Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/374
Author: Nascimento, Mariela Otoni do
Advisor: Souza, Danival José de
Title: Interação entre fungos de solos e a formiga-cortadeira Atta sexdens (Linnaeus, 1758)
Keywords: Controle microbiano;Antagonismo e Leucoagaricus gongylophorus;Microbial control;antagonism and Leucoagaricus gongylophorus
Issue Date: 30-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: NASCIMENTO, Mariela Otoni do. Interação entre fungos de solos e a formiga-cortadeira Atta sexdens (Linnaeus, 1758). 2015.54f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2015.
Resumo: As formigas-cortadeiras (Hymenoptera: Formicidae), gêneros Atta e Acromyrmex, são as pragas mais importantes da silvicultura, encontradas exclusivamente nas Américas. Sua importância econômica se deve ao seu hábito alimentar de cortar material vegetal fresco – sendo algumas importantes espécies cultivadas - que serve de substrato para o fungo simbionte mutualista Leucoagaricus gongylophorus (Basidiomycota: Agaricales) o qual é cultivado em câmaras subterrâneas. As fêmeas fecundadas são responsáveis pela fundação de uma nova colônia e sofrem influência direta de microrganismos presentes no solo, assim existem evidências que fêmeas de Atta spp. recém-fecundadas evitam solos férteis, com alta carga microbiana e mesmo as áreas de matas para fundação dos seus ninhos. Os fungos entomopatogênicos e fungos antagonistas de L. gongylophorus, presentes naturalmente no solo, podem ser usados no controle biológico de formigas-cortadeiras. Os objetivos deste trabalho foram avaliar em laboratório o desenvolvendo de colônias jovens de Atta sexdens em contato com solos de área de mata e de área desnuda, realizar a bioprospecção de isolados de fungos antagonistas de L. gongylophorus (Trichoderma spp.), em solos da região de Gurupi - TO, e testar o efeito antagônico desses fungos contra L. gongylophorus. Após 106 dias da revoada, as operárias de A. sexdens das 36 colônias, logo que iniciado o experimento, removeram o solo em todos os tratamentos, e esse comportamento favoreceu a sobrevivência das colônias, apresentando uma taxa de sobrevivência de 91,67% durante as 13 semanas. Verificou-se que, após as colônias terem passado pelo período crítico de fundação, o tipo de solo parece exercer pouca influência na sobrevivência das operárias e das colônias. O solo de área de mata apresenta maior quantidade e diversidade de fungos filamentosos que o solo de área desnuda; A utilização de Tenebrio molitor como isca-viva é eficiente para bioprospecção por fungos entomopatogênicos. Todos os isolados de Trichoderma foram capazes de inibir o crescimento in vitro de L. gongylophorus; Trichoderma spirale isolado 2 apresentou crescimento micelial lento em placa de Petri e inibição contra L. gongylophorus, podendo este ser um isolado promissor em testes em campo.
Abstract: The leaf-cutting ants (Hymenoptera: Formicidae), Atta and Acromyrmex genera, are the most important forest pests. They are found exclusively in Americas. Its economic importance is due to behavior to cut fresh plant material that serves as a substrate for the mutualistic symbiotic fungus Leucoagaricus gongylophorus (Basidiomycota: Agaricales) that are grown in underground chambers. Fertilized females are responsible for the founding of a new colony and they suffer direct influence of soil microorganisms. Therefore, newly fertilized females of Atta spp. should avoid fertile soils with high microbial load and even forested areas to found their nests. Entomopathogenic fungi and antagonists of L. gongylophorus are naturally present in the soil and they could be used in biological control of leaf-cutting ants. The objectives of this study were to evaluate and to compare the developing of young colonies of Atta sexdens in contact with soil from forested area and in contact with bare soils. Also, this and others procedures served to bioprospect antagonistic fungi of L. gongylophorus (Trichoderma spp.) from Gurupi region soil, and test the antagonistic effect of Trichoderma spp. against L. gongylophorus. In the first hours of start of experiments, Atta workers removed soil from colony recipients. This behavior could have favored colony survival, with a survival rate of 91,67 % during the 13 weeks. It was found that after the colonies have passed the critical period of foundation, the soil appears to exert little influence on the survival of workers and colonies. The soil from forested area had greater quantity and diversity of filamentous fungi than that from bare soil. The use of Tenebrio molitor as bait alive is efficient for bioprospecting by entomopathogenic fungi. All isolates of Trichoderma were able to inhibit in vitro growth of L. gongylophorus. Trichoderma spirale isolated 2 showed slow mycelial growth in Petri dish and strong level of inhibition against L. gongylophorus in vitro. So, this isolate is promising and should be tested in field.
URI: http://hdl.handle.net/11612/374
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mariela Otoni do Nascimento - Dissertação.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.