Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/1087
Authors: Sousa, Pedro Junior Lima
metadata.dc.contributor.advisor: Medeiros, Ana Lúcia de
Title: Gestão de compras em organizações públicas: um estudo de caso a partir dos registros de preços realizados na Universidade Federal do Tocantins, no ano de 2014
Keywords: Otimização; Gestão de compras; UFT; Optimization; Purchasing management
Issue Date: 16-Feb-2018
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas - Gespol
Citation: SOUSA, Pedro Junior Lima. Gestão de compras em organizações públicas: um estudo de caso a partir dos registros de preços realizados na Universidade Federal do Tocantins, no ano de 2014. 2018. 157f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas, Palmas, 2018.
metadata.dc.description.resumo: As organizações de um modo geral, estão reorientando suas atuações para otimização de seus processos visando uma gestão mais eficiente. Esta percepção de busca por uma racionalização administrativa também está impactando as organizações governamentais. Neste cenário, a busca por uma gestão mais efetiva, está levando as Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) a buscar novas soluções para equacionar suas limitações operacionais. Esse trabalho tem como objetivo estudar a gestão de compras da Universidade Federal do Tocantins em 2014. Neste viés foi apresentada a caracterização do seu ambiente institucional. Nesta perspectiva foram analisados tantos os fatores normativos, como a dimensão cognitiva, política e cultural que capacitam os atores para ação. Para análise desta realidade, foi utilizada o neo-institucionalismo, especificamente por meio do institucionalismo sociológico como direcionamento teórico, o mesmo foi escolhido por valorizar o papel dos atores organizacionais e a influência das instituições e da dimensão cognitiva para moldar os comportamentos regulares dos indivíduos. Esta pesquisa é um estudo de caso, sendo feita a partir de análise de documentos institucionias e aplicação de entrevistas aos atores organizacionais que estão nos níveis estratégico, tático e operacional da gestão. Observou-se que a UFT utiliza como forma predominante para suas aquisições o pregão na sua forma eletrônica. O prazo médio de processamento das aquisições é de 153 dias, observado com base nos processos de 2014. Nesta perspectiva, está bem acima do prazo médio encontrado na literatura de 15 dias. Quanto a perspectiva dos atores organizacionais, estes consideram que o processamento de compras não é ágil, justificam para isto a necessidade de cumprimento de ritos legais associada à realidade multicampi da Universidade, o que dificulta ações coordenadas entre as unidades administrativas. Como fator positivo destaca-se o calendário de compras que permite a operacionalização de demandas comuns entre os campi, o que facilita a gestão do processo e fomentam a economia por causa do aumento da escala. Foi observado que a UFT proporciona aos seus gestores autonomia sobre o orçamento, resguardado através do respeito a sua matriz orçamentária. No que se refere ao formato do processamento das compras, é observado um modelo hibrido, sendo descentralizadas nas etapas iniciais em nível de planejamento da demanda e centralizadas na Reitoria as suas etapas de processamento.
Abstract: Organizations in general are reorienting their actions to optimize their processes for a more efficient management. This perception of seeking administrative rationalization is also impacting government organizations. In this scenario, the search for more effective management is leading the Federal Institutions of Higher Education (IFES) to seek new solutions to address their operational limitations. This study aims to study the purchasing management of the Federal University of Tocantins in 2014. In this bias the characterization of its institutional environment was presented. In this perspective were analyzed so many normative factors, as the cognitive, political and cultural dimension that enable the actors to action. For the analysis of this reality, neo-institutionalism was used, specifically through sociological institutionalism as a theoretical orientation, the same was chosen for valuing the role of organizational actors and the influence of institutions and the cognitive dimension to shape the regular behaviors of individuals. This research is a case study, being made from analysis of institutional documents and application of interviews to the organizational actors that are at the strategic, tactical and operational levels of the management. It was observed that UFT uses as a predominant form for its acquisitions the trading in its electronic form. The average processing time for acquisitions is 153 days, based on the 2014 processes. From this perspective, it is well above the average term found in the literature of 15 days. Regarding the perspective of the organizational actors, these consider that the processing of purchases is not agile, justify for this the need of compliance with legal rites associated with the multicampi reality of the University, which hinders coordinated actions between administrative units. As a positive factor stands out the purchase schedule that allows the operation of common demands among the campuses, which facilitates the management of the process and foments the economy because of the scale increase. It was observed that the UFT provides its managers autonomy over the budget, protected by respect to its budget matrix. With regard to the format of the purchase process, a hybrid model is observed, being decentralized in the initial stages at the level of demand planning and centralized in the Rectory of its processing steps.
URI: http://hdl.handle.net/11612/1087
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pedro Junior Lima Sousa - Dissertação.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.