Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/313
Author: Costa, Sérgio José da
Advisor: Erasmo, Prof. Dr. Eduardo Andrea Lemus
Title: Avaliação biométrica e fisiológica na fase vegetativa do Dendezeiro (Elaeis Guineensis Jacq.) em região de cerrado do Tocantins
Keywords: Dendê;Novas Áreas;Cerrado
Issue Date: 25-May-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - PPGPV
Citation: COSTA, Sérgio José da. Avaliação biométrica e fisiológica na fase vegetativa do Dendezeiro (Elaeis Guineensis Jacq.) em região de cerrado do Tocantins.2016.74f. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Gurupi, 2016.
Resumo: O dendezeiro (Elaeis Guineensis Jacq.) tem origem africana e vem sendo cultivado em países como Indonésia e Malásia, que respondem por mais de 80% da produção mundial. O Brasil está entre os 10 maiores produtores de dendê no mundo e seu cultivo vem se expandindo significativamente na região amazônica, como no caso do Pará, maior estado produtor. Atualmente o consumo de produtos que tem o óleo de dendê como matéria prima ultrapassa a demanda, fazendo com que ocorra uma pressão para implantação de novas áreas de cultivo. Neste contexto pode se destacar o Tocantins, estado com localização geográfica privilegiada e com áreas aptas ao cultivo do dendê. Assim, o presente trabalho objetivou avaliar a resposta de diferentes híbridos de dendê nas fases de pré-viveiro, viveiro e primeiro ano de cultivo, em condição de cerrado no sul do Tocantins. Durante o primeiro ano da cultura no campo avaliou-se determinados parâmetros fisiológicos tais como fotossíntese, condutância estomática, carbono interno, transpiração e eficiência do uso da água em condições normais e sob estresse de seca. Os materiais estudados foram: BRS 2501, BRS 7201, BRS 2001, BRS 2301 e BRS 2528 em pré-viveiro e viveiro e em campo foram: BRS 2501, BRS 7201, BRS 2001, BRS 2528 e BRS Manicoré. Como resultado tem se que para a fase de pré-viveiro o BRS 2528 apresentou maiores valores nas variáveis avaliadas. Em viveiro os híbridos BRS 2001 e BRS 7201 superaram os outros em todas as variáveis avaliadas. Para o primeiro ano no campo todos os materiais genéticos apresentaram incremento vegetativo significativo ao longo do período em condições de cerrado da região. Durante as avaliações fisiológicas as plantas que estavam sob estresse de seca apresentaram comportamento inferior para as variáveis analisadas em comparação àquelas irrigadas.
Abstract: The palm tree (Elaeis Guineensis Jacq.) Has African origin and has been cultivated in countries like Indonesia and Malaysia, which account for over 80% of world production. Brazil is among the 10 largest producers of palm oil in the world and its cultivation has been expanding significantly in the Amazon region, as in the case of Pará, the largest state producer. Currently the consumption of products that have palm oil as raw material exceeds demand, causing a pressure occurs for the implementation of new cultivation areas. In this context it can highlight the Tocantins state with a privileged geographical location and potential areas for cultivation of oil palm. Thus the present study aimed to evaluate the response of different hybrids of palm oil in the prenursery, nursery and first year of cultivation in closed condition in southern Tocantins. In the first year of culture in the field we evaluated certain physiological parameters such as photosynthesis, stomatal conductance, internal carbon, transpiration and water use efficiency under normal conditions and under drought stress. The materials studied were: BRS 2501 BRS 7201, BRS 2001 BRS 2301 and BRS 2528 pre-nursery and nursery and field were: BRS 2501 BRS 7201, BRS 2001 BRS 2528 and BRS Manicoré. As a result has been that for the pre-nursery stage BRS 2528 showed higher values in the variables evaluated. In the nursery BRS 2001 and BRS 7201 hybrid surpassed others in all variables. For the first year in the field all genetic materials showed significant vegetative growth over the period in cerrado conditions of the region. During the physiological assessments plants that were under drought stress they showed less behavior for the variables compared to those irrigated.
URI: http://hdl.handle.net/11612/313
Appears in Collections:Doutorado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sérgio José da Costa - Dissertação.pdf4.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.