Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/386
Author: Braga Júnior, Gaspar Moreira
Advisor: Chagas Junior, Aloisio Freitas
Title: Eficiência de Bacillus subtilis no biocontrole de fitopatógenos e promotor de crescimento vegetal
Keywords: Biocontrole;Promotor de crescimento vegetal;Rizobactéria;Produtividade;Biocontrol;Promoter growth plant;Rizobacteria;Productivity
Issue Date: 31-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: BRAGA JÚNIOR, Gaspar Moreira. Eficiência de Bacillus subtilis no biocontrole de fitopatógenos e promotor de crescimento vegetal.2015.87f.Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2015.
Resumo: As rizobacterias promotoras do crescimento de plantas (RBCP) colonizam as raízes de plantas e induzem um aumento no crescimento vegetal por diversos mecanismos. A rizobacteria Bacillus subtilis é capaz de atuar como agente de controle de doenças de várias plantas cultivadas, como também promotor de crescimento vegetal. Diante disso, este trabalho teve como objetivos, nos quatro capítulos apresentados, de avaliar o crescimento micelial de patógenos, com a capacidade dos isolados de B. subtilis em inibir esses patógenos; avaliar a capacidade dos isolados de B. subtilis, inoculados em solo adubado com fosfato natural e sem adubação, em disponibilizar P e no crescimento da soja e feijão caupi em condições de casa de vegetação; avaliar a eficiência da inoculação de B. subtilis como promotor de crescimento vegetal na cultura do milho, em casa de vegetação; e avaliar a eficiência da inoculação de B. subtilis no desempenho agronômico da soja em condições de campo em duas localidades. Foram testados sete isolados de B. subtilis contra os patógenos Fusarium subglutinans, Curvularia lunata e Bipolaris spp., avaliando a capacidade de controle biológico in vitro. Na avaliação da capacidade de inibição do crescimento dos patógenos utilizando quatro métodos os isolados de B. subilis UFTBs 03, UFTBs 05, UFTBs 06, UFTBs 07 foram eficazes. Os isolados UFTBs 01, UFTBs 03, UFTBs 04, UFTBs 05, UFTBs 06 e UFTBs 07 foram capazes de inibir o crescimento micelial dos patógenos testados por metabólitos termoestáveis, sendo a antibiose seu principal mecanismo de ação. Quanto à eficiência da inoculação de B. subtilis em soja e feijão caupi com adubação de fosfato natural e sem adubação, em casa de vegetação, utilizando sete isolados e um MIX, observou-se que a maioria dos tratamentos onde recebeu a inoculação de B. subtilis proporcionou o crescimento da cultura da soja e do feijão caupi, também a maioria do isolados testados proporcionaram um maior teor de P disponível no solo e na parte aérea das plantas, tanto em solo suplementado com fosfato natural como também em solo sem adubação, em ambas as culturas. Em casa de vegetação testando inoculante de B. subitilis, composto por três cepas (UFTBs 01, UFTBs 02, UFTBs 03), em milho, mostrou que sementes de milho inoculadas com B. subtilis resultaram em plantas com maior acúmulo de biomassa, em estádio inicial de crescimento. No experimento de campo, onde foi testado inoculante de B. subtilis, composto por três cepas (UFTBs 01, UFTBs 02, UFTBs 03), na cultura da soja em duas localidades na safra 2013/1014, a inoculação com B. subtilis proporcionou aumento da biomassa e produtividade da soja nas duas regiões onde foram avaliadas. Os resultados do presente trabalho comprovam a eficiência de B. subtilis nativos, isolados de solos do Tocantins, no controle biológico de fitopatogênos, bem como a capacidade como promotores de crescimento de feijão caupi, milho e soja, e aumento de produtividade da cultura da soja.
Abstract: The rhizobacteria promote plant growth (RBCP) colonize roots of plants and induce an increase in plant crecimento by different mechanisms. The rizobacteria Bacillus subtilis is able to act as a control agent of several cultivated plant diseases, as well as plant growth promoter. Thus, this study aimed to the four chapters presented, to evaluate the mycelial growth of pathogens such as the ability of isolates of B. subtilis to inhibit these pathogens; evaluate the effect of isolates of B. subtilis inoculated in soil fertilized with rock phosphate and without fertilization, as its ability to provide P, the growth of soybean and cowpea at home conditions of vegetation; evaluate the efficiency of B. subtilis inoculation as plant growth promoter in corn in a greenhouse; and evaluate the efficiency of inoculation of B. subtilis the agronomic performance of soybeans under field conditions in two locations. They tested seven isolates of B. subtilis pathogens Fusarium subglutinans, Curvularia lunata and Bipolaris spp., assessing the biological control capacity in vitro. In the evaluation of growth inhibition ability of the pathogens using four methods isolates of B. subilis UFTBs 03, UFTBs 05, UFTBs 06, UFTBs 07 were effective. Isolated UFTBs 01, UFTBs 03, UFTBs 04, UFTBs 05, UFTBs 06 and 07 UFTBs were able to inhibit the mycelial growth of the pathogens tested by thermostable metabolites, antibiose being its main mechanism of action. As the efficiency of inoculation of B. subtilis in soybean and cowpea with natural phosphate fertilizer and no fertilization in a greenhouse, using seven isolates and MIX, it was observed that most of the treatments which received inoculation of B. subtilis provided the growth of soybean and cowpea, also most of the isolates tested provided a higher P content available in soil and shoots of plants, both in soil supplemented with rock phosphate as well as in soil fertilization in both cultures. In greenhouse testing inoculant B. subitilis, composed of three strains (UFTBs 01, UFTBs 02, UFTBs 03) in corn, showed that maize seed inoculated with B. subtilis resulted in plants with higher biomass accumulation in stadium initial growth. In the field trial, where he was tested inoculant B. subtilis, composed of three strains (UFTBs 01, UFTBs 02, UFTBs 03) in soybean at two sites in the harvest 2013/1014, inoculation with B. subtilis gave rise biomass and soybean yield in the two regions where they were evaluated. The results of this study demonstrated the efficacy of B. subtilis native isolated from the Tocantins soil, the biological control of plant pathogens, as well as the capacity and bean growth promoters cowpea, corn and soybeans, and increased the soybean yield.
URI: http://hdl.handle.net/11612/386
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gaspar Moreira Braga Junior - Dissertação.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.