Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/132
Author: Costa Júnior, Antônio Fagundes da
Advisor: Baldaçara, Leonardo Rodrigo
Title: Vasculopatia periférica em dependentes de crack em acompanhamento no Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas (CAPS-AD III) no município de Palmas - Tocantins
Keywords: Doença arterial periférica;Crack-Cocaína;Ultrassonografia
Issue Date: 10-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde - PPGCS
Citation: COSTA JÚNIOR, Antônio Fagundes da. Vasculopatia periférica em dependentes de crack em acompanhamento no Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas (CAPS-AD III) no município de Palmas - Tocantins.2016. 43f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Palmas, 2016.
Resumo: O consumo de crack é um dos grandes desafios em saúde pública e o uso desta droga tem efeitos diretos na saúde de seus usuários. Objetivos: Identificar o perfil dos pacientes em tratamento para a dependência química de crack no Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas (CAPS-AD III) em Palmas - TO, bem como seus possíveis efeitos vasculares periféricos. Métodos: Trata-se de um estudo observacional, descritivo, de corte transversal. Os pacientes da amostra foram submetidos a um questionário objetivo avaliando questões demográficas, padrão de uso da droga, coexistência de diabetes mellitus, hipertensão arterial ou tabagismo, além de exame físico e ecográfico. Os dados foram sumarizados e analisados estatisticamente com teste Qui-quadrado ou Exato de Fisher. O nível de significância estabelecido foi de 5% (p<0,05). Resultados: A média de idade dos 58 indivíduos da amostra foi de 33,29 (±7,15) anos, sendo quase 74% do gênero masculino. A média de idade de início de uso da droga foi de 23,4 (±7,78) anos, com tempo médio de uso de 9,58 (±5,64) anos. O consumo médio de pedras de crack foi de 21,45 (±8,32) pedras, com uma frequência média semanal de uso da droga de 5,74 (±1,81) dias. A alteração de pulsos em membros inferiores foi prevalente em mulheres. A prevalência do espessamento da parede arterial dos membros inferiores foi de 94,8%. O tempo de uso da droga apresentou associação estatística (p=0,0096) com alteração do padrão de curva espectral das artérias dos membros inferiores. Conclusões: O tempo de uso da droga foi o fator mais importante e com maior impacto no sistema vascular periférico, sugerindo associação entre o uso do crack e a diminuição de fluxo arterial nos membros inferiores.
Abstract: The crack consumption is a major challenge in public health and the use of this drug has direct effects on the health of its users. Objectives: To identify the profile of patients in treatment for drug addiction crack at the Psychosocial Care Center for Alcohol and Drugs (CAPS-AD III) in Palmas - TO, as well as if it’s possible peripheral vascular effects. Methods: This is an observational cross-sectional study. Patients were submitted to an objective questionnaire assessing demographic issues, standard of drug use, diabetes mellitus coexistence, high blood pressure or smoking, and physical and ultrassonography examination. Data were summarized and statistically analyzed with chi-square or Fisher's exact test. The significance level was 5% (p <0.05). Results: The mean age of the 58 subjects of the sample was 33.29 (± 7.15) years, and almost 74% were male. The average age of onset of drug use was 23.4 (± 7.78) years, with an average usage time of 9.58 (± 5.64) years. The average consumption of crack was 21.45 (± 8.32) stones, with an average weekly frequency of drug use of 5.74 (± 1.81) days. Alteration pulses in the lower limbs was prevalent in women. The prevalence of arterial wall thickening of the lower limbs was 94.8%. The drug usage time presented statistical association (p = 0.0096) with altered spectral curve pattern of lower limb arteries. Conclusions: The time of drug use was the most important factor and with greater impact on the peripheral vascular system, suggesting an association between crack use and the reduction of blood flow in the lower limbs.
URI: http://hdl.handle.net/11612/132
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Antônio Fagundes da Costa Júnior - Dissertação.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.