Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/200
Author: Masongele, Genick Mbaki
Advisor: Cançado, Airton Cardoso
Title: Imperialismo: do mundo para a colonização do Congo
Keywords: Imperialismo;Colonização;Teorias de dependência;República Democrática do Congo
Issue Date: 12-Apr-2016
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - PPGDR
Citation: MASONGELE, Genick Mbaki. Imperialismo: do mundo para a colonização do Congo. 2016. 100f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, Palmas, 2016.
Resumo: A presente dissertação propõe estudar o impacto do imperialismo e a manutenção posterior dos laços de dependência da economia da República Democrática do Congo. Estudar o imperialismo, no mundo e, particularmente, a colonização do Congo pela Bélgica, exige um estudo da sua história. A pergunta que norteou estadissertaçãofoi: quais foram as consequências geradas pelo colonialismo? No primeiro momento, faz-se uma discussão teórica sobre os preceitos básicos do imperialismo, apresentando a sua origem e os principais motivos da partilha do mundo entre os países capitalistas, particularmente a divisão do continente africano. Em seguida, aborda-se o processo da colonização da República Democrática do Congo, caracteriza-se a colonização belga e a luta pela independência. O período pós-independência é caracterizado pelo caos da situação política no país. No penúltimo capitulo, apresenta-se a teoria da dependência, a lei das vantagens comparativas e a deterioração dos termos de troca. Por fim, faz-se uma análise interpretativa dos dados da balança comercial do Congo com base das concepções teóricas abordadas neste trabalho. De forma final, conclui-se que a República Democrática do Congo possa por momentos de muita instabilidade política depois da sua independência. Essa situação freia seu desenvolvimento. Na ótica da divisão internacional de trabalho, a economia congolesa atual se baseia nas exportações das matérias primas e nas importações dos bens industrializados.
Abstract: Cemémoire se propose d'étudierl'impact de l'impérialisme et l'entretienultérieur de liens de dépendance de l'économie de La RépubliqueDémocratiquedu Congo. Étudierl'impérialismedansle monde, et enparticulierlacolonisationdu Congo par laBelgique, exige une étude de sonhistoire. La questionqui a guidécemémoire a été: quellessontlesconséquencesgénérées par lecolonialisme? Dansun premier temps, il s’ est fait une discussionthéoriquesurlespréceptesfondamentaux de l'impérialisme, présentantson origine et lesprincipalesraisons de ladivisiondu monde entre lespayscapitalistes, particulièrementladivisiondu continente africain. Ensuite, on aborde leprocessus de colonisation de laRépubliqueDémocratiquedu Congo, caractérisantlacolonisationbelge et laluttepourl'indépendance. La période post-indépendance est caractérisée par lechaos de lasituation politique danslepays. Dansl'avant-dernierchapitre, se presente lathéorie de ladépendance, laloi de l'avantagecomparatif et ladétériorationdestermes de l'échange. Enfin, se fait une analyseinterprétativedesdonnées de la balance commercialedu Congo sur base desconceptsthéoriquesabordésdanscetravail. Finalement, il est conclu que laRépubliqueDémocratiquedu Congo passe pardesmoments d'une grande instabilité politique dépuissonindépendance, cettesituationralentitsondéveloppement. Dansla perspective de ladivisioninternationaledutravail, l'économiecongolaiseactuelle est baséesurlesexportations de matières premières et lesimportations de produitsmanufacturés.
URI: http://hdl.handle.net/11612/200
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Genick Mbaki Masongele - Dissertação.pdf2.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.