates and sources and methods of humic acid application. The experiment was divided into two phases, the first one being developed at the research nursery in the production of forest seedlings at the Federal University of Tocantins - UFT, Campus Gurupi. The first experiment was installed in a randomized complete block design with a 50% luminosity retention, in a 2x12 factorial scheme, with 10 repetitions. In the composition of the substrates was used Worm Humus (HM), Pre-carbonized Rice Peel (CAPc), Commercial Substrate (SC) and Subsoil Land (TS) with or without additional fertilization. The substrate composed of Worm Humus (50%) and subsoil soil (50%) in the absence of fertilization provides an improvement in the morphology of the seedlings as dry shoot mass, dry mass of the roots and the highest quality index of seedlings. Substrates with 75% commercial substance and 25% subsoil and 100% commercial substrate do not require fertility supplementation with fertilization to promote improvement in seed quality index. Substrate composition of 50% earthworm humus and 50% subsoil soil without the use of fertilization provided a better molt quality index. The second experiment was implemented and developed in nursery for the production of forest shrubs under cover of the sombrite type with 50% retention of luminosity, located in the municipality of Dianópolis state of Tocantins. The experimental design was completely randomized, with five replications. The treatments were based on methods of application by the sources of humic substances, the commercial product - Fertiactyl ® and humic acids obtained from alternative organic compounds (alternative humic acid - AHA). Saplings that do not receive humic acid application present a greater increase in root length, but lower dry root mass when compared to seedlings receiving humic substances. The highest quality index of seedlings occurs when commercial humic acid is applied via foliar, while the lowest index occurs when it does not use humic substances. Thus, the use of organic compounds, either in the substrate composition and / or the application of humic acids promotes improvement in the development of Copaifera langsdorffi seedlings.
URI: http://hdl.handle.net/11612/388
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andreia Brandão de Melo Lopes Rêgo - Dissertação.pdf1.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.