Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/332
Author: Santos, Daniel Araujo Ramos dos
Advisor: Morais, Drª. Fernando de
Title: A rede de drenagem e seu significado geomorfológico: anomalias de drenagens e tectônica recente na bacia do rio Formoso, Tocantins
Keywords: Bacia hidrográfica;Neotectônica;Morfotectônica;Geoprocessamento e análise morfométrica.
Issue Date: 25-Apr-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Geografia - PPGG
Citation: SANTOS, Daniel Araújo Ramos dos. A rede de drenagem e seu significado geomorfológico: anomalias de drenagens e tectônica recente na bacia do rio Formoso, Tocantins. 2016. 157f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Porto Nacional, 2016.
Resumo: O presente trabalho buscou identificar as anomalias de drenagem na bacia hidrográfica do rio Formoso como evidências geomorfológicas de ação tectônica no médio Araguaia. A área de estudo localiza-se na porção sudoeste do estado do Tocantins, estabelecida sobre complexos granulíticos, faixas móveis, e coberturas sedimentares. Para a realização do estudo, fez-se o uso do Geoprocessamento, no armazenamento, tratamento, classificações e análises comparativas e correlativas. A partir da interpretação de imagens de satélite, foi feito a vetorização da rede de drenagem e divisores de águas das bacias e sub-bacias, e a compartimentação regional do relevo via Processamento Digital de Imagens (PDI) com dados do TOPODATA, e a mensuração dos componentes hidrográficos e geomorfológicos. A área de estudo foi segmentada em 36 sub-bacias hidrográficas, com sistemas superiores à 5ª ordem. Os dados levantados indicam que este sistema é de 8ª ordem e que possui uma área de 21.593 km² e uma rede de drenagem com 20.628 km de canais. A classificação do relevo apontou quatro morfoesculturas e onze unidades morfológicas. Foram aplicados os índices morfométricos de Densidade de drenagem (Dd), Densidade hidrográfica (Dh) e Sinuosidade (Is), e os índices geomórficos Fator de Assimetria da Bacia de Drenagem (FABD) e o Fator de Simetria Topográfica Transversal (FSTT). A correlação de Da e Dh indicou uma forte correlação linear entre os índices, onde a densidade de drenagem de toda a bacia é predominante mediana (0,5-1,5 km/km²), com densidade hidrográfica de 0,5 canais/km², que foi considerada muito baixa, o que indica dificuldade de renovação da rede fluvial. Os índices geomórficos apontaram que a bacia hidrográfica do rio Formoso possui 76% de sua área à direita do canal principal (Leste), área que apresenta relevos suavemente ondulados e fortemente ondulados. A aplicação dos índices por sub-bacias revelou forte grau de assimetria dos ribeirões de 5ª ordem Grota da Mata e Água Verde, localizados no baixo curso. Os dados estruturais apontam que a maior parte das falhas estão associadas ao Lineamento Transbrasiliano com eixo SW-NE, e no Lineamento Tocantins no eixo SE-NW. Foram identificados sistemas de falhas transcorrentes com maior destaque no alto curso, falhas extensionais no médio e baixo curso em coberturas cenozóicas, e falhas compressionais imbricadas junto ao contato litológico de rochas neoproterozóicas na Depressão do Médio Araguaia. Foi possível identificar a (re)acomodação dos canais fluviais sobre estes conjuntos estruturais, que condicionam feições de anomalias de drenagem, como o segmentos e trechos retilíneos, capturas fluviais, segmentos com cotovelos de ângulos retos e inflexões abruptas dos canais. Observou-se ainda, extensos trechos sem uma indicação topográfica clara do divisor de águas dos rios Formoso e Javaés sobre as coberturas quaternárias. Destaca-se os condutos anômalos como o Esgoto Caracol entre os Rios Javaés e Formoso, e outro entre o rio Formoso e seu tributário rio Dueré, o que indicou a instauração de capturas fluviais em estágios de evolução distintos.
Abstract: This study has sought to identify the drainage anomalies in the basin of Formoso river as geomorphological evidence of tectonic action in the middle Araguaia. The study area is located in the southwestern portion of the state of Tocantins, established on granulitic Complete mobile tracks, and sedimentary covers. For the study, we made the use of GIS, storage, processing, classification and comparative and correlative analysis. From the interpretation of satellite images, it was made vectorization of the drainage system and basin watersheds and sub-basins, and regional subdivision of the relief via Digital Image Processing (DIP) with TOPODATA data, and measurement the hydrographical and geomorphological components. The study area was divided into 36 sub-basins, with higher than 5th order systems. The data collected indicate that this system is 8th order and has an area of 21,593 km² and a drainage network with 20,628 km of channels. The relief classification morfoesculturas scored four and eleven morphological units. morphometric indices drainage density (Dd), area density (Dh) and Sinuosity (Is), and geomorphic indices Asymmetry Factor Drainage Basin (FABD) and Factor Symmetry Cross Topographic (FSTT) were applied. The correlation Da and Dh indicated a strong linear correlation between the indexes, where the whole basin drainage density is prevalent median (0.5-1.5 km / km²), with river density of 0.5 channels / km² , which was considered very low, indicating difficulty in renewing the river network. The geomorphic indexes pointed out that the catchment area of the river Formoso has 76% of its area to the right of the main channel (East) area that features gently undulating and heavily undulating reliefs. The application of the parameters for sub-basins showed a strong degree of asymmetry of the streams of 5th order Grota da Mata and Green Water, located in the lower course. The structural data suggest that most of the failures are associated with lineament Transbrasilian SW-NE axis, and lineament Tocantins in SE-NW axis. fault systems were identified transcurrent most notably in the high course, extensional faults in medium and low current Cenozoic covers, and compressional faults imbricated with the lithological contact Neoproterozoic rocks in the Middle Depression Araguaia. It was possible to notice the (re) accommodation of fluvial channels on these structural assemblies that determine features of drainage anomalies, such as segments and straight stretches, river catches, segments with elbows right angles and abrupt inflections of channels. It was also noted, long stretches without a clear indication of the topographic watershed of rivers Formoso and Javaés on Quaternary coverage. Noteworthy is anomalous as conduits Sewage Snail among Javaés Rivers and Formoso, and another between the river and its tributary Formoso river Dueré, which indicated the establishment of river catches at different stages.
URI: http://hdl.handle.net/11612/332
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniel Araújo Ramos dos Santos - Dissertação.pdf22.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.