Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/371
Author: Sachet, Alynne Silva
Advisor: Souza, Danival José de
Title: O óleo de Nim afeta o sistema imune das formigas-cortadeiras?
Keywords: Azadiractina;Atta sexdens;Atta laevigata
Issue Date: 12-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: SACHET, Alynne Silva. O óleo de Nim afeta o sistema imune das formigas-cortadeiras? 2015.31f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2015.
Resumo: A agricultura é uma das atividades mais importante que exercemos e, no decorrer do tempo vem sofrendo mudanças sustentáveis, aquelas que amenizam os impactos ambientais dessa atividade. As saúvas são os principais insetos-praga dos cultivos florestais, uma vez que causam severos danos às plantas. Essas formigas podem causar a desfolha total, tanto de mudas como de plantas adultas, levando as plantas à morte, o ataque pode variar de acordo com a idade das plantas e os prejuízos causados também. Novos estudos estão sendo realizados para o uso de plantas com propriedades inseticidas no controle de formigas-cortadeiras e a espécie Azadirachta indica é uma das espécies mais estudadas da família Meliaceae, sendo que seus efeitos inseticidas foram comprovados em cerca de 400 espécies de insetos. Diversos métodos alternativos no controle de insetos-praga estão sendo avaliados, dentre eles, alguns agentes biológicos como o fungo entomopatogênico Metarhizium anisopliae. O reconhecimento da presença de um organismo invasor é fundamental para o sistema imunológico de qualquer individuo por isso após a invasão de algum patógeno, os hemócitos que circulam livremente na hemolinfa migram para o local da infecção, fagocitam e destroem os invasores. Baseando-se nesses princípios da imunologia das formigas-cortadeiras e no fato de que algumas plantas possuem compostos secundários com ação toxica contra alguns insetos, buscou-se estudar as propriedades do óleo de nim contra formigas-cortadeiras e avaliar a patogenicidade do fungo Metarhizium anisopliae quando aplicado juntamente com óleo de nim. Na metodologia utilizada, foi aplicado de óleo de nim ou 1 μl de óleo de soja, dependendo do tratamento, no dorso mais 1μl no aparelho bucal de cada formiga operária das espécies Atta sexdens e Atta laevigata, com exceção do controle onde nada foi aplicado. Em seguida, foram aplicados 2 μl de uma suspensão de Metarhizium anisopliae na concentração de 107 conídios mL-1. O óleo de nim provocou mortalidade significativa de operárias de Atta laevigata. No entanto, a sua associação com um fungo entomopatogênico não influenciou os resultados, pois a mortalidade desse tratamento não diferiu estatisticamente do tratamento realizado apenas com óleo de soja. Em Atta sexdens a associação com o fungo foi necessária para que o resultado fosse estatisticamente diferente do grupo controle, isto é, o tratamento com óleo de nim puro mais o fungo apresentou diferença estatística significativa comparado aos demais tratamentos. A substância azadiractina, presente no óleo de nim, deve ser melhor estudada a fim de se verificar seus efeitos imunossupressores em outras espécies de formigas-cortadeiras, sua ação fungicida, bem como sua influência em outros aspectos fisiológicos desses insetos pragas.
Abstract: Agriculture is one of the most important human activities and it has undergone sustainable changes over time. Recently, measures have been taken in order to mitigate the environmental impacts of this activity. Leaf-cutting ants are the main insect pests of forest crops, since they cause severe damage to plants. These ants can cause total defoliation, both in seedlings and in adult plants, causing death of the plants. Damages vary according to the age of the plants. Studies are being conducted to use insecticides derived of plants in leaf-cutting ant’s control. Azadirachta indica is one of the most studied species of Meliaceae family and its insecticides properties have been demonstrated in about 400 species of insects of different orders. Furthermore, several alternative methods to control insect are being evaluated, including some biological agents such as entomopathogenic fungi. In this sense, Metarhizium anisopliae is one of the most promising species. Recognition of the presence of an invading organism is critical to the immune system of any individual. So, after pathogen invasion, hemocytes freely circulating in the hemolymph migrate to the site of infection, phagocyte and destroy invaders. Here, it was applied neem 1 ul of oil or soybean oil, depending on the treatment, on the back and 1μl in the mouthparts of each ant, with the exception of control where nothing was applied. Subsequently, it was prepared a fungal suspension of Metarhizium anisopliae at a concentration of 107 conidia ml-1, which was applied to the dorsum of each worker (2 μl). Neem oil caused significant mortality of Atta laevigata worker; its association with entomopathogenic fungus did not influence the results because the treatments with only oil produced the same results. In Atta sexdens, the association of neem oil with M. anisopliae, produced significant mortality when compared to other treatments. The effects of neem oil vary according to insect species. Azadirachtin should be further studied in order to verify their immunosuppressive effects in other species of leaf-cutting ants, their fungicidal action and their influence on other physiological processes of these insect pests.
URI: http://hdl.handle.net/11612/371
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alynne Silva Sachet - Dissertação.pdf939.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.