Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/169
Author: Silva, Darlene Pereira da
Advisor: Alexandrino, Emerson
Title: Desempenho produtivo e características de carcaça de tourinhos de diferentes grupos genéticos alimentados com silagem de capim associado a níveis de concentrado
Keywords: Cortes comerciais;Ganho de peso;Grupos raciais;Níveis de energia;Rendimento de carcaça
Issue Date: 30-Jun-2014
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal Tropical - PPGCat
Citation: SILVA, Darlene Pereira da. Desempenho produtivo e características de carcaça de tourinhos de diferentes grupos genéticos alimentados com silagem de capim associado a níveis de concentrado. 2014. 74f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal Tropical) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal Tropical, Araguaína, 2014.
Resumo: Objetivou-se avaliar o desempenho produtivo, as características de carcaça, a composição física da carcaça e qualidade da carne de tourinhos de dois grupos genéticos alimentados em confinamento com silagem de capim HD 364 associado a dois níveis de concentrado (600 e 900 g/kg de matéria seca). Foram utilizados 32 tourinhos, 16 da raça Nelore e 16 mestiços de origem leiteira, com 380,69 ± 10,45 e 376,94 ± 17,16 kg de peso corporal inicial e idade média inicial de 25 e 23 meses, respectivamente. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com os tratamentos em arranjado fatorial 2x2 (dois grupos genéticos e dois níveis de concentrado), sendo o período de confinamento de 63 dias. O consumo de matéria seca (kg/dia) reduziu 8,8% com incremento no nível de concentrado. A digestibilidade aparente da matéria seca e carboidratos totais aumentaram 19,6 e 19,8%, respectivamente, com aumento do nível de concentrado. Os pesos de carcaça quente e fria, espessura de gordura subcutânea e conformação não foram alterados pelo nível de concentrado na dieta e grupos genéticos apresentando valores médios de 267,32 e 265,91 kg; 3,85 mm; 10,91 pontos, respectivamente. O incremento de concentrado assim como, o grupo genético ocasionaram diferenças no peso dos cortes comerciais. A elevação da fração concentrada da dieta de 600 para 900 g/kg de matéria seca não alterou a quantidade de músculo, gordura e osso da carcaça, com valores médios de 64,44 e 66,52%; 19,71 e 18,72; 14,88 e 15,07%, sendo os grupos genéticos 65,82 e 65,14%; 18,52 e 19,90%; 15,09 e 14,87% do peso de carcaça fria, respectivamente. Os rendimentos dos cortes comerciais secundários do traseiro especial foram alterados pelo incremento de concentrado e pelo grupo genético analisado. A força ao cisalhamento das fibras musculares, a perda de líquido por descongelamento e cozimento não foram alteradas pelos fatores estudados, apresentando valores médios de 5,19 kgf/cm3, 5,79% e 23,47%, respectivamente.
Abstract: This study aimed to evaluate the performance of young Nellore or dairy crossbred bulls feedlot fed silage grass with concentrate levels in the diet (600 and 900 g/kg). We used 32 young bulls, 16 Nellore and 16 dairy crossbreds, with initial average weight of 380.69 ± 10.45 and 376.94 ± 17.16 kg and, average initial age of 25 and 23 months, respectively. The experimental design was completely randomized with treatments in 2x2 factorial arrangement (two genetic groups and two levels of concentrate), using four replicates for consumption data and feed conversion and eight replicates for animal weight, weight gain and carcass characteristics. Dry matter intake (kg/day) reduced 8.8% in the concentrate, changed by the concentrate level. The apparent digestibility of dry matter and the cost of feeding increased in 19.6 e and 19.8%, respectively, The hot and cold carcass weight, subcutaneous fat thickness, conformation were not affected by concentrate level in the diet and nor by genetic group with average values of 267.32 kg; and 265.91 kg; 3.9 mm; 10.91 points, respectively. The elevation of the concentrated fraction of the diet from 600 to 900 g/kg of dry matter did not alter the amount of muscle, fat and bone of the carcass, with mean values of 64.44 e 66.52%; 19.71 e 18.72; 14.88 e 15.07%, being genetics groups 65.82 e 65.14%; 18.52 e 19.90%; 15.09 e 14.87% of cold carcass weight, respectively. The shear force necessary to cut the muscle fibers, the losses of liquid during thawing and cooking were not altered by the factors studied, with average values of 5.19 kgf/cm3, 5.79% e 23.47%, respectively.
URI: http://hdl.handle.net/11612/169
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Darlene Pereira da Silva - Dissertação.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.