Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/222
Author: Wakim, Vasconcelos Reis
Advisor: Figueroa, Fernán Enrique Vergara
Title: Valoração ambiental: uso do método dose-resposta na mensuração do impacto na lucratividade da produção de arroz irrigado na microrregião de Formoso do Araguaia-TO
Keywords: Valoração ambiental;Método Dose-Resposta;Disponibilidade hídrica
Issue Date: 11-Jun-2010
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - PPGDR
Citation: WAKIM, Vasconcelos Reis. Valoração ambiental: uso do método dose-resposta na mensuração do impacto na lucratividade da produção de arroz irrigado na microrregião de Formoso do Araguaia-TO. 2010. 89f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, Palmas, 2010.
Resumo: A valoração ambiental é uma ferramenta utilizada para mensurar os impactos ambientais, bem como para quantificar os bens ambientais. Atualmente, existem diversos modelos de valoração ambiental, como por exemplo: dose-resposta, valoração contingente, entre outros que utilizam técnicas específicas para valorar o recurso natura, bem como o impacto causado ao meio ambiente. O objetivo deste trabalho foi mensurar o impacto na lucratividade da produção de arroz irrigado da Microrregião de Formoso do Araguaia, no Estado do Tocantins, que é composta pelas cidades de Lagoa da Confusão, Dueré e Formoso do Araguaia, caso ocorram mudanças na disponibilidade hídrica. Foram simulados dois cenários: um otimista e outro pessimista, cujas variáveis - área plantada, preço de venda, preço de custo - mantiveram-se constantes, variando-se apenas a variável disponibilidade hídrica. No cenário otimista, a variável disponibilidade hídrica ficou definida como 8,49 m3/h/hectare e no cenário pessimista a disponibilidade hídrica foi definida como 0,87 m3/h/hectare. Foi utilizado o Método Monte Carlo, com um total de 10.000 interações, como ferramenta estatística para determinar a Função Densidade de Probabilidade do Lucro Total e, por consequência, determinar a probabilidade de ocorrência do resultado em cada cenário proposto. No cenário otimista, após a simulação, obteve-se um lucro médio de R$ 29,7 milhões de reais. O lucro estimado neste cenário ficou na classe de (R$10.000) a R$ 10.000, com uma probabilidade de ocorrência de 66,78%, sendo que o maior lucro projetado foi de R$ 47,2 milhões, com uma chance de ocorrência de apenas 0,22%. O menor lucro simulado no otimista foi de (R$49,8) milhões de reais, com uma probabilidade de 0,85%. A maior frequência de lucro no otimista ficou na classe de R$0,00 a R$10.000, com 2.866 ocorrências, significando 28,66% de probabilidade de ocorrência. Já no cenário pessimista, o lucro médio estimado ficou em torno de R$ 22,1 milhões de reais. A projeção do lucro ficou na classe de (R$10.000) a R$10.000 com uma probabilidade de ocorrência de 70,85%. O maior lucro estimado neste cenário foi de R$ 35,2 milhões de reais com uma probabilidade de ocorrência de apenas 0,11%. O menor valor simulado no pessimista foi de (R$35,2) milhões, com uma probabilidade de 0,09%. A maior frequência de lucro no pessimista ficou na classe de R$0,00 a R$10.000, com 3.581 ocorrências, significando 35,81% de probabilidade de ocorrência. Pode-se concluir que houve uma redução do lucro médio do cenário otimista para o pessimista de aproximadamente 25,6%. A redução da lucratividade da produção de arroz irrigado pode ser explicada pelo surgimento de doenças no arrozal, como, por exemplo, a brusone na panícula, pela falta de água, seja pelos longos períodos de estiagem, ou pela grande concorrência pelo uso das águas. Nos resultados da simulação, verificou-se que apenas a variável água não é suficiente para explicar a redução no lucro da produção de arroz irrigado da Microrregião de Formoso do Araguaia, TO, sendo necessário utilizar e oscilar outras variáveis no modelo proposto. Portanto, devem-se realizar novos estudos para verificar quais outras variáveis, além da disponibilidade hídrica, podem influenciar na redução ou no aumento da lucratividade da produção de arroz irrigado na microrregião de Formoso do Araguaia.
Abstract: The environmental valuation is a tool used to measure the environmental impacts and to quantify the environmental goods. Currently there are several models of environmental valuation, such as: dose-response, contingent valuation, among others who use specific techniques to value the natural resource as well as the impact on the environment. The objective of this study is to measure the impact on the profitability of rice production in irrigated Microregion Formoso do Araguaia, state of Tocantins, which consists the cities of Lagoa da Confusão, Dueré, and Formoso do Araguaia, If changes occur in water availability. Were simulated two scenarios: one optimistic and another pessimistic, whose variables: planted area, sales price and cost price remained constant, varying only the variable water availability. In the optimistic scenario the variable water availability was set to 8.49 m3/h/hectare in the pessimistic scenario and water availability was defined as 0.87 m3/h/hectare. We used the Monte Carlo method, with a total of 10,000 interactions, such as statistical tool to determine the Probability Density Function of Total Income and therefore determine the probability of the outcome in each proposed scenario. In the optimistic scenario, after the simulation we obtained an average profit of $ 29.7 million reais. The estimated profit at this stage was in class (R$ 10,000) to R$ 10,000 with a probability of 66.78%, with the largest projected profit was R$ 47.2 million with a chance of occurrence of only 0.22%. And the smallest gain simulated by the optimistic was (R$ 49.8) million reais with a probability of 0.85%. The higher frequency of profit in the optimist was in class from R$0.00 to R$10,000 with 2866 occurrences, meaning 28.66% probability of occurrence. In the pessimistic scenario, the average profit was estimated at around R$ 22.1 million reais. The projection of the profit was in class (R$ 10,000) to R$ 10,000 with a probability of 70.85%. The highest estimated profit in this scenario was R$ 35.2 million reais with a probability of only 0.11%. The lowest value simulated in the pessimistic was (R$35.2) million with a probability of 0.09%. The higher frequency of the pessimistic profit was in class from R$0.00 to R$10,000 with 3581 occurrences, meaning 35.81% probability of occurrence. It can be concluded that there was a reduction of the average profits from the optimistic scenario tor the pessimistic scenario of about 25.6%. The reduction of the profitability of irrigated rice production can be explained by the emergence of diseases in the rice fields, for example, the panicle blast, lack of water is by long periods of drought and the great competition by use of waters. In the simulation results, it appeared that only the variable water is not sufficient to explain the reduction in profit of rice production in irrigated Microregion Formoso do Araguaia, Tocantins, being necessary to use other variables in the swing model. Therefore, we must conduct further studies to see what other variables, besides water availability, can influence the reduction or increase in the profitability of irrigated rice production in the microregion of Formoso do Araguaia.
URI: http://hdl.handle.net/11612/222
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vasconcelos Reis Wakim - Dissertação.PDF1.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.