Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/385
Author: Queiroz, Ananias Pinto de
Advisor: Aguiar, Raimundo Wagner de Souza
Title: Tripes (Thysanoptera: Thripidae): identificação de espécies e vírus associado à cultura da melancia
Keywords: Citrullus lanatus;Thysanoptera;Groundnut ringspot virus (GRSV);Tospovirus
Issue Date: 28-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: QUEIROZ, Ananias Pinto de. Tripes (Thysanoptera: Thripidae): identificação de espécies e vírus associado à cultura da melancia.2015.98f.Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2015.
Resumo: A melancia [Citrullus lanatus (Thunb.) Matsum & Nakai] é originária da África Central, e bastante cultivada por todo o mundo. No ano de 2012, a produção mundial dessa fruta foi 105.372.341 milhões de toneladas, enquanto que o Brasil produziu 2.079.547 milhões toneladas. A cultura da melancia é de suma importância econômica para o estado do Tocantins, com rendimentos no ano de 2013 de 98,5 milhões de reais. A melancia é susceptível à ação de patógenos, sendo as doenças virais de maior relevância. Os vírus do gênero Tospovirus, transmitidos exclusivamente por tripes vetores em diversas culturas, têm causados prejuízos de bilhões de dólares em custos de controle. Os tripes são encontrados em todas as regiões do Brasil, com altas infestações em cultivos de melancia, podendo causar danos diretos e/ou indiretos. Neste trabalho foram coletados espécimes de tripes nos municípios produtores de melancia do estado do Tocantins: Gurupi, Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão e Porto Nacional. A identificação dos caracteres morfológicos dos tripes foi realizada utilizando chave taxonômica apropriada com alterações para identificação das espécies. Parte dos insetos coletados foi realizada a extração de RNA total. Posteriormente, foi sequenciado o extraído com tecnologia de sequenciamento de nova geração (NGS). Foram identificadas três espécies de tripes nos quatro municípios produtores, F. schultzei, F. tritici e F. insularis, com predominância de infestação da espécie F. schultzei. Sendo esta a única entre as identificadas, que é considerada vetor de Tospovirus. Foi identificado nas amostras de tripes, o vírus Groundnut ringspot virus (GRSV), o qual é eficientemente transmitido por F. schultzei. Entre as espécies de tripes identificadas, F. tritici e F. insularis, são registradas pela primeira vez em cultivos comerciais de melancia no Brasil. F. schultzei, é a única com relatos de danos diretos e indiretos causados em plantas de melancia, podendo ser considerada praga potencial à cultura, devido o alto nível populacional encontrado e por dificuldades no controle do tripes.
Abstract: The Watermelon [Citrullus lanatus (Thunb.) Matsum & Nakai] is originally from Central Africa, and cultivated worldwide. In 2012, the world production of this fruit was 105.372.341 million tons, while Brazil produced 2.079.547 million tons. The watermelon cropping is of paramount economic importance to the state of Tocantins, with revenues of 98.5 million, in 2013. Watermelon is susceptible to the action of microorganisms, and viral diseases presents most relevance. The Tospovirus genus, transmitted exclusively by thrips vectors in diverse crops, have caused losses of billions of dollars in cost control. Thrips are found in all regions of Brazil, with high infestations in watermelon crops, and may cause direct and/or indirect damages. In this work, it was collected thrips specimens from watermelon producers of municipalities in the state of Tocantins: Gurupi, Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão and Porto Nacional. The thrips identification of morphological characters was performed using appropriate taxonomic key with changes to species identification. In part of the collected insects, the total RNA extraction was performed. The extracted was subsequently sequenced with next-generation sequencing technology (NGS). Three species of thrips were identified in the four producing municipalities, F. schultzei, F. tritici, and F. insularis, with predominance of F. schultzei. Among the identified species, only F. schultzei is considered a vector of Tospovirus. In thrips samples it was identified the virus Groundnut ringspot virus (GRSV), which is efficiently transmitted by F. schultzei. Among the species of thrips identified, F. tritici and F. insularis, are registered for the first time in watermelon commercial crops in Brazil. F. schultzei is the only one with reports of direct and indirect damage to watermelon plants and may be considered as a potential plague due the high population level found and difficulties in controlling it.
URI: http://hdl.handle.net/11612/385
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ananias Pinto de Queiroz - Dissertação.pdf4.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.