Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11612/1082
Authors: Reis, Marco Aurélio Aguiar
metadata.dc.contributor.advisor: Ferraro, Juliana Ricarte
Title: Sistema de arquivos: uma proposta de gestão documental coordenada para a UFT
Keywords: Sistemas de arquivos; Política arquivística; Gestão documental; Archives System; Archival policy; Document management
Issue Date: 19-Feb-2018
Publisher: Universidade Federal do Tocantins
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas - Gespol
Citation: REIS, Marco Aurélio Aguiar. Sistema de arquivos: uma proposta de gestão documental coordenada para a UFT. 2018. 120f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas, Palmas, 2018.
metadata.dc.description.resumo: A complexidade cada vez maior das atividades realizadas nas instituições e o desenvolvimento dos meios de comunicação acarretaram o aumento da produção de documentos e culminou com a explosão informacional na primeira metade do século XX. Este cenário de produção documental indiscriminada, atrelada à instituições cada vez mais dinâmicas, que demandam agilidade no acesso à informações estratégicas para as tomadas de decisões, trouxe consigo a ideia de se criarem rotinas e metodologias próprias para a problemática dos arquivos. A conjuntura se aplica aos órgãos públicos da Administração Pública Federal no qual são detentores de grande massa documental acumulada. Desta forma, os arquivos governamentais brasileiros demandaram dispositivos legais que obrigam as instituições públicas a implantarem políticas arquivísticas institucionais que garantam o rápido acesso às informações e a preservação dos documentos públicos. Diante da problemática dos arquivos sem o devido tratamento técnico, a UFT começa a dar os primeiros passos para a efetivação de sua Política Arquivística Institucional, a partir da criação da Diretoria de Gestão Documental, que tem a missão de implantar um Programa de Gestão Documental na universidade. Sob essa ótica, o presente trabalho pretende analisar o contexto do modelo de gestão sistêmica de arquivos no qual envolve adoção de políticas, normas, procedimentos e recursos institucionais e que se configura como o modelo que garantirá a racionalização dos arquivos diante das características organizacionais da universidade. Para o desenvolvimento deste trabalho, realizou-se uma pesquisa bibliográfica e documental com o intuito de destrinchar os elementos que compõem um Sistema de Arquivos e apresentar as diretrizes necessárias para a implantação do modelo de gestão documental no ambiente organizacional da UFT.
Abstract: The increasing complexity of the activities carried out in the institutions and the development of the media led to an increase in the production of documents and culminated in the information explosion in the first half of the 20th century. This scenario of indiscriminate documentary production, linked to the increasingly dynamic institutions that demand agility in the access to strategic information for decision making, brought with it the idea of creating routines and methodologies appropriate to the problems of archives. The situation applies to the public agencies of the Federal Public Administration in which they hold large accumulated documentary mass. In this way, Brazilian government archives have demanded legal provisions that oblige public institutions to implement institutional archival policies that guarantee rapid access to information and preservation of public documents. In view of the problems of archives without due technical treatment, UFT begins to take the first steps towards the implementation of its Institutional Archival Policy, starting with the creation of the Documentary Management Board, whose mission is to implement a Document Management Program in university. From this perspective, the present work intends to analyze the context of the systemic file management model in which it involves the adoption of policies, norms, procedures and institutional resources and which is configured as the model that will guarantee the rationalization of archives in face of the organizational characteristics of the university. For the development of this work, a bibliographical and documentary research was carried out in order to unravel the elements that compose a Archives System and present the necessary guidelines for the implementation of the document management model in the UFT organizational environment.
URI: http://hdl.handle.net/11612/1082
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marco Aurélio Aguiar Reis - Dissertação.pdf3.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.