Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/384
Author: Santos, Patrícia Resplandes Rocha dos
Advisor: Santos, Gil Rodrigues dos
Title: Patogenicidade de fungos associados à sementes de andropogon e caracterização morfológica e molecular de Curvularia lunata
Keywords: Andropogon L.;Curvularia lunata;Diagnose molecular;Forrageiras tropicais;Patologia de sementes;Molecular diagnosis;Tropical forages;Seeds pathology
Issue Date: 20-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: SANTOS, Patrícia Resplandes Rocha dos. Patogenicidade de fungos associados à sementes de andropogon e caracterização morfológica e molecular de Curvularia lunata.2016.125f.Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2016.
Resumo: O Andropogon L. é uma gramínea forrageira, amplamente distribuída em áreas de Cerrado e com períodos de seca prolongada. Apresenta características de ser denso com grandes touceiras e com inflorescência plumosa, tendo uma elevada capacidade na disseminação de suas sementes. Por sua vez, as sementes são consideradas principais fontes de abrigo e transporte de agentes patogênicos para áreas livres de doenças. No Tocantins, não há registros de trabalhos que relacionem a incidência de fungos em sementes de Andropogon como causadores de doenças em culturas de importância agrícola. Da mesma forma, não há pesquisas sobre o transporte, transmissibilidade e patogenicidade de fungos associados à suas sementes. O trabalho objetivou avaliar a qualidade sanitária de sementes do Andropogon, a transmissão de fungos via semente-plântula e a patogenicidade à plantas de outras espécies de importância agrícola, e também realizar a caracterização morfológica e molecular de Curvularia sp. isolados de sementes de Andropogon. Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Pesquisa em Fitopatologia, Laboratório de Controle Biológico de Doenças e Casa de Vegetação da Universidade Federal do Tocantins. No capítulo 1, utilizou-se o método blotter test para a avaliação da sanidade das sementes com e sem desinfestação. A incidência dos fungos foi avaliada a partir da análise individual das sementes com auxílio de microscópio estereoscópico e ótico. A germinação das sementes foi avaliada após 10 dias de instalação do teste, juntamente com a identificação de fungos associados às sementes não germinadas. Para os fungos detectados na análise sanitária avaliou-se a capacidade de transmissão via semente-plântula. A patogenicidade dos fungos oriundos das sementes de Andropogon foi avaliada por meio da inoculação na própria planta e também foi avaliada a capacidade destes fungos em infectar outras plantas de interesse econômico. No capítulo 2, a identificação morfológica foi realizada a partir de observações macro e micromorfológicas utilizando-se como base as características descritas na literatura quanto ao aspecto da colônia e conídios de Curvularia sp. A caracterização molecular foi realizada a partir da extração do DNA, amplificação e sequenciamento da região do gene Clg2p. A transmissão foi avaliada a partir da semeadura de sementes sem tratamento com fungicidas, onde ao final de 40 dias observou-se sintomas típicos de mancha foliar de Curvularia. A patogenicidade foi avaliada a partir da inoculação de suspensão de conídios de Curvularia sp. nas folhas de plantas sadias, observando ao final de 10 dias, se houve sintomas do patógeno. Foram identificados e quantificados nas sementes de Andropogon L. fungos dos gêneros Alternaria sp., Bipolaris sp., Curvularia sp., Fusarium sp., Phoma sp., Aspergillus sp., Cladosporium sp., Penicillium sp. e Rhizopus sp. A realização da desinfestação das sementes reduziu os fungos presentes nas sementes. O fungo Curvularia sp. foi transmitido das sementes para as plantas de Andropogon. As sementes de Andropogon L. transportaram e disseminaram fungos que uma vez inoculados causaram infecção na própria planta e em outras culturas de importância econômica, tais como: arroz, feijão-caupi, melancia, melão, milho, sorgo e aos capins marandu, mombaça, piatã e quicuia. Baseado em marcadores morfológicos e moleculares, o fungo identificado com elevada incidência associado às sementes de Andropogon coletadas em diferentes regiões produtoras agrícolas, trata-se de Curvularia lunata. C. lunata é transmitido para as plantas de Andropogon via semente, sendo patogênico a esta espécie de gramínea forrageira, causando manchas necróticas foliares.
Abstract: Andropogon L. is a forage grass, widely distributed in Cerrado areas and with prolonged drought periods. It presents dense characteristics with large clumps and with plumose inflorescence, with high capacity in the seeds dissemination. In turn, seeds are considered the main sources of shelter and transport of pathogens to disease-free areas. In Tocantins, there are no studies records relate the fungi incidence in Andropogon grass seeds as diseases cause in agricultural importance crops. Likewise, there is no research about the transport, transmissibility and pathogenicity of fungi associated with their seeds. The work aim was evaluate the sanitary quality of Andropogon grass seeds, the fungi transmission by seed-seedlings and the fungis pathogenicity to other species plants of agricultural importance, and also perform the Curvularia sp. morphological and molecular characterization, isolated from Andropogon grass seeds. The experiments were conducted at the Phytopathology Research Laboratory, Biologic Control of Disease Laboratory and green house of Tocantins Federal University. In chapter 1, the blotter test method was used to evaluate seed health with and without disinfestation. The fungi incidence was evaluated from seeds individual analysis using stereoscopic and optical microscope. The seeds germination was evaluated after 10 days after test installation, together with the fungi identification associated with non-germinated seeds. For the detected fungus in the sanitary analysis was evaluated the transmission capacity of seed-seedling. The fungi pathogenicity from the Andropogon seeds grass was evaluated by inoculation in the plant itself and was also evaluated the ability of these fungi to infect other plants of economic interest. In chapter 2, the morphological identification was performed from macro and micromorphological observations using as basis the characteristics described in literature regarding the aspect of the colony and conidia of Curvularia sp. Molecular characterization was performed from DNA extraction, amplification and sequencing gene Clg2p region. Transmission was evaluated from seed sowing whitout treatment with fungicides, where at the end of 40 days typical leaf spot symptoms of Curvularia. The pathogenicity was evaluated from the inoculation of conidia suspension on leaves of healthy plants, observing at the end 10 days, if there were symptoms of the pathogen. Were identified and quantified in the seeds of Andropogon L. fungi of the genera Alternaria sp., Bipolaris sp., Curvularia sp., Fusarium sp., Phoma sp., Aspergillus sp., Cladosporium sp., Penicillium sp. and Rhizopus sp. The seed disinfestation reduced the fungi present in the seeds. The fungus Curvularia sp. it was transmitted seed to Andropogon plant. Andropogon L. seeds carried and spread fungi the once inoculated caused infection in the plant itself and other economically important crops, such as rice, cowpea, watermelon, melon, corn, sorghum and grasses marandu, mombaça, piatã and quicuia. Based on morphological and molecular markers, the fungus identified with high incidence associated with Andropogon seeds collected in different agricultural producing regions, is Curvularia lunata. C. lunata is transmitted to plants of Andropogon by seed, being pathogenic to this species of forage grass, causing foliar necrotic spots.
URI: http://hdl.handle.net/11612/384
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Patrícia Resplandes Rocha dos Santos - Dissertação.pdf1.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.