Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/210
Author: Silva, Vanilson Pereira da
Advisor: Castro, José Gerley Díaz
Title: Estressores para o paciente da unidade de terapia intensiva do Hospital Regional Público de Gurupi – Tocantins
Keywords: Estresse;Unidades de Terapia Intensiva;Humanização da assistência
Issue Date: 6-Apr-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde - PPGCS
Citation: SILVA, Vanilson Pereira da. Estressores para o paciente da unidade de terapia intensiva do Hospital Regional Público de Gurupi – Tocantins. 2016. 50f. Tese (Mestrado em Ciências da Saúde) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Palmas, 2016.
Resumo: As características da Unidade de Terapia Intensiva e as intercorrências que ocorrem no decorrer do dia favorecem a manifestação de estresse nesse ambiente; os pacientes conscientes estão diretamente expostos a essa situação. Por meio da análise dos estressores para os pacientes internados em UTI é possível implementar medidas que podem facilitar a humanização nesse ambiente. O objetivo deste trabalho foi identificar os estressores para pacientes internados na UTI do Hospital Regional Público de Gurupi – TO, na perspectiva do próprio paciente, familiares e profissionais de saúde. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, onde foi utilizado como instrumento de coleta de dados, uma escala de estressores (Intensive Care Unit Environmental Stressor Scale – ICUESS) e um questionário de informações clínicas e demográficas- QICD. Os principais fatores estressantes na visão dos pacientes foram não ter controle de si mesmo, ter dor e ver a família e os amigos por apenas alguns minutos por dia. Os familiares dos pacientes internados na UTI acreditam que os principais fatores estressores foram: ter tubos no nariz e/ou na boca, não ter controle de si mesmo e ter dor. Para os profissionais da saúde que estavam em contato com estes pacientes, os principais estressores relatados foram: ser furado por agulhas, estar preso por tubos e não conseguir dormir. Apesar da amostra e das variáveis estudadas apresentarem limitações nesta investigação, os resultados denotam que o investimento em estratégias de humanização na UTI, visando minimizar o estresse do paciente durante o seu período de internação, tendem a contribuir para sua recuperação e, concomitantemente, favorecer a relação paciente/familiar/equipe.
Abstract: The characteristics of the intensive care Unit and the complications that occur in the course of the day the manifestation of stress in this environment; conscious patients are directly exposed to this situation. Through the analysis of the stressors for patients admitted to ICU it is possible to implement measures that can facilitate the humanization in this environment. The aim of this study was to identify the stressors for hospitalized patients in the ICU of Hospital Regional audience of Gurupi-TO, from the perspective of the patient, family and healthcare professionals. This is a descriptive exploratory study, where it was used as an instrument of data collect, the estressor scale (Intensive Care Unit Environmental Stressor Scale-ICUESS) and a questionnaire of clinical and demographic information-QICD. The three major stress factors on vision of patients were having no control of himself, have pain and see family and friends for just a few minutes a day. The relatives of the patients admitted to the ICU believe the major stress factors are: to have tubes in the nose and/or mouth, having no control of himself and Have pain. For health workers who were in contact with these patients, the main stressors are: being stuck by needles, be arrested by tubes and unable to sleep. In spite of the sample and the studied variables can represent limitations in this research, the findings denote that the investment in strategies of humanization in intensive care to minimize the stress of the patient during their period of stay tend to contribute to its recovery and simultaneously foster a relationship between the Family / Patients / health workers.
URI: http://hdl.handle.net/11612/210
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanilson Pereira da Silva - Dissertação.pdf2.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.