Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/176
Author: Santos, Perlon Maia dos
Advisor: Santos, Antonio Clementino dos
Title: Interface Solo-Planta-Animal em sistemas agroflorestais para a intensificação ecológica na pecuária
Keywords: Manejo de ecossistemas;Preservação ambiental;Sustentabilidade
Issue Date: 28-Oct-2014
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal Tropical - PPGCat
Citation: SANTOS, Perlon Maia dos. Interface Solo-Planta-Animal em sistemas agroflorestais para a intensificação ecológica na pecuária. 2014. 279f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal Tropical) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal Tropical, Araguaína, 2014.
Resumo: A degradação das pastagens tem assolado a pecuária brasileira. As áreas degradadas são, muitas vezes, abandonadas, originando florestas secundárias. Uma floresta secundária de grande expressão na região da Amazônia Oriental é formada pela palmeira de Babaçu (Attalea speciosa, Mart). Uma alternativa para a reincorporação destas áreas sob floresta secundária, no sistema de produção, é a formação de sistemas integrados floresta-pasto, dando origem a sistemas silvipastoris. Estes modelos referem-se a técnicas de produção que integram animais, forrageiras e árvores na mesma área. Neste sentido, é possível que a preservação de espécies arbóreas nativas, como no caso do babaçu, possa melhorar a qualidade do solo, aumentar a quantidade e a qualidade da massa de forragem ofertada, e com isso, elevar o desempenho dos animais. Contudo, existem carências relacionadas ao entendimento das modificações morfofisiológicas, agronômicas e nutricionais das gramíneas, das características de pastejo dos ruminantes e de seu desempenho, das alterações fisicoquímicas do solo e da ciclagem de nutrientes em condições de SSP gramínea tropical x floresta de babaçu. Desta forma, o objetivo com este estudo foi avaliar a possibilidade de formação de sistema silvipastoril com babaçu e capim mombaça, de modo a determinar: se a adoção de SSP em floresta secundária promove restauração e conservação de atributos do solo, mantendo-o semelhante a floresta ou se permite a alteração de suas características; quais atributos do solo são mais afetados pelo tipo de uso e cobertura; como ocorre os mecanismos de acúmulo, decomposição e liberação de nutrientes da serrapilheira; indentificar a contribuição da liteira da pastagem para a ciclagem de nutrientes nos sistemas integrados; evidenciar quais as principais caracteristicas da ciclagem de nutrientes são afetados pelo raleamento da floresta; avaliar os efeitos de níveis de sombreamento moderado e alto sobre o crescimento do capim Mombaça em áreas de babaçuais, comparando-os com um sistema convencional a sol pleno; caracterizar o pasto, o desempenho e a produtividade do cordeiros nestes sistemas, em comparação com o sitema convencional de exploração. Foi observado que a presença do componente arbóreo causa a restauração e a manutenção das condições dos solo, e que os principais atributos beneficiados são a matéria orgânica, a CTC e a SB. O raleamento para plantio da forrageira causa redução do aporte de serrapilheira, mas não da sua taxa de decomposição, contudo, a liteira do pasto eleva o aporte de material orgânico no solo e aumenta a taxa de ciclagem de nutrientes. A forrageira nos ambientes integrados apresenta maior taxa de alongamento dos tecido e menor acúmudo de biomassa e os principais atribuos afetados pela sombra são o perfilhamento, o alongamento de folhas e colmos, o teor de máteria seca e o acúmulo de massa seca. Os ovinos apascentado nos sistemas integrados apresentam menor desempenho, pois estes ambientes são quentes e úmidos e possuem baixa densidade de forragem, o que afeta o pastejo, além de possuirem menos horas de iluminação natural.
Abstract: The degradation of pastures has plagued the Brazilian cattle industry. The degraded areas are often abandoned, resulting in secondary forests. A secondary forest largely in the Eastern Amazon region is formed by the palm babassu (Attalea speciosa Mart). An alternative to the reincorporation of these areas under secondary forest in the production system is the creation of integrated forestpasture systems, resulting in silvopastoral systems. These models refer to techniques that integrate production of animals, trees, and forage in the same area. In this regard, possible to preserve native species, such as babassu, can improve the soil quality, increasing the mass quantity and quality of forage available, and therefore increase the performance of the animals. However, there are deficiencies related to the understanding of physiological changes, agronomic and nutritional grasses, the grazing ruminants features and performance, the physicochemical changes in the soil and nutrient cycling in a position to SSP tropical grass x babassu forest. Thus, the aim of this study was to evaluate the possibility of silvopastoral system of training babassu and Mombasa grass, to determine: whether the adoption of SPS in secondary forest promotes restoration and conservation of soil properties, keeping it similar to forest or allows you to change its characteristics; which soil properties are most affected by land use and cover; as is the accumulation mechanisms, decomposition and release of nutrients from litter; identification of their contribution to the pasture litter nutrient cycling in integrated systems; which highlight the main features of nutrient cycling are affected by forest thinning; evaluate the effects of moderate and high levels of shading on the growth of Mombasa grass in areas of babassu, comparing them with a conventional system in full sun; characterize the pasture, the performance and productivity of sheep in these systems compared to conventional operating sitema. It was observed that the presence of the tree component because the restoration and maintenance of the conditions of the soil, and that the main beneficiaries are the attributes organic matter, exchange cation and sum of bases. The thinning of the forage planting causes reduction of litter input, but not its rate of decomposition, however, the litter pasture increases the organic material contribution in the soil and increases nutrient cycling rate. Forage in integrated environments has greater elongation rate of tissue and less acúmudo biomass and major atribuos affected by shade are tillering, elongation of leaves and stems, the dry matter content and the dry matter accumulation. The apascentado sheep in integrated systems have lower performance because these environments are hot and humid and have low forage density, which affects grazing, and possess fewer hours of daylight.
URI: http://hdl.handle.net/11612/176
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Perlon Maia dos Santos - Dissertação.pdf3.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.