Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/188
Author: Cleto, Elaine Aparecida Toricelli
Advisor: Silva, Alex Pizzio da
Title: Resiliência e reconhecimento em neocomunidades: o caso da comunidade quilombola morro de São João-TO
Keywords: Resiliência;Neocomunidades;Quilombola;Reconhecimento
Issue Date: 24-Jun-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - PPGDR
Citation: CLETO, Elaine Aparecida Toricelli. Resiliência e reconhecimento em neocomunidades: o caso da comunidade quilombola morro de São João-TO. 2015. 211f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, Palmas, 2015.
Resumo: A sociedade atual é marcada por importantes transformações sociais e econômicas que, desde o final do século XX, vem alterando profundamente a lógica produtiva global. Dentre estas transformações, os processos transnacionais de reestruturação produtiva, internacionalização da economia e globalização têm resultado em importantes desdobramentos no processo de regulação, resultando na produção de novos condicionamentos que atingem diretamente o comportamento social, tanto individualmente quanto coletivamente, afetando o desenvolvimento, a interação com o meio e a manutenção de identidade. Diante desse amplo cenário de transformações, observa-se que as comunidades passam a enfrentar novas áreas de imprevisibilidade que promovem transformações importantes na vida cotidiana e na organização social. Entretanto, chama atenção a capacidade que algumas apresentam no enfrentamento positivo e na superação das adversidades. Essa capacidade tem sido apreendida no meio acadêmico por meio da ideia de resiliência. Desse modo, o objetivo deste trabalho foi realizar uma investigação na Comunidade Quilombola Morro de São João – Santa Rosa do Tocantins/TO e verificar se esta é uma comunidade resiliente e quais os fatores de promoção desta condição. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada por meio de um estudo de caso. Foram utilizadas variadas estratégias e técnicas de coleta de dados tais como: observação participante, entrevista não estruturada, pesquisa documental, questionário e história de vida. A pesquisa etnográfica foi realizada durante as quatro idas a campo e se deu por meio da participação na rotina, nas cerimônias, nos festejos que aconteceram durante a permanência na comunidade, ao mesmo tempo em que foram realizadas observações e entrevistas com os moradores. O marco teórico ateve-se à abordagem dos conceitos de resiliência, neocomunidade, reconhecimento, e cultura como recurso. Conclui-se que a comunidade Morro de São João é resiliente, pois apresentou indícios de superação das adversidades, fato que pode ser verificado em âmbito coletivo, embora ficou comprovado através dos resultados da escala utilizada de que em âmbito individual não há uma resiliência consistente. O que se conclui é que embora o Quest_Resiliência seja um instrumento utilizado para mapear o comportamento de indivíduos e grupos (equipes), não se chegou a um resultado satisfatório para o mapeamento das crenças em âmbito coletivo, sendo então insuficiente para mensurar a resiliência comunitária. Isso sugere a necessidade de se traduzir e validar uma escala de mapeamento em comunidades. Comprovou-se que o reconhecimento da identidade cultural é um fator de promoção de superação das adversidades
Abstract: Today's society is marked by major social and economic transformations that from the late twentieth century, has profoundly altering the global productive logic. Among these transformations, the transnational processes of productive restructuring, internationalization and globalization of the economy has resulted in significant developments in the regulatory process, resulting in production of new conditions that directly affect social behavior, both individually and collectively, affecting the development, interaction with medium and maintaining identity. Given this broad scenario of transformation, it is observed that communities begin to tackle new areas of unpredictability that promote important changes in everyday life and social organization. However, draws attention to capacity that some have the positive coping and overcoming adversity. This capability has been seized in academia through resilience idea. Thus, the aim of this study was to research in the Community Quilombo Morro de São João - Santa Rosa do Tocantins / TO and verify that this is a resilient community and what factors promote this condition. It is a qualitative research, carried out through a case study. Various strategies and data collection techniques were used such as participant observation, unstructured interviews, desk research, questionnaire and life story. The ethnographic research was conducted during the four visits to the field and was through participation in routine, the ceremonies, the celebrations that took place during their stay in the community at the same time observations and interviews with residents were held. The theoretical framework adhered to the approach of resilience concepts, neocomunidade, recognition, and culture as a resource. It is concluded that St John's Hill community is resilient, as it showed signs of overcoming the adversities, which can be verified in a community basis, although it was proven through the scale of results used that on an individual level there is a consistent resilience. What can be concluded is that although the Quest_Resiliência is a tool used to map the behavior of individuals and groups (teams), not reached a satisfactory outcome for the mapping of beliefs in a community basis, and then insufficient to measure community resilience. This suggests the need to translate and validate a mapping scale communities. It was shown that the recognition of cultural identity is a factor of promotion of overcoming adversity.
URI: http://hdl.handle.net/11612/188
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elaine Aparecida Toricelli Cleto - Dissertação.pdf2.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.