Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/2737
Authors: Santos, Matheus da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Alexandrino, Emerson
Title: Avaliação da produção e composição morfológica de cultivares de megathyrsus maximus na amazônia legal.
Keywords: Amazon biome,;Megathyrsus Maximus,;Hybrid,;Forage accumulation.;Bioma Amazônico,;Híbrido,;Acúmulo de forragem.
Issue Date: 27-May-2021
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Citation: Santos, Matheus da Silva. Avaliação da produção e composição morfológica de cultivares de megathyrsus maximus na amazônia legal. 25 f. Monografia (Graduação) - Zootecnia. Universidade Federal do Norte do Tocantins, Araguaína, 2021.
metadata.dc.description.resumo: Objetivou-se avaliar o potencial de produção de nove cultivares de Megathyrsus maximus no bioma Amazônico sob corte. O período experimental foi de novembro de 2020 a março de 2021 e o acumulado de chuvas do período foi de 1589 mm, em solo classificado como Latossolo Amarelo Distrófico, e o clima da região como Aw tropical. A área experimental foi implantada em fevereiro de 2019 e corrigida de acordo com a interpretação da análise de solo. Foram avaliadas as cultivares Tobiatã, Tanzânia, Mombaça, Massai, Zuri, Tamani, Quênia, Paredão e um novo material híbrido que apresenta o código PM175, em parcelas de 3m2 (2 x 1,5m), em linhas de plantio com espaçamento de 50 cm em 4 repetições totalizando 36 unidades experimentais em delineamento inteiramente casualizado. A altura de resíduo foi de 20 cm para os cultivares Massai e Tamani, 30 cm para os cultivares Quênia e Tanzânia, e para os demais foi adotado a altura de 40 cm. O protocolo para as avaliações teve média de 41 dias de descanso. Para o acúmulo de forragem e dos componentes morfológicos não houve diferença estatística entre os cultivares, bem como para a taxa de acúmulo de forragem e taxa de acúmulo de lâmina foliar. Houve diferença estatística para a porcentagem de colmo para as cultivares Quênia, Massai e Zuri, apresentaram os maiores valores, e para porcentagem de lâmina foliar esses três cultivares houve diferença estatística onde os mesmos três cultivares apresentaram os menores valores. Ambas cultivares se mostraram com alto potencial para serem cultivadas no bioma Amazônico para a prática de bovinocultura de corte em pastejo.
Abstract: The objective was to evaluate the production potential of nine cultivars of Megathyrsus maximus in the Amazon biome under cut. The experimental period was from November 2020 to March 2021 and the accumulated rainfall for the period was 1589 mm, in soil classified as Yellow Dystrophic Latosol, and the region's climate as tropical Aw. The experimental area was implanted in February 2019 and corrected according to the interpretation of the soil analysis. The cultivars Tobiatã, Tanzania, Mombasa, Massai, Zuri, Tamani, Kenya, Paredão and a new hybrid material that presents the code PM175, in 3m2 plots (2 x 1.5m), in planting lines spaced 50 cm in 4 repetitions totaling 36 experimental units in a completely randomized design. The height of the residue was 20 cm for the cultivars Massai and Tamani, 30 cm for the cultivars Kenya and Tanzania, and for the others the height of 40 cm was adopted. The protocol for the evaluations had an average of 41 days of rest. For the accumulation of forage and morphological components, there was no statistical difference between cultivars, as well as for the rate of forage accumulation and leaf blade accumulation rate. There was a statistical difference for the stalk percentage for the cultivars Kenya, Massai and Zuri, with the highest values, and for leaf blade percentage these three cultivars there was a statistical difference where the same three cultivars had the lowest values. Both cultivars showed high potential to be cultivated in the Amazon biome for the practice of beef cattle grazing.
URI: http://hdl.handle.net/11612/2737
Appears in Collections:Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Matheus da Silva Santos - TCC Monografia - Zootecnia.pdf525.36 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.